terça-feira, 6 de abril de 2010

O suborno da ética

Este pequeno artigo de Magalhães e Silva, um advogado da firma Jardim, Sampaio, Magalhães e Silva e Associados é um pequeno compêndio condensado de ética...chinesa.
Magalhães e Silva, para lembrar, é o advogado que defende a criminalização do enriquecimento injustificado. Mas como advogado, duvida de tudo. Até da noção de corrupção...por baixo preço.

No Correio da Manhã de Domingo:

Estava eu a desempenhar, há escassos meses, as funções de Secretário Adjunto da Administração e Justiça no Governo de Macau, quando, no dia de anos, recebo um jarrão, dinastia Qang, oferecido por Stanley Ho, magnata do jogo e um dos homens mais ricos do mundo.

À cautela, pedi para averiguarem, discretamente, o preço. "40 000 Patacas" (4000 €), disseram-me uns dias mais tarde. "Então não posso aceitar" retorqui de imediato. Ao que me opuseram: "Sabe como é que se suborna em Macau um chefe de Secção? Com um Rolex em ouro, que custa 4500 contos (22 500 €).

Ora não passa pela cabeça do Senhor Stanley Ho subornar um Secretário Adjunto com um presente de 800 contos. Se devolver o jarrão, então é uma ofensa pública, pois está a recusar algo que para Stanley Ho representa apenas estar a mostrar que é rico e que respeita as autoridades." Dei-me a pensar neste presente quando o PS, por causa de centros de mesa de 1600 €, que se diz ter Manuel Godinho oferecido ao PM, quer que a lei consagre presentes destes como suborno.Nunca pensei que o partido do Governo pudesse achar que havia o risco de o seu Secretário-Geral se vender e por tão pouco.

11 comentários:

Milan Kem-Dera disse...

Bem precisados estamos de uma deputada "Cindinha Campos" aqui no nosso Parlamento.

E a esta sim, valeria a pena pagar-lhe todas as viagens, em classe executiva, para ir a casa todas as semanas, nem que fosse na Cochinchina!

Podemos apreciá-la aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=G-SHAak_stc

e também aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=SRmUcmmK5mA

ainda aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=pUfc0GlpsYc

e finalmente aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=6hfQJmZtPrM

Assim, até dá gosto chamar Deputado a alguém!...

josé disse...

Adorava ouvir um destes raps da Cindinha sobre o Ricardo Rodrigues.

Milan Kem-Dera disse...

Quanto a este Ricardo Rodrigues, ficar-nos-emos apenas pela leitura do que dele diz JMM, aqui:

http://jose-maria-martins.blogspot.com/2010/03/portugal-um-pais-cheio-de-tiranetes-de.html

Anónimo disse...

我喜歡用心經營的blog~ ^^ ........................................

Santiago disse...

Se bem percebi o senhor acabou por ficar com o jarrão. Foi isso?

Pois... terá sido uma questão de princípio ("Então não posso aceitar", por um lado, vs "Se devolver o jarrão, então é uma ofensa pública", pelo outro)?

Ou deu-lhe a inveja de não ser Chefe de Secção?

100anos disse...

O Dr. Magalhães e Silva, que me parece um homem com algum nível e opiniões frequentemente acertadas, desta vez falhou redondamente - parece que não sabe o que é uma questão de princípio.
Claro que os seus amigos do PS desconhecem de todo a questão, mas isso não é caso para ele passar a desconhecer princípios básicos que todos devíamos observar.

AMÍLCAR ALHO disse...

Na honestidade ou se é honesto ou se é desonesto...

Na corrupção ou se é impoluto ou se é corrupto...

Quer num quer no outro caso, não há meios termos...

A propósito:

A classe política querendo lançar a confusão, sugere que os juízes e os magistrados do Mº Pº declarem o seu património no Tribunal Constitucional...

Concordo e vou mais longe:

TODOS os políticos, juízes e magistrados do Mº Pº DEVEM DECLARAR TODO O SEU PATRIMÓNIO E JUSTIFICAR A SUA PROVENIÊNCIA SOB PENA DE SER DECLARADO PERDIDO A FAVOR DO ESTADO.

HAJA CORAGEM POLÍTICA e deixemo-nos de manobras de distracção!

Karocha disse...

http://infamias-karocha.blogspot.com/

Fernando Martins disse...

Caro José:

Há uns aspectos interessante na entrevista do presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público que devia aflorar aqui:

http://www.cmjornal.xl.pt/Noticia.aspx?channelid=00000229-0000-0000-0000-000000000229&contentid=3475CD97-1F28-42D2-B342-BEB04DD3B423&h=2

josé disse...

Já vi a entrevista mas melhor que essa é a do nosso chefe máximo, Ricardo Salgado, no DN.

Se tiver tempo, logo comento porque a entrevista merece algum destaque.

A do Salgado, porque a do Palma não tem muito a dizer a não ser corroborar o que diz do Ricardo Rodrigues.

AMÍLCAR ALHO disse...

Caro José:
Não perca a famosa entrevista...
Ficará a saber que " há um corpo bicéfalo, com duas cabeças ".
Notável!...

O TCIC é para acabar...