Páginas

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O apoio dos italianos a Bettino Craxi...

Há um pouco mais de vinte anos, em 1993, Bettino Craxi que tinha sido primeiro ministro italiano poucos anos antes, estava a ser investigado por corrupção e financiamento ilegal do partido Socialista italiano, no âmbito da operação Mãos Limpas. Acabaria por ser condenado duas vezes e à revelia porque se refugiou na Tunísia, onde foi visitado por Mário Soares, então presidente da República.

Depois de mais de uma dezena de interpelações judiciárias para responder nesse inquérito, o então secretário geral desse partido, na noite de 30 Abril de 1993, saía de um hotel em Roma e foi recebido desta maneira entusiástica, pelo povo que se encontrava à sua espera...




Depois de ver as notas de mil liras nas mãos dos manifestantes e ainda da chuva de moedas que caiu sobre o carro do líder do PSI, lembrei-me subitamente de uma coisa...

3 comentários:

zazie disse...

Pois é, pois é.

Floribundus disse...

benedetto foi sempre um mafiosos corrupto

abriu escola no largo dos ratos vorazes

como se pode ver pela amostragem recente

morreu regaladamente há mais duma dúzia de anos na cidade balnear de Hammamet na Tunísia

a história portuguesa está por contar

veremos as cenas dos próximos capítulos numa AR perto de si

diz-se que tribunais
só para pilha-galinhas

Manuel disse...

tenho algures um saco cheio de moedas de dez tostões das antigas... a ver se o descubro até Domingo