terça-feira, 26 de maio de 2009

Dias L.


Oliveira Costa, preso preventivamente por factos relacionados com a gestão do BPN, encontra-se a prestar declarações na AR sobre o assunto. Da primeira vez, recusou falar, com base no argumento de que havia um processo crime a correr.
Agora falou abertamente na responsabilidade de Dias Loureiro e explicitamente contou factos que só têm uma interpretação: Dias Loureiro mentiu descarada e plenamente, procurando afastar responsabilidades que Oliveira Costa agora lhe imputa na gestão do banco.

Uma das afirmações de Oliveira Costa mais claras é a de que Dias L. pretendia ser presidente do banco e tê-lo-ia afirmado na época.

A demissão ou saída de Dias L. do Conselho de Estado é um fait-divers, neste contexto. O facto mais importante vai ser o de saber como se equaciona a responsabilidade penal de Oliveira e Costa com a responsabilidade de Dias L. neste novo contexto.

A Justiça é dar a cada um aquilo que lhe pertence. Veremos o que pertence a Dias L.
Para já e segundo o depoimento de Oliveira e Costa, pertence-lhe uma vontade de ser importante.

Esperemos que lhe façam justiça, a essa importância...

11 comentários:

zazie disse...

Estes mafiosos fazem quantos Freeport?

Anónimo disse...

Inacreditável este Dias Loureiro. Mas não só. Deixou indícios de que a desvalorização poderá ter-se devido a manobras de bastidores envolvendo a intoxicação propositada na comunicação social. A ser verdade e ter provocado ou ajudado ao descalabro repentino, há que dar companhia ao homem na cadeia.

Wegie disse...

«Foram ao requinte de escolher o dia dos meus anos»

Também não se faz coitado...

Rebel disse...

Pergunta do ignorante:
O que se segue daqui?
Quem tem poder para destituir Dias Loureiro, uma vez que ele não toma essa iniciativa?
Quais as possibilidades de reaver alguns de todos aqueles milhões, de forma a que o nosso fardo fique um pouco menos pesado?
Fiquei com a sensação de que existe uma classe de vigaristas fora do alcance e controlo da lei deste País. Isso corresponde à realidade, ou estas declarações têm algum efeito sedativo sobre o comum dos mortais?

cfr disse...

José, o seu amigo é capaz de ter feito haraquiri e liquidado de vez o socratismo: "Vital propõe criação de imposto europeu". ehehehehehehe Isto é que é inteligência... e da boa. Se alguns tontinhos ainda pensavam votar ps, mesmo esses... tá quieto ó meu!

o que é que aconteceu a este homem para se ter tornado no que vamos vendo?

cfr disse...

Em relação ao post: acgo muito bem que o Loureiro ainda esteja no conselho de estalo. O sócrates e o Jaime Gama também lá estão.

josé disse...

Exactamente: a mim incomoda nada o tal conselho de estalo. Quem tem um Jaime G. pode muito bem aguentar um Dias L.

O único problema é a credibilidade da coisa, mas isso também não interessa nada. Serve para quê, o conselho de estalo?

Conferir dignidade ao país?

Um país com este PM e este presidente da AR e ainda este PR, pode mudar de sítio, porque neste estado vale tudo.

Depois é o problema da Justiça que atingiu o fundo, segundo os defensores deste sítio tipo Vítor Ramalho.

Uma barrela geral era o preciso, neste momento,mas o povo geral não está para se limpar porque gosta a imundície.

Wegie disse...

Um cidadão inglês apelidou os portugueses de «fascistas, idiotas e corruptos».

Finalmente a campanha produz algumas verdades...

Leonor disse...

Se tivesse sido eu a escolher, teria optado por colocar o Zé povinho neste post. :)

Mani Pulite disse...

Depois do depoimento de O.Costa ressalta que no Verão de 2007 foi montada uma operação de assalto ao BPN cujos contornos fazem lembrar o que aconteceu no BCP.O inspirador terá sido o mesmo?Qual a verdadeira relação neste contexto de Loureiro e Sócrates,o Loureiro da apresentação do "menino d'oiro" e dos "golpes"sobre "golpes" no BPN?E a Carlyle?Não é a mesma que comprou o Freeport e descobriu,investigou e denunciou à Polícia inglesa os subornos pagos em Portugal para viabilizar o Freeport de Alcochete?Daí a oposição da compra do BPN pela Carlyle e a necessidade de "liquidar" O.Costa?De qualquer modo se depois deste depoimento Loureiro não for fazer companhia a O.Costa o escândalo será total.

CA disse...

Vamos esperar, e pelos vistos temos que esperar sentados, o total esclarecimento sobre o que se passou no banco do PSD (e é disso que se trata, quer se queira não).
Acima de tudo é um caso de policia.