terça-feira, 19 de abril de 2011

Bom negócio...para quem?

Agência Financeira:

A Refer já acordou a venda de um antigo bairro de trabalhadores ferroviários de Viana do Castelo, totalmente devoluto, por 1,2 milhões de euros, avançou à Lusa fonte daquela empresa.

Trata-se de um bairro de casas térreas e quintal, no centro da cidade de Viana mas que há mais de vinte anos está desocupado. As casas chegaram a ser alvo de ocupação ilegal por famílias carenciadas, usadas para práticas delinquentes ou até para depósito de lixo.

Em 2009, para tentar travar os abusos no local, a Refer avançou com uma operação de fecho de portas e janelas das habitações.

Com o apoio da Segurança Social, foi necessário proceder ao realojamento de um casal que vivia, clandestinamente, numa das habitações há vários anos.

Segundo a informação hoje prestada pela Refer à Lusa, o contrato promessa de compra e venda destes terrenos, de 7.273 metros quadrados, já foi celebrado e aguarda apenas a desafectação dos terrenos do Domínio Público Ferroviário para concluir o negócio.

5 comentários:

José Domingos disse...

E os camaradas do sindicato, já aceitaram a venda, ou estão contra e vão fazer greve.

Carlos Alberto disse...

Refer... vendas... haverá algum amigo do PS metido ao barulho? 1,2M parece pouco por tanta área

Floribundus disse...

o «cê ah! ah!», verdadeira nulidade politica, ainda não se pronunciou.
faz parte dos nomeados. não há eleições.
actualmente na direcção deste partido (o outro está inteiro)
asinum asinus fricat

zazie disse...

É verdade, agora o morcão das 3 causas é que vai palrar por Viana do Castelo.

Deve delegar para qualquer acólito porque ele só é perito em FCP; jacobinismo militante e ódio de estimação ao Paulo Portas.

AAA disse...

Não sei porquê mas isto faz-me lembrar o desmantelamento da URSS e o enriquecimento escandaloso de alguns poucos na «venda» dos dedos e anéis que então se operou...

Finito, Fernando Esteves