quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Patético

Sapo:


Joe Berardo, que é o número onze na lista dos portugueses mais abastados, considera que “temos que nós ajudar uns aos outros”.
«Todos nós, incluindo as pessoas que têm mais flexibilidade financeira, não estamos bem, ninguém está bem com a situação presente. Não se pode pôr mais impostos sobre o povo que tem tão pouca remuneração», acrescentou o empresário.


Não é preciso. De Joe Berardo só gostaríamos que explicasse como foi aquela coisa do BCP e dos empréstimos da CGD para comprar acções. Por muitos impostos que pague nunca chegará a apagar essa coisa.

5 comentários:

Karocha disse...

Mais o anúncio da OPA ao SLB !!!

Portas e Travessas.sa disse...

Presidente Instituto do Desporto pediu inquérito no caso das facturas"


O novo Boy fez circular:
"Augusto Baganha requereu ao Gabinete Jurídico e de Auditoria do IDP que investigue «todas as pessoas» do organismo «envolvidas na gestão financeira, contabilidade geral e tesouraria do departamento de recursos financeiros e patrimoniais», como se refere em comunicado"
http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1961275


Primeiro acusa-se, depois... faz-se a auditoria - formas taralhoucas de trabalhar - qualquer empresa:- primeiro faz-se a auditoria e depois procede-se.

1º lança a lama e depois faz esquecer

2º aproveita e transfere as facturas de 2004 para outros.

2004 dava outro filme

joserui disse...

É milionário à portuguesa... essa do BCP precisava de ser sabida. Porque ele comprou milhões de papel BCP a cerca de 4€ e hoje essa papelada bateu nos 0,24 cêntimos. Ou seja, para beber hoje um café no jardim botânico eu precisava de entregar 5 acções do BCP e uns trocos.
São perdas catastróficas. E anda aí tudo como se fossem grandes gestores e grandes milionários. Ninguém pergunta nada. -- JRF

joserui disse...

Sorry... 4 :) . -- JRF

Floribundus disse...

provavelmente deve mais do que possui.
o oroblema não é dele é da CGD.