Páginas

quinta-feira, 5 de março de 2015

A lição de moral do recluso 44



Hoje no DN, dirigido pela gente amiga ( por quanto tempo?) do recluso 44, aparece uma carta enviada do ep de Évora ( o correio é célere para aquelas bandas...) e recolhida no jornal afecto em que o indiciado por crimes de corrupção, fraude fiscal e outros crimes como tráfico de influência, vitupera o actual primeiro-ministro, designando-o como "próximo da miséria moral". E recomenda ao actual PM que "faria melhor em explicar aos portugueses se ele próprio cumpriu a lei. Pela minha parte é o que tenho feito. Em nome da verdade é o que continuarei a fazer."

Ninguém  minimamente atento em Portugal duvida desta última razão de facto do recluso 44. Tem sido incansável em explicar, nas entrevistas furtivas que concedeu enquanto recluso, que o dinheirinho que dizem que lhe pertence, afinal não pertence e perante essa verdade assume uma superioridade moral que o legitima a apodar o sucessor de "miserável moral", por ter sugerido o contrário.

Não obstante há um facto que colide com esta história da carochinha: segundo se conta e parece certo o recluso 44 pagava um ordenado ao seu motorista de 1200 euros por mês. Porém,  oficiosamente, perante a Segurança Social só apareciam 600 declarados. A fraude é evidente, com uma agravante: agora é crime e pelo menos este está suficientemente indiciado...
A incongruência daquela verdade com esse facto é de tal ordem que até incomodará o raciocínio mais elementar de um distraído do senso comum. 

De resto, a revista Sábado de hoje traz um resumo daquela verdade que o recluso 44 afirma ser a sua, moralmente superior. Esta que até aflige...


 Chegou a altura de ter pena do recluso 44? É que não gosto de malhar em quem está no chão...

24 comentários:

Luis Franco disse...

O artista picou-se!!!!
Mas havia outro/s!!!!

BELIAL disse...

Há que malhar.
Malhão malhão, para não se levantar do chão.

Chanfalhada NO "COISA RUIM"... :-)

Floribundus disse...

ditado alentejano
'nem ladrão só,
nem puta só'
querem que todos sejam

Josephvs disse...

Deve estar infectado com o Chlorovirus ATCV (virus da estupidez) :)

Vitor disse...

Faz-me lembrar aquela: "Chama-lhe, filha, chama-lhe p*** antes que ela te chame a ti".

jkt disse...

Pena não, ficará sempre bem na vida, como já está.
Vamos ver depois atentamente tb o património e tal do nosso actual PM e restantes governantes.
Que é gente muito séria, claro.
Não estou a defender JS. Mas era giro investigarmos TODOS.a
Socrates sendo o que supostamente é, andaram sp atras dele... atras de tudinho, nao vejo assim a fazerem isso aos outros...
É que no meu entendimento sao todos "corruptos" e gente sem qq valores.
Pelos vistos JS é o único corrupto em PT, ahaha.

jkt disse...

JS deve saber bem que são todos uma cambada de corruptos e aldrabões como dizem dele... e nesse sentido... é muito injusto isto tudo...
Na minha opinião ng da politica tem legitimidade para mandar pedras ao JS.
Se fossemos um Pais de gente séria era grave isto do JS... como não somos, nem aquece nem arrefece e, sinceramente, é hipócrita.

Alias nem dizem quase nada acerca dele... por causa dos telhados de vidro....

O processo não é politico... mas o impulso da investigação.... não existe mais ninguém para investigar?

Adelino Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
josé disse...

jkt:

A relativização que faz é o exemplo do que o comentaro Vítor diz.

A história de JS não é semelhante à da mairoia dos governantes, incluindo Cavaco, Guterres, Santana Lopes ou Durão Barroso.

O que estes fizeram pela vidinha foi-lhes proporcionado pelo cargo que ocuparam mas não consta que tivessem amigalhaços para proverem a despesas de milhões e milhões de euros.
Mesmo Cavaco com Oliveira e Costa e as acções compradas e vendidas a preços de favor, o que constituiu uma grande pouca-verginha, para dizer assim, não se compara com isto do 44.

O 44 é doido. Ponto final.

Unknown disse...

Possivelmente o José terá razão ao dizer que eu ando com a mania da teoria da conspiração:
Agora este pseudo-escândalo do Passos ter pago meia dúzia de euros de impostos uns dias depois do prazo há 10 anos tem a mãozinha daqueles que estão a ver a vida andar para trás com a descoberta dos "prémios" de 15 milhões do Grupo Lena... E os jornais que se sentam em cima destas "notícias" anos a fio para as mandar cá para fora no momento certo são tão bons ou piores.

Miguel D

Jeremias disse...

Muito curioso este blog... O Sócrates, o PS e afins são todos uns biltres, uns facínoras... São de facto... O Coelho, o Portas, o Cavaco e quejandos são todos uns santos... E também haverá lugar para eles em Évora...

Carlos disse...

E isto:

http://www.noticiasaominuto.com/pais/357013/fisco-notifica-funcionarios-que-acedem-a-dados-de-lista-vip?utm_source=gekko&utm_medium=email&utm_campaign=daily

É a lição moral de quem?

josé disse...

Sobre os funcionários que acedem a dados confidenciais no Fisco:

Acha bem que o possam fazer sem qualquer justificação? E sabendo de antemão que a tentação de um funcionário que pode aceder a esses dados, vendo o que lá está e podendo passar informação a terceiros, é grande, deve desvalorizar-se?

Então para que serve o sigilo fiscal?

É que é mais importante, a meu ver o que o sigilo processual na vertente externa...

josé disse...

Agora ao Jeremias:

Se se der ao cuidado de digitar as palavras portadaloja cavaco no google vai ver que perdeu uma belíssima ocasião de estar calado.

Carlos disse...

"Então para que serve o sigilo fiscal?"

José,

O meu problema, não é sigilo fiscal, que, a existir, deve ser para todos os contribuintes.

O minha perplexidade e revolta é tomar conhecimento da eventual existência uma lista "VIP", protegida e com tratamento diferenciado.

josé disse...

Essa lista atenta contra o princípio constitucional da igualdade de todos os cidadãos perante a lei.

Mas também atenta contra esse princípio o tratamento de favor que concedem ao recluso 44 e que é indiscutível.

Conclusão?

Na prática o princípio não existe e é apenas uma ficção para inglês ver e brandir como arma de arremesso. Sempre foi

josé disse...

A Constituição portuguesa é o que é e vem de 1976...altura em que os comunistas impuseram a marca ideológica.

Se há alguém que não respeita nunca esse princípio burguês nem sabe o que isso é, é mesmo o PCP.

Carlos disse...

José

O problema é o acesso diferenciado. Uns podem ser feitos normalmente, outros carecem de autorização, normalmente de uma chefia colocada ao jeito de quem manda.
Coisa diferente, é sua sua divulgação para fins violadores dos tais principio de confidencialidade.

Mas, neste quadro, como se pode enquadrar a divulgação pública, pela DGCI, das listas de devedores ao fisco e à segurança social?

E, sendo PC devedor, porque não constava em tais listas?

Quanto a misturar alhos com bugalhos...lá vem a tendência ao de cima.

Jeremias disse...

Ok José
Mesmo excluindo o Cavaco do baralho continuo com uma jogada bastante interessante...

Unabomber disse...

Uma pequena dúvida:
Será que a diferença entre os 600€ declarados e os 1.200€ efectivamente recebidos pelo motorista do 44, não poderá corresponder ao reembolso de despesas de representação ou de deslocação?

josé disse...

"Será que a diferença entre os 600€ declarados e os 1.200€ efectivamente recebidos pelo motorista do 44, não poderá corresponder ao reembolso de despesas de representação ou de deslocação?"

Despesas de representação num motorista privativo de um indivíduo como o 44? V. está a brincar não está?

josé disse...

Então digite portadaloja submarinos paulo portas e vai dar ao mesmo: perde outra jogada.

Depois digite portadaloja Passos Coelho sonso e perde o jogo.

Capito?

zazie disse...

Ia em representação dos amigos socretinos da Musgueira

":O))))))))

jkt disse...

Sim caro José.

«A história de JS não é semelhante à da mairoia dos governantes, incluindo Cavaco, Guterres, Santana Lopes ou Durão Barroso.»

Acredito que sim, mal era. Do JS supostamente sabe-se de tudo e mais alguma coisa... já dos outros Governantes... nem por isso.

Ele queria controlar e controlava tudo... mas todos os dias era uma estória nova, jornais, telejornais, investigações, etc.
Ele até pode ser o maior corrupto do mundo, okey. Não é isto que está em causa.
Agora que estamos mesmo em Democracia e com total liberdade... não existem assim muitas estórias e casos de corrupção. Se este assunto do fisco fosse com o JS ia ser lindo ia. Até um livro se ia escrever acerca isso. e era jornais e telejornais especiais durante meses sem fim...

Será que sabemos mesmo as estórias e a vida dos outros assim tão pormenorizadamente como JS?
Duvido.