quarta-feira, 8 de dezembro de 2010


Esta capa do jornal de hoje é enganadora e no final de contas é um instrumento de propaganda do governo do primeiro-ministro que está. Com foto e tudo para não enganar o passante.

Para além de não poder destrinçar que tipo de progressão houve para tão grande alarido, o que só acontece nas páginas seguintes, deixa a impressão que é do inteiro crédito do governo, o sucesso estampado sem restrições.

Melhor propaganda seria impossível. Nem o governo a conseguiria, porque a entrevista do primeiro-ministro é mais uma mistificação. Com aldrabices à mistura, como é habitual e marca de água.

4 comentários:

Eduardo F. disse...

Como José Manuel Fernandes recorda hoje, já é a segunda entrevista ao Público no espaço de 6 meses quando sempre as recusou nos seis anos precedentes. Por alguma coisa será.

Camilo disse...

"Eles"... compram tudo!!!

joserui disse...

E não há aluno que mais tenha progredido que o da fotografia. Chegou a primeiro ministro de Portugal! Videirinho não há outro, mas que são esses pequenos detalhes em presença de tal brilho? -- JRF

Mani Pulite disse...

O RELATÓRIO FOI PEDIDO PELO SÓCRETINO AO SAPATEIRO QUE ORDENOU AO KAMARADA GURRIA DO PARTIDO IRMÃO PRI E IRMÃO DA LOJA GURRIA QUE O MANDASSE FAZER.DESSA TAREFA FOI ENCARREGUE O ENVIADO ESPECIAL FERRÓCRATES,O GRANDE MENTIROSO,COM A PRECIOSA COLABORAÇÃO DO MAIS QUE FIEL VESGO SAROLHO.ESTA É A VERDEIRA REALIDADE DAS COISAS NOS BASTIDORES DESTAS DEGENERADAS DEMOCRACIAS HOJE BEM ILUSTRADAS PELO WIKILEAKS.