domingo, 17 de abril de 2011

Os limites dos fretes

Daqui:

Para Maria José Morgado (viúva de Saldanha Sanches) a corrupção "está na origem do desastre económico português" e do aumento do défice do Estado. "A crise internacional foi a gripe no corpo canceroso da corrupção, que tem a marca da economia paralela, da fraude e evasão fiscais, do desperdício dos dinheiros públicos e da derrapagem nas obras públicas", sustentou a diretora do DIAP.

Luís de Sousa considerou que a forma de funcionar da administração pública, caracterizada pela "corrupção, pela excessiva burocracia, pelo desvio de dinheiros, pelas leis pouco claras e pela justiça lenta", não atrai investidores que querem regras claras.

Lusa/Diário de Notícias | 17.04.2011

Sobre este assunto, nunca vemos Marinho e Pinto falar claro, alto e bom som. Porque será? Precisamente porque é frete que não lhe convém...e a partir do momento em que fale sobre isto, cortam-lhe a colecta nas tv´s do Estado e nas dos funcionários públicos reciclados no servilismo.

1 comentário:

Floribundus disse...

faz parte da burricada que transporta os corruptos na lombeira.

fado xuxa
«andava o esgarçadinho no gamanço
a trabucar pró filhinho estraveculoso»

PQP

Dura lex, sed latex