domingo, 17 de julho de 2011

Uma opinião de Marinho e Pinto

Como o prometido é devido, aqui fica um artigo de Marinho e Pinto, no JN da semana passada, sobre um caso ocorrido há uns anos e cujos protagonistas podem ser aqui identificados. Uma das protagonistas tinha intervindo neste processo.

2 comentários:

Wegie disse...

E a Fatinha mais os incompetentes do MP ainda estão ao serviço?

Joaquim Pereira disse...

Pois, muitíssimo obrigado. O seu trocadilho de “Água de Rosas” está um mimo; muito me ri.

Enguias à Isabel dos Santos