segunda-feira, 4 de julho de 2011

Os inoxidáveis

Sapo:

A jornalista e escritora Tristane Banon, de 31 anos, vai processar Dominique Strauss-Kahn por tentativa de violação em 2002, anunciou hoje o advogado David Koubbi em entrevista ao site lexpress.fr.

"A minha cliente, Tristane Banon, vai apresentar uma queixa por tentativa de violação contra Strauss-Kahn. Irei abrir o processo amanhã, dia 5 de julho, no Ministério Público, que o irá receber na quarta-feira pela manhã", afirmou o advogado.

"Strauss-Kahn é doente. Tem um problema real de vício em sexo, álcool, drogas e jogo. Sobre o recente caso passado nos Estados Unidos não me posso pronunciar, mas uma coisa posso afirmar sem quaisquer dúvidas: ele tentou abusar sexualmente da Tristane", considerou Anne Mansouret, mãe de Tristane Baron, que é afilhada da segunda esposa e amiga da filha de Strauss-Kahn.


A França não é bem a mesma coisa que os EUA no sistema penal. A descredibilização da vítima não funciona do mesmo modo porque o sistema judicial é mais como o nosso que pretende ir ao fundo da verdade material e portanto, o facto de a vítima ser mentirosa ou ter companhias duvidosas conta menos do que nos EUA.
Por outro lado, em França o caso já é abertamente político, para além de judicial. Por isso mesmo já estão em marcha acelerada várias teorias cabalísticas que pretendem justificar o suspeito e limpá-lo de todas as manchas. Mesmo as indeléveis.
Aliás, lá como cá. Há por aí uns certos figurões, apontados a dedo por várias vítimas que se fizeram de esquecidos durante uns tempos e agora regressaram à política caseira porque nada mais sabem fazer na vida. E para tanto, as vítimas são sempre mentirosas. Eles são os puros e indeléveis. Os inoxidáveis.

PS. Já começou
:

Dominique Strauss-Kahn abrirá um processo por calúnia contra a jornalista francesa Tristane Banon, que tinha anunciado que terça-feira o denunciaria por tentativa de violação, segundo informaram os advogados do político francês.

Em comunicado, o escritório de advocacia Herni Leclerc e associados, que representa Strauss-Kahn, anunciou a intenção de «redigir uma denúncia por calúnia contra Banon».

Quem quiser saber saber desenvolvimentos ulteriores deve recordar o que se passou no processo Casa Pia, entre nós. O esquema é o clássico...


Sem comentários: