domingo, 10 de julho de 2011

A extrema-esquerda no seu melhor

Sol:

(...)"Cortes de pessoal também há. Vinte dos cerca de oitenta funcionários e assessores do BE desaparecem dos quadros. «Essencialmente, serão os elementos que acompanhavam os deputados que agora não foram eleitos», explica fonte partidária. «O vínculo de alguns assessores e funcionários ligados não foi renovado», diz Pedro Sales. O BE deixou de ter deputados eleitos por três distritos: Braga, Coimbra e Leiria.

A poupança poderá ainda ter efeito nas sedes. Das 90 instalações que o partido possui no país, algumas correm o risco de fechar. E as concelhias do BE têm agora mais pressão para angariar receitas próprias e pesar menos nos gastos. Quanto às iniciativas de Verão do BE, também vão ser mais poupadas. (...)

Entretanto, a discussão interna sobre os resultados eleitorais desastrosos decorre com a realização de plenários de militantes e no esquerda.net, o portal do BE na internet.

Há opiniões para todos os gostos, linguagem livre e ironia.

Helena Carmo, militante que esteve presa num processo relacionado com o grupo terrorista FP’25, chega a escrever: «Podem usar a má-língua do passado: ‘Foram os Metralhas’» (alcunha que os adversários puseram à sua tendência).

E o histórico da UDP Mário Tomé fustiga a ‘dissenção de Rui Tavares’ para o Grupo Verde Europeu, num diálogo imaginário com Daniel Cohn-Bendit que começa assim: «Ó Daniel! O Louçã ontem tratou-me mal, posso vir para cá depois de amanhã?».

5 comentários:

Wegie disse...

Quando passo pelos blogues dessa gente costumo deixar lá um comentário que os deixa em transe:

Bizâncio 1453

josé disse...

A Queda.

Floribundus disse...

em 71 dizia-se dizia-se à boca cheia nas Facs de Paris VI que Dani le rouge fizera o serviço da CIA por causa dos dólares sem cobertura ouro.
o trabalho actual pertence às agências de 'rátingue'.

Alain Krivine dizia 'vamos concorrer às eleições burguesas para saber quantos ainda somos'

assisti em directo a uma tentativa de assassinato dum industrial salvo pela carteira. um gajo saiu de trás dum pilar e atirou a menos de 5m. tremia tanto que só por milagre não se matou. ia todo borrado ao fugir para o automóvel.

zazie disse...

Foi a melhor notícia que se podia ter- esta porcaria acabou.

Ainda não percebi se acabou de vez, em virtude de terem esgotado as causas de cu, ou se o fenómeno pode ressurgir com mais causas do género alargado- direitos de saída, por exemplo.

JPRibeiro disse...

"Cortes de pessoal também há. Vinte dos cerca de oitenta funcionários e assessores do BE desaparecem dos quadros"

Como é que foi? Despedimento colectivo? Negociação individual como os fassistas?