quinta-feira, 11 de agosto de 2011

O óbvio ululante!

Jornal de Negócios:

De acordo com a CNBC, a França e a Itália vão proibir a venda a descoberto de acções a partir desta noite.
A operação de "short selling" consiste na venda de acções por parte de um investidor que as pede antes emprestado. O objectivo passa por recomprá-las mais tarde (a um preço inferior), entregar a quem as emprestou e ficar com a diferença.
Esta operação exerce uma pressão negativa sobre os títulos e terá sido utilizada nas últimas sessões para que os investidores ganhem com a queda dos títulos da banca.

Pois, pois...agora só falta proibir os CDS. Os credit default swaps, uma espécie de seguro contra crashes e que os nossos banqueiros mais proeminentes, como bons liberais que sempre foram, desde os tempos de Salazar, pretendem.

30 comentários:

joserui disse...

Também se falou do short selling no PC: http://portugalcontemporaneo.blogspot.com/2011/08/resposta-adequada.html -- JRF

zazie disse...

ehehe

Pois é que há-de ser isso mesmo...

Floribundus disse...

durante a matança os porcos cagavam-se na banca
agora sou eu

Carlos disse...

Para todos, boas férias.

Amanhã, rumo às águas frias do norte.
Para quem quiser e poder, aqui vai um roteiro (muito pessoal):

Bifes e robalo com algas, na Mariana - Afife
Lulas e filetes de pescada, no Âncora Mar - V. P. de Âncora
Arroz de gambas e pernil assado, nõ Rio Coura - Caminha
Pizzas, em forno a lenha do "Dolce Vita" - Viana do Castelo
Bacalhau com brôa, no Gaivota - Moledo
Tudo, na Adega do Sossego, Peso - Melgaço
Sandochas, no P'ra lá Caminha - Moledo
Café, almendrados, caminhenses e mokas, na Docelândia - Caminha
Clarinhas de Fão quentinhas, em Fão - Esposende
Sarrabulho, no Manuel Padeiro - P.te de Lima
Pataniscas e bacalhau, no Conselheiro (Vilaça Pinto) - Paredes de Coura
Camarão da Costa das lotas de Viana, V. Praia e Caminha
Cheiro a maresia, água salgada e muitos kms a pé em maré baixa (não digo!)
Tapas e bocadilhos, do outro lado do rio. Candil - Tomiño

E, se houver tempo, ouvir algum concerto de verão na Praça Mayor Maria Pita - La coruña.

Enfim!...já estou a salivar.
Boas Férias José e comentadores. Rumem a norte, onde as águas são óptimas e normalmente estão equipadas com um sistema de secagem automática (nortadas).

josé disse...

As nortadas já cá estão. Ainda hoje. E ontem. E para a semana não há perspectivas de muitas melhoras de tempo.

Quanto aos comes e bebes, o cardápio está bem organizado.
Acrescento mais um ou outro: Sarrabulho e bacalhau, no Camelo, em Sº Marta de Portuzelo.
FIletes de pescada com arroz de tomate ou de grelos, no Darquevila, em Darque.

Robalo do mar em algas, na Mariana em Afife, Viana.

E há outros como por exemplo o Manel, na Praça da Liberdade em plena cidade, em frente ao rio que tem tudo de bom, particularmente as "mãozinhas com grão" e ervilhas picantes. Fabuloso. E tem uma salada de atum com feijão frade que é divinal no tempero.

Recomendo vivamente.

Zéfoz disse...

Venho aqui algumas vezes; leio,tiro as minhas conclusões e reservo-me o direito de estar calado. Mas hoje não resisto a dizer qualquer coisa: desconhecia esta faceta gastronómica, para mim desconhecida, do nosso amigo José que considero bastante interessante.
Daí, talvez não seja abusivo, poder concluir-se que um bom especialista em culinária,ou um bom prato, normalmente, também é especialista na arte de comunicar.
Que nunca lhe falte arte nem apetite!...

Karocha disse...

Boas Férias Carlos!

Wegie disse...

Todos os cardápios são excelentes. Excepto as "mãozinhas" que considero um prato nojento. Nnnhec!!!

josé disse...

Pá, as mãozinhas, são de vaca. São essencialmente gelatina, coisa saudável, cozinhadas em ervilhas, presunto e pimentos, com um molho delicioso. Ao contrário que disse não são com grão mas com arroz que também merece destaque pelo sabor e confecção. Melhor, só o meu. Ahahahah!

Wegie disse...

José,

Nem me fales nisso senão vomito. Mãozinhas, experimentei uma vez e...jamais!!Inacreditável como se pode comer isso.

No mesmo saco de miolos, coxas de rãs e outras anormalidades.

Wegie disse...

E bucho também experimentei. Ia morrendo...

A culinária portuguesa tem coisas inultrapassaveis no melhor e no pior sentido.

zazie disse...

ehehe

Agora vens estragar a culinária do José com mete-nojo

":O)))))

E os caracóis, como é possível comer-se uma coisa dessas.

josé disse...

Mãozinhas à moda do Manel é troppo buono. Sempre que lá vou e tem, é obrigatório. E como não vou sózinho já somos dois na ementa.
O tipo ( melhor, a senhora dele que é a cozinheira) sabe tornar o prato delicioso, mas confesso que não experimentaria noutro lado.

josé disse...

E tem fanecas fritas de um modo como só lá se pode comer. com um ponto de fritura que lhe elimina as espinhas mais pequenas e com salada de alface e cebola, e o tal arroz que melhor, só o meu...ahahah.

zazie disse...

O que tem o arroz, José?

ehehehe

Eu sei fazer arroz de bacalhau

":O))))

Mas isso é em Afife?

zazie disse...

Eu acho que já comi mãozinhas mas eram de porco, pelo tamanho. É gelatina.

josé disse...

E enquanto isto escrevo fui ali cortar uns feijões em tiras para cozer com bacalhau.
Ficam ali a cozer uns minutos, depois entram as batatas e no fim com uma ou duas fervuras as postinhas de bacalhau que prefiro da Islândia e bem seco, depois de demolhado em casa durante três dias pelo menos.

zazie disse...

3 dias? como assim, que bacalhau é esse?

Eu já jantei paelha, por isso pode contar o que faz com feijões em tiras.

É feijão verde? e feijão verde com bacalhau?

zazie disse...

Ah, imagino, feijão verde com batata cozida e bacalhau. É bom, pois.

A sua sorte é não engordar.

josé disse...

A Mariana que tem o tal robalo cozinhado com algas é em Afife, junto à estrada nacional e em frente ao caminho que vai dar à praia de Arda, procurada por surfistas e que é uma das melhores da região.

O meu arroz é bom porque sim. Ahahaha!
Um estrugidinho com cebola picada fininho, alho em barda, azeite bom ( virgem extra) e a cobrir o picadinho. Fica ali a estrugir um bocadinho e quando aloura, água em cima e o arroz agulha ( Saludães de preferência) logo a seguir. Deixar levantar fervura, colocar o sal e passar para lume muito brando. Dez a quinze minutos depois está pronto a comer. Melhor que no Manel e não sou eu que o digo...

zazie disse...

ehehe

Em lá passando hei-de experimentar o robalo com algas.

josé disse...

Não engordar? Mas é que estamos de dieta! Ahahaha.
Só que é dieta especial também: cozidos e grelhados com pouco arroz ( e não do meu mas sim daquele sem estrugido algum) e pouca batata também.

O bacalhau que gosto, para ficar bem demolhado precisa de três dias e sempre a mudar a água duas vezes por dia. É bacalhau dito "especial", caro ( 13 euros o quilo), mas prefiro esse a outro. E da Islândia o que só se arranja no Léclerc.

zazie disse...

ahahah

Mas isso das águas do bacalhau é uma loucura. Dá mais trabalho que as minhas orquídeas aéreas.

josé disse...

Pois dá, mas prefiro assim. Dantes comprava congelado mas concluí que é mais caro e não é tão bom.

Quando o meu pai era vivo fazíamos pelo Natal uma aposta para ver quem arranjava o melhor bacalhau.

Cheguei a ir ao Porto aos Clérigos comprar do Canadá que é raro encontrar e só pelo Natal se arranja.

Há muitos anos, nos noventa, comprava-o em Braga na praça Conde de Agrolongo, onde tem a estátua do Gomes da Costa e junto ao tribunal, no sr. Augusto, já falecido.
Era um conhecedor de bacalhau e nessa altura ia fazer 88 anos e dizia que comia todos os dias uma posta de bacalhau...ahah!

josé disse...

E já está quase no ponto de deitar as postinhas. Estamos a cozinhar em tandem.

Zéfoz disse...

Correcção:
Passe a redundância:"para mim desconhecida".

Karocha disse...

Adoro mãozinhas, nhac nhac nhac!

Wegie disse...

As fanecas são um must agora as mãozinhas malha-me Deus...

joserui disse...

É só grandes especialistas!... :) -- JRF

Karocha disse...

Wegie

Desculpe lá, mas já no cozido à portuguesa, vai tudo orelheira etc...
Além de adorar, como é gelatina pura, faz muito bem aos ossos!!!

Mata-Bicho 24: tempo de máscaras?