Páginas

quinta-feira, 31 de maio de 2012

A Visão e o relatório minoritário sobre Relvas

"Mais tarde, logo a 6 de Junho, um dia após a vitória do PSD nas eleições legislativas, Silva Carvalho tenta obter de Relvas um favor: denuncia-lhe, tratando-o por tu, um alegado plano de Ângelo Correia para nomear para o SIS uma funcionária da secreta cujo marido, por conveniência, seria afastado do serviço para um cargo de relevo num banco português em Angola.


A partir desta data, corroborando o que Relvas garantiu aos deputados, não existem mais registos de mensagens. Todo o processo da Finertec passou a ser tratado por Braz da Silva. Este empresário, que reside em Luanda foi, recentemente, candidato anunciado à presidência do Sporting. Com Nuno Vasconcellos, seu homólogo da Ongoing, tem uma predilecção: recrutar gestores no mundo da política. O sucessor de Miguel Relvas na Finertec é Marcos Perestrello, deputado do PS. Vasconcellos, recorde-se, em ao seu serviço Vasco Rato e Agostinho Branquinho, do PSD, Guilherme Dray e Carlos Costa Pina, respectivamente ex- chefe de gabinete de José Sócrates e o ex-secretário de Estado do Orçamento de Teixeira dos Santos.
As duas empresas, Ongoing e Finertec partilham, ainda, o desejo de prosperar em Angola e no Brasil. Pouco se sabe dos métodos usados pela empresa de consultoria de que  Relvas foi administrador, Mas o processo revela factos sobre os métodos de alguns dirigentes da Ongoing."

Este naco de prosa vem hoje na revista Visão, do grupo Impresa de Balsemão.
Insinuações graves, inuendos, relatos biográficos colhidos em fontes fechadas, como agora dizem, para fazer uma história política.

É este mesmo indivíduo, Balsemão, mais o seu director de Expresso, Ricardo Costa que ficam todos exasperados ao lerem que Silva Carvalho lhes traçou um perfil biográfico. Acham inadmissível. Mas acham ao mesmo tempo perfeitamente coerente que os media que dirijam, recolham informação nas tais fontes fechadas para poderem escrever estas coisas.

Tirando isto, que já é muito, resta o caso da cunha de Ângelo Correia. Quem é este Ângelo para ter acesso aos detentores do poder político, em modo claro de tráfico de influência?
Também a resposta é fácil: é um fazedor de príncipes que anda sempre nas tv´s com ar de quem não mata uma mosca.
Lembro-me que na altura em que Duarte Lima sofreu o primeiro embate mediático, aquando da aquisição, por interposta pessoa, de uma quintarola perto de Nafarros, nos anos oitenta ou noventa, o mesmo Ângelo aparecer muito compungido na tv a lamentar a sorte do seu amigo "Domingos". Coitado do Domingos, dizia então...
E restam ainda os nomes escolhidos pelos responsáveis pela Ongoing e Finertec. Um, o Perestrello, é do PS e sucede a Miguel Relvas. Outro foi secretário de Estado. Governante, portanto. E há um tal Marco António. Notáveis!

O sistema que temos em relação ao qual somos condescendentes, é este aqui espelhado. E que tem muitos mais exemplos.

A propósito disto, Marques Mendes, outro exemplo perfeito do sistema que temos ( para quem trabalha este indivíduo que quando saiu do governo de Cavaco, Belmiro disse dele que nem o queria para porteiro dos seus supermercados?) acaba de dizer na TVI24 que o Expresso e Ricardo Costa, ao levantarem esta questão há cerca de um ano, prestaram um serviço ao país.
Prestar, prestaram: cuidaram de perseguir a maçonaria má, para continuar continuar a proteger a  boa e usaram métodos que criticam àqueles contra quem os usaram. Apenas com um objectivo: aniquilar a empresa concorrente Ongoing. Tarefa conseguida, aparentemente. Mas ainda não é certo...
Mendes defende uma limpeza geral nos serviços de informação, "refundando-os com novas caras, novos rostos", etc.
Ou seja, é preciso que qualquer coisa mude para que tudo fique na mesma. Marques Mendes é um dos beneficiários deste sistema e por isso aquilo que pretende é que tudo fique na mesma...

Marques Mendes acaba por dizer de Guilherme de Oliveira Martins que é um presidente do tribunal de Contas à altura do cargo...e até cita a vergonha do relatório que agora foi publicado. Mas ou não se apercebeu ou então não quer perceber o que fez Guilherme de Oliveira Martins: sonegar, antes das últimas eleições, a possibilidade de o povo saber o que dizia esse relatório. E isso é de uma tal gravidade que só mesmo  Marques Mendes para o não entender.

14 comentários:

hajapachorra disse...

Esse Chico é uma personagem sinistra. Sinistra mesmo. Os outros são uns totós, que até podem acabar riquinhos e felizes, mas não passam disso. Não se percebe é a pena do homenzinho de Tomar: merece tudo o que de mau lhe possa acontecer, ele e o os Costas, uns pobres que são gajos porreiros, porque de esquerda, ou assim.

Floribundus disse...

angelo das policias e guilherme das contas.
fazem o favor de não me conhecer.
do 2º nem sei o que pensar. na minha aldeia seriam conhecidos por jericos. deixam-se montar e não fazem cangocha.

dos costas e belmiros estamos conversados. dizem-se coisas, mas não acredito.

o xico até conseguiu ser pm

não faço elogios. tive um prof que dava matemática e latim. era engenheiro militar. por ser bom nunca passou de capitão. ensinava a raciocinar. o José parece ter sido seu aluno. dizia que os portugueses raciocinavam em parafuso: enroscavam e nunca chegavam ao fim.
ficou-me o gosto pela metodologia que em tempos ensinei gratuitamente.

hajapachorra disse...

não desvalorizem estas coisas. se o zé-ninguém do miguel sousa tavares é espiado eu também posso ser espiado e isso chateia-me, pá.

lusitânea disse...

O "sistema" democrata transformado numa máfia?Que tudo come e não deixa nada?Ao zé povinho só resta mesmo africanizar e misturar-se com a africanidade para descanso destes "eleitos" que tão bem "interpretam" a nação...
Reparem como as "empresas privatizadas" continuam a recrutar no bloco central.Tudo como dantes...devidamente "asfixiado"!

josé disse...

espiado por recolha de informação no Google e outros sítios, mesmo opiniões de pessoas que conhecem?

Toda a gente faz isso quando precisa de o fazer: perguntar quem é aquele ou aquela, coscuvilhar, recolher informação pessoal que fica armazenada na memória real de cada um.

O que o Carvalho terá feito será mais um passo: fixá-la na memória virtual da agenda electrónica.

A questão principal é saber o que faria com tal informação. Quanto a mim, nada de nada.

Coleccionava como quem o faz com jornais antigos. Pelo gosto de saber que tem informação que um dia pode precisar.

Isso é crime ou merece qualquer tipo de censura?

Sejamos sensatos.

josé disse...

Aliás ninguém o refere mas não há o mínimo indício de que tenha espiado conversas telefónicas ou consultado fontes fechadas por intrusão em contas de google ou assim.

Isso é que seria grave.

E mais: será que poderemos dizer o mesmo de alguns figurões do SIS que andam muito calados na sombra, como Olriks que são?

É essa a questão que me coloco.

E tem outra coisa importante: nunca me chateou que me escutassem, por um motivo: se alguma vez fizessem uso do que ouviram estariam pior porque teriam cometido um crime.

zazie disse...

Pois. Quando andaram a espiar o Cavaco, parece que um Olrik fez parte da vigarice.

E era um "mecuriano" muito volátil.

Carlos disse...

...mas, andaram a espiar o Cavaco?

Carlos disse...

Toda esta barafunda tenderá a suavizar com o início do europeu de futebol. Até lá, e como os directos de Óbidos não dão para preencher os noticiários, há que entreter o pesssoal com esta novela que deverá ser realizada nos estúdios das várias lojas.

josé disse...

Sobre o Cavaco há muito que consta que o mesmo tem um problema de saúde. Ninguém fala nisso nos media. Ninguém porque é tabu.
Mas toda a gente nos media o sabe.

Essa informação obviamente não consta de fontes abertas.

Não me admirava nada que o Carvalho tivesse ficha do Cavaco. Ai se tivesse e fosse divulgada! Ai pobre Carvalho!

Todos lhe caiam em cima com aquela gravitas hipócrita que só um personagem de Eça poderia representar.

E no entanto, todos sabem...

Carlos disse...

Cavaco, é para mim, do pior que a democracia gerou.

josé disse...

Provavelmente concordo, mas não pelas mesmas razões.

Carlos disse...

Então!...somando as razões, dá concluir a confirmação.

hajapachorra disse...

Desculpai mas repito:se o zé-niguém do miguel sousa tavares é espiado eu exijo ser espiado, porra.