quarta-feira, 13 de abril de 2011

Chegou a hora de prestar contas

Económico: 1. PSD proporá medidas quando conhecer "verdadeira situação do País" 2. Bloco de Esquerda pede auditoria às contas do País . Quem é que se recusa a prestar contas ou a autorizar que outros as vejam como deve ser? Quem deve e quem teme: o governo deste Inenarrável.

10 comentários:

Choldra lusitana disse...

E assim se comete um crime de genocídio a todo um povo,amarrando-o a uma divida sem fim.Sisifo mudou-se para Portugal e a pedra ainda há pouco começou a rolar...

Karocha disse...

FMI

Graças a Deus!

rita disse...

Eu, cidadã, tb peço/exijo essa auditoria.

joserui disse...

Eu não peço auditoria nenhuma! Há governo ou não há governo? — não respondam a esta! Mas ainda há tribunal de contas? Ainda há INE? Ainda há Banco de Portugal — agora sem o salta cercas de luxo? Ainda há Europa? Alguém tem de saber como andam as contam. Se ninguém sabe, mais vale partirmos para outra. Que isto não tem remédio! -- JRF

Karocha disse...

joserui

Se quer saber isso tudo fale com o meu rapaz mais velho e, que hoje fez um post no psicolaranja.

Dr. Assur disse...

Caro José

Vamos ter o fim da fase de instrução como alguém sugere?

Dias Santos disse...

Pois. Mas Cavaco e a UE também não querem que conheçamos a verdade.
Porque será?
http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/quiosque-expresso/1242289-4071.html

Mani Pulite disse...

CONSTA QUE AS AGÊNCIAS DE RATING INTERNACIONAIS VÃO PASSAR A AVALIAR OS RISCOS ASSOCIADOS À ACÇÃO DO PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA.ENTRE AS TRÊS MAIS REPUTADAS AGÊNCIAS INTERNACIONAIS AS NOTAÇÕES OSCILAM ENTRE fo,da E se.ESTAS CLASSIFICAÇÕES SEGUNDOS FONTES DO FMI EM WASHINGTON SERÃO TIDAS EM CONTA NO PACOTE DO BAIL OUT QUE ESTÁ A SER ELABORADO PELA TROIKA FMI,BCE,FEEF,NOMEADAMENTE NO VALOR DA TAXA DE JURO QUE OS PORTUGUESES IRÃO TER DE PAGAR PELO FUTURO EVENTUAL EMPRÉSTIMO.

josé disse...

Dr. Assur:

A Instrução, se bem me lembro das lições orais e avulsas do prof. Fugueiredo Dias era para ser uma coisa a modo de assim. Quer dizer, para contentar os gregos que queriam um juiz no inquérito e os troianos que entendem que juiz só no julgamento.

Por isso mesmo, a instrução era apenas para sindicar aspectos básicos e essenciais da acusação que porventura tivessem passado o crivo do MºPº e fossem demasiado escandaloso.

Todos sabemos que não foi isso que sucedeu porque os advogados viram na Instrução o modo de protelar decisões e eventualmente evitar julgamentos. E por isso houve instruções que duraram e duraram e decisões que perduraram na memórica colectiva como infâmias judiciais ( nem preciso de dizer quais...).

Portanto, para mim, haver ou não instrução, tanto faz.

O essencial é levar a julgamento quem merece ir lá. Só isso.

skeptikos disse...

FACTOS SÃO FACTOS!

Bancos americanos acusados de enganar clientes com activos tóxicos

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=479529

Bruxelas manda calar Cavaco e partidos se quiserem dinheiro até Junho

http://economico.sapo.pt/noticias/bruxelas-manda-calar-cavaco-e-partidos-se-quiserem-dinheiro-ate-junho_115673.html

Estes é que deviam ser os verdadeiros factos da campanha eleitoral. As distracções dos últimos dias só servem para desviar as atenções daquilo que é realmente importante.

http://desmitos.blogspot.com/2011/04/os-verdadeiros-factos-da-campanha.html

O CM arrasa um juiz do TCIC