terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O que é feito da Esquerda portuguesa, comunista e utópica?

Em 28 de Junho de 1974, escassos dois meses depois do golpe de Estado, a revista Flama, pela pena dactilográfica de um tal Alexandre Manuel, interrogava-se sobre o que era feito da Direita portuguesa, para concluir que se eclipsara. No entanto, avisava já os incautos que "o fascismo continua vivo e actuante- é essa a realidade. Apenas modificou os seus métodos." Fantástico.


A tal Direita portuguesa era tão perigosa que o comunista bloquista avant la lettre, João Martins Pereira, guru de Louçã e companhia, escrevia na Vida Mundial de 19 de Dezembro de 1974 ( a tal que trazia oito páginas de panegírico à Albânia como "sociedade perfeita", um exemplo da alucinação máxima do comunismo luso) um artigo de três páginas aterrador. Melhor que isto só o actual programa do BE que comunga exactamente as mesmas ideias aqui expostas, mas que não explicita e os jornalistas não querem saber porque já sabem tudo o que interessa: para quem é, bacalhau basta.


Por isso mesmo não é de admirar o que se passou um ano depois disto: a Esquerda rompante e a mandar em Portugal e nas suas leis fundamentais. Assim:


Evidentemente quem julga que já pagamos tudo isto, andará muito enganado, a meu ver.

Aditamento: afinal o jornalista Alexandre Manuel que escrevia artigos cripto-comunistas na Flama, e abertamente comunistas na Vida Mundial, nos idos de 74 e que foi entrevistador do cardeal Cerejeira é este indivíduo, doutorado agora pelo...ISCTE. Where else?

 



13 comentários:

zazie disse...

A tese dele deve ser muito engraçada:

http://repositorio-iul.iscte.pt/handle/10071/2837

josé disse...

Deve ser mesmo e deu-me o mote para outro postal...

josé disse...

Mas é um gosto ver ali a figura emoldurada por tanto saber junto: Enciclopédia Luso-Brasileira, Enciclopédia Verbo, Britannica...ahahaha!

Estes indivíduos deram cabo de nós.

Floribundus disse...

muito gajo ordinário que se pendurou na Igreja pendurou-se futuramente na esquerda comunista incluindo ps.

além da Flama assaltaram a organização dos patrões católicos perto do expresso.
fui lá inúmeras vezes porque o Pe destacado para acompanhamento estava a doutorar-se em Roma no meu tempo. devo-lhe a possibilidade dum curso de sindicalismo na DC depois de outro no PCI.

em 58-59 o Reitor do Pontificio Colégio Português fazia o favor de guardar o dinheiro que minha Mãe me enviava para as minhas passeatas e estudos extra-químicos.

cheguei a pensar que o iscte funcionava no largo dos ratos. há lixo humano por todos os lados

lusitânea disse...

Depois de ter tratado da "descolonização" e das "independências" anda agora a tratar de fazer cá o Homem Novo e mulato pois que agora a pátria já onde a malta se sente bem e lhes pagam o Estado Social Internacionalista.Sem reciprocidades nenhumas em lado nenhum pois claro...quem é que se admira do estado a que a Nação Portuguesa chegou pela mão destes gajos do "tudo e do seu contrário"?

lusitânea disse...

É que cerca de um milhão que anda aí por conta deve ficar baratinho e não sobrecarrega impostos a ninguém.Aliás vieram pagar-nos a pensão.E como esta anda a levar "cortes" é porque devem ser poucos...

lusitânea disse...

Quanto ao "pagamento" dos experimentalismos sociais internacionalistas vai levar décadas.Afinal 6500 toneladas de ouro em "dívida" agora não são uma pesada herança...

lusitânea disse...

Pesada herança foram as 966 toneladas deixadas pelo Salazar esse mafarrico que não ia em novas oportunidades, nem deixava trair a Nação...

lusitânea disse...

Mas a rapaziada que deixou andar os progressistas e nada fez para não ser esmagada pelo número brutal de democratas que tudo comem e nada deixam vão agora pensar melhor ao fim de cada mês...e dizerem adeus à segurança e à comodidade das suas ricas vidinhas, a caminho dum bairro social multicultural não tarda nada...

zazie disse...

eehhehe

Um "enciclopedista", em suma.

hajapachorra disse...

Aquilo das enciclopédias é só para disfarçar, porque o sujeito-se governa-se com Lineu. Não é um enciclopedista, é um hortelão, especializado em folhas-de-couve.

Nelson Reprezas disse...

alguém me ilumina e me diz quem é a enciclopédica criatura????

josé disse...

Jornalista da Flama que entrevistou o cardeal Cerejeira e num ápice virou comunista. Agora, como o passar dos anos já tem doutoramento no ISCTE sobre jornais de província.