terça-feira, 5 de março de 2013

O grillo do Bloco

Expresso:

Daniel Oliveira, abandonou hoje a militância do Bloco de Esquerda, partido onde estava desde a fundação, há 14 anos. A carta onde anuncia a decisão foi enviada esta tarde para a Comissão Política e para a Comissão de Direitos do Bloco de Esquerda. 
Daniel Oliveira, que não apoiou a direcção eleita no última Convenção - que elegeu João Semedo e Catarina Martins -, e não aprovou a moção política vencedora, decidiu agora sair do Bloco por não terem disso dado "sinais no combate ao sectarismo que, nos últimos anos, foi tomando conta do Bloco de Esquerda". "O sectarismo interno, que enfraqueceu o partido e o seu debate democrático, e o sectarismo externo, que tem impedido o Bloco de ser, como sempre quis ser, um factor de convergência e reconfiguração da esquerda portuguesa".

Este Oliveira é uma nulidade política, mas tem um  espaço televisivo onde debita as inanidades costumeiras. Ainda assim, merece maior confiança do que os antigos parceiros da agremiação. E agora fez de grilo de  um pinóquio qualquer.

6 comentários:

Floribundus disse...

mais um grilo falante.

o grupo do Grillo, organizado há 4 anos [atrás], já ganhou eleições na Sicília (porca miseria)

o DO empurrou os semedos e catarinas para o bueiro

miguel disse...

Acho que ele sente a porta aberta no Largo.
Já encontrou um lugar ao sol.

sts disse...

tugas maldizentes.

sts disse...

.

hajapachorra disse...

Bepe Grillo conseguiu 25% dos votos, mais de 8 milhões de italianos votaram nele. O pobre do bacharel Daniel nem à Carmelinda Pereira ganhava.

Kaiser Soze disse...

Neste momento, parece-me que o BE é mais Grillo que o Daniel Oliveira.