segunda-feira, 19 de abril de 2010

O absurdo da lei

Por ter sido condenado por corrupção, Domingos Névoa foi condenado em 5 mil euros de multa. Por ter chamado corrupto àquele, o advogado Ricardo Sá Fernandes, foi condenado em 3 mil euros de multa e 10 mil de indemnização civil ao mesmo
Isto já foi notícia mas esta notícia foi agora mesmo referida na SIC, a acabar o Jornal da Noite.

De facto, podem os juristas e magistrados deste país explicar a racionalidade destas decisões. Haverá sempre opiniões jurídicas que defenderão isto e o seu contrário, sempre baseados na melhor jurisprudência existente.

Uma coisa porém não explicarão facilmente: o absurdo das leis que tal permitem.

Sem comentários: