Páginas

terça-feira, 25 de setembro de 2012

A pouca-vergonha de António Costa


Em Dezembro no ano passado, a Câmara Municipal de Lisboa contratou um jurista, mas só em Agosto deste ano é que foi publicado no portal do Código dos Contratos Públicos (CCP) do governo. Segundo a mesma página online, o prazo de execução do serviço irá durar um ano e dez meses e irá custar 74 846,20 euros.
A denúncia é feita pelo blogue "Má Despesa Pública", que relembra o Mapa de Pessoal do Município de Lisboa de 2012, constatando que existem na autarquia 278 juristas, 143 especialistas em comunicação, 108 coveiros e seis sonoplastas. Os dados mostram que apesar da equipa jurídica da autarquia contar com um total de 278 profissionais, teve a necessidade de contratar serviços externos nesta área.

Estou certo que no próximo programa A Quadratura do Círculo, o animador ( que parece não faz outra coisa) vai perguntar ao fantástico António Costa, presidente de Câmara e com aspirações a líder do PS como é que isto se passou. E se não perguntar, os outros intervenientes vão lembra-lho. E se não lembrarem o mesmo A. Costa vai falar no assunto. E se não falar fica a pouca-vergonha e mais um exemplo de um escândalo.

5 comentários:

lusitânea disse...

E tem 100 assessores-generais.Mas a tropa é que tem generais a mais...
O zé povinho nunca mais se convence de que "eles comem tudo e não deixam nada"...
Mas prontos é o pai depois de ouvir as "associações" da mais traidora Lei que existem Portugal: a da Nacionalidade.Que anda a reconstituir o império agora só cá dentro e por nossa conta.Coisas de gajos com dúvidas de pertença...

Vivendi disse...

Uma vez PS sempre PS.

Preparem-se para o próximo grande lider!!

Isto se não houver um surto psicótico na sociedade de revivalismo e volta Sócrates que estás perdoado, no teu tempo isto é que era bom.

Com um ou com outro pode é já não haver nação.

Karocha disse...

E esta, José?
http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=59810

Floribundus disse...

para os xuxas o importante é chumbar a tsu e o orçamento de estado
ou seja roubar os contribuintes

Mani Pulite disse...

O Jurista chama-se João P.?