Páginas

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Os comunistas já deixaram de o ser?!


António Costa fala ao Financial Times:

“É como se estivéssemos a deitar abaixo o resto do Muro de Berlim. O PS não se mudou para o lado dos anti-europeístas, eles é que concordaram em negociar um programa de Governo comum sem pôr em causa os compromissos de Portugal como um membro activo da zona euro“, descreveu António Costa em entrevista ao Financial Times. O líder socialista afirmou ainda que não está a fazer bluff, defendendo que o PS é o partido em Portugal mais pró-europeu e que confrontado com o “radicalismo do actual Governo”, existe agora uma possibilidade fazer regredir a austeridade e cumprir as obrigações externas do país.

O líder socialistas considera que as negociações para a criação de um Governo à esquerda liderado pelo PS estão “mais avançadas e estão a correr melhor” do que as negociações com a coligação. “As mesmas propostas da direita adocicadas com algumas medidas do PS não representam uma mudança de direcção”, criticou Costa.


Pronto! As galinhas começaram a ganhar dentes...e  só falta a vaca tossir.
Este António Costa vai ser o pai da quarta bancarrota em 40 anos e vamos assistir integralmente ao cenário grego, com um syriza de circunstância e sem remédio à vista. A realidade não conta e a fantasia impôs-se. 
Para já o acordo parece fácil de alcançar: é tudo uma questão de pormenores de IVA, TSU e pouco mais. As "políticas patrióticas" virão a seguir e o "fascismo", a "reacção" , os "inimigos do nosso povo" que agora são os neoliberais, mesmo social-democratas serão as próximas vítimas.

76 comentários:

zazie disse...

E porquê?

Por que é que ninguém trava?

josé disse...

Alguém travou a loucura de Março de 1975? E que vinha de Julho de 1974?

Os marcelos rebelos de sousa fizeram alguma coisa então?

Nada. Acomodaram-se. O Balsemão até disse que era preciso inventar novas formas de economia...

zazie disse...

Pois foi. Mas nessa altura precisavam todos de fazer carreira.

Agora não. E sabem que isto é a destruição de Portugal.

Não entendo. Tudo isto me ultrapassa e tudo isto já estava pensado na campanha. Dá para perceber agora aquela treta de um dia dizer uma coisa para um lado e no outro para o oposto.

A declaração na noite da derrota foi o anúncio desta vitória.

Não acredito que o PS não precise demasiado disto por outros motivos.

zazie disse...

E se o Cavaco não travar e deixar, então a coisa é mesmo muito mais grave e não é por comparação com o furor revolucionário do PREC.

zazie disse...

Nós não estávamos a viver qualquer tipo de furor de rua que empurrasse para isto.

nenhum. Portugal estava e está calmo.

Se for golpe é golpe institucional e mais nada.

A comparação abrilista vale apenas para se saber que são os mesmos. Mas não chega para se entender esta golpada agora. Não há cravos nem houve lateiros nem a populaça anda na rua a perseguir fascistas ou pediu PREC a alguém.

josé disse...

Não há nada disso e por isso é que é uma farsa.

A Revolução é uma farsa como Marx dizia, citando e acrescentando Hegel.

josé disse...

Esta farsa decorre de uma fantasia antiga da esquerda do PS. Ferro Rodrigues que veio do MES sempre pensou nisto. Manuel Alegre, um pateta, também.

É a "Esquerda", cujo valor reside a entoação da palavra e nada mais. Nada mais.

Mais uma vez...é a linguagem que conta.

josé disse...

E pese embora a opinião de alguns amigos, não creio que isto signifique uma conspiração para livrar o detido no 33 de responder e ser condenado.
Vai sê-lo, estou certo, mesmo que a Esquerda tente desgovernar.

josé disse...

Claro que o detido no 33 poderia acabar com esta farsa numa entrevista que aliás costuma dar e anda muito calado.
Mas tal significaria a sua condenação antecipada e o fim de tudo para o dito. E essa ilusão é a última a acabar.

zazie disse...

Sim, que é uma farsa é óbvio.

Agora porque é que a farsa não é travada mesmo de dentro do PS é que eu não entendo.

E eles até se estão a inspirar na Grécia. Se os outros fizeram referendo e depois decidiram o oposto do voto popular, agora acham que é altura de avançarem para o mesmo.

Até têm esse clima de encosto e querem fazer-se passar por moderação dentro dessa vaga syrizaica.

Eu espero para ver o que o Cavaco faz. Até lá não sei nada.

zazie disse...

Mas acredite que esta farsa ainda tem demasiados adeptos.

E isso é trágico.

Lamas disse...

Cavaco tem que indigitar Passos a formar governo e já.
Este apresenta na AR o programa com as 23 alterações que propôs ao PS.
E depois vamos ver como decorre a discussão e ver a reação dos PS moderados.
Para já ficamos a saber o que se anda a discutir aos "segredinhos", sim que também não sabemos o que é que o Costa tem andado a falar coma a atriz e o soldador

zazie disse...

Esse detalhe não sei e não tenho por hábito ir logo atrás de teorias da conspiração.

Mas sei que se eles forem para o poder tratam logo de mudar PGR e porem lá os seus a tapar e a arquivar. Como sempre fizeram.

zazie disse...

Eu nem sei o que são os PSs moderados. Acho que aquilo esclerosou de vez.
A moderação só se for com xanax.

zazie disse...

Se eles não aceitarem compromisso e inventarem a tal frente de esquerda que nunca foi a votos, mais valia atirar-lhes para a mão o país e esperar por um rápida bancarrota.

na volta é isso que vai acontecer de uma forma ou de outra.

josé disse...

A PGR só muda de seis em seis anos e a escolha do próximo será muito escrutinada. Ainda assim, o DCIAP tem relativa autonomia e não vai ser fácil mudar o actual director.

Portanto, por aí, não me parece que seja golpada.

josé disse...

Deus queira que haja bom senso. Para bancarrotas já chegaram as que chegaram e para vir por aí um governo qualquer de ditadura qualquer também não é preciso.

zazie disse...

Não sei e também não me imaginei há uns bons anos a tornar a viver a mesma palhaçada de há 40.

Ainda que tenha percebido que a bruta bancarrota viria e seria por décadas e décadas.

zazie disse...

Ah. Não sabia desse detalhe.

Então ok. estão marados da cornadura e monhé é mesmo pior que cobra.

zazie disse...

José- se eles recusarem entrar no governo ficam na oposição a levar à bancarrota porque por voto podem invalidar tudo.

Esta gente é besta. è mais besta de tudo o que se pode imaginar.

zazie disse...

Não há ninguém para governo de ditadura.

Essa é a outra parte de farsa que também andou por aí no ar, a dizer que estavam prontos para o chamamento e tal e coisa. Agora já sacodem água do capote e dizem para nem os tomarem por conspiradores.

È como lhe digo- a barriguita, sempre a barriguita a comandar o sonho.

José disse...

Se fizerem oposição de bota-abaixo o povo percebe e tira-lhe a tosse nas próximas eleições, ou muito me engano.

O voto no BE foi de protesto contra o PSD/CDS; por isso pode muito bem reverter. o PRD desapareceu e foi o que tirou a vitória ao PS em 1985.

zazie disse...

Descobriram que nem precisam de estar prontos para nada porque afinal quem governa é a Bismerka

eheheheh

Temos uma ditadura por interposta pessoa, donde nem merece a pena preocupar com nada. Tanto faz, é tudo igual, vai sempre dar tudo ao mesmo.

Muito prática esta poltranice.

zazie disse...

Sim. também penso isso e nem chegam ao fim da legislatura.

José disse...

Claro que são os alemães que mandam e desde 1987, com o apoio forçado dos franceses porque não tinham outro remédio. Tenho aqui um escrito que logo vou colocar para perceber se o trotskismo ainda está em período de validade ou já apodreceu.

José disse...

Se apodreceu, como me parece, o BE é uma farsa completa.

zazie disse...

Pois mandam mas não governam.

Eu penso que o trotskismo está bem válido e até se disseminou com patrocínios internacionais como não tinha na altura.

zazie disse...

Agora chamam-se muito outras coisas, têm clones por todo o lado, incluindo anarquistas internacionais, mas o móbil é sempre o mesmo.

Há muito dinheiro investido nisso. Ninguém se mete a investigar e a contar.

José disse...

Refiro-me à teoria económica marxista que o trotskismo adoptou com Mandel.

zazie disse...

Está a falar do trotskismo ideológico dos fundadores da LCI?

Esses devem ter batido a bota e esta malta que agora lá está nem a historieta disso sabe, quanto mais estudarem os teóricos como estudaram ainda os fundadores.

Por aí há apenas papagaios-filhos e filhas abrilistas e a copiarem o resto do estrangeiro.

zazie disse...

Creio que não há. A teoria deles não vai mais longe que a luta contra a austeridade, o boicote de toupeiras e isso serve apenas para enquanto estão na oposição.

José disse...

Ernest Mandel é autor de um Tratado de Economia marxista. Foi publicado em vários volumes na colecção francesa 10/18. Tenho o primeiro, de Fevereiro de 1976 e é uma delícia ler o preâmbulo.

É a isso que me refiro porque a ideologia está lá e não pode ser ultrapassada sem mais. O BE tem uma ideologia, como denota Louçã. E é essa e nenhuma outra.

Não há muita volta a dar.

José disse...

É preciso confrontar o BE com a sua ideologia, a verdadeira. E é esse trabalho que não vejo ninguém a fazer e por isso essa porcaria tem mais moscas que as bostas de antigamente.

zazie disse...

Não sei o que têm de ler agora. Mas que o Louçã ainda é o paizinho espiritual, é.

zazie disse...

Não se esqueça que o BE não a LCI. É uma fusão com a UDP que nem eram minimamente trotskistas. Eram marxistas-leninistas e maoistas.

Creio que a linha mais dura do BE ainda é marxista-leninista por via da UDP e não de descendência da LCI:

zazie disse...

Agora os dinheiros e as ligações internacionais e até quem financiou todos aqueles anos do Louçã on gthe road pela América latina foram os trotskistas da 4ª Internacional

zazie disse...

E essers trotskistas então em França, em Inglaterra, Em Espanha, na Itália, na Grécia e por aí fora, comas aclimatações caseiras.

O dinheiro é de fora, por ONGs e há-de ser muito mais do que se imagina.

José disse...

Não creio que a UDP seja a fonte ideológica do BE. Se o fosse, o BE nunca seria anti-estalinista convicto ou adepto das liberdades e crítico da antiga URSS e da China de Mao.

A força motivadora do BE continua a ser o trotskismo puro e duro, parece-me.

José disse...

De resto a teoria marxista da economia segundo Mandel não diverge muito da teoria marxista tout-court. E é isso que conta, saber se ainda está em moda ou já naufragou com os ventos da história.

É preciso perguntar-lhe directa e claramente.

zazie disse...

Talvez tenha razão no que explica o folclore todo LGBT e fracturante que até começou pela acupunctura.

Mas tem lá dentro marxistas-leninistas e são sempre esses que falam na tomada da Assembleia.

O Rosas até era trotskista antes de ter dado em estalinista e voltado ao trotskismo. Esta gente é o que for preciso em qualquer altura mas querem sempre deitar abaixo o capitalismo.

zazie disse...

São toupeiras e têm a prática internacionalista por eles. Dividem-se sempre em mil e uma seitas como aliás acontece com a vertente neotonta.

zazie disse...

Fui lá espreitar e aquilo é uma anedota completa.

Panasquices, ambiente e problemas das alimárias. Mais nada.

A única coisa teórica que se encontra foi publicada em 2007 e é ver aqui a profundidade da treta:

http://www.bloco.org/content/category/14/52/47/

zazie disse...

O socialismo é construído assim:

http://www.bloco.org/content/view/515/47/

Fora isso, só encontrei dentro da categoria "socialismo" o arrastão e a luta contra o preconceito.

Mongalhada em último grau. Tanto estavam ali como no PAN ou no Chapitô em animação de rua.

josé disse...

Por isso mesmo é que vou colocar o preâmbulo do livro. Para se ler o que é preciso ler. São apenas uma dúzia de páginas que se leem muito bem. Em francês.

zazie disse...

ehehehe Faz bem.

Mas olhe que hoje em dia também já ninguém sabe francês.

Isso tem de ser traduzido para inglês técnico.

José disse...

Que se lixe. É em primeiro lugar para mim e depois de aproveitar a mais alguém, melhor.

Há meses e meses que não vou ver as estatísticas do blog e vou continuar.

Este trabalho que me dá gozo fazer é mesmo assim: para me questionar e informar, em primeiro lugar.

José disse...

A informação e a formação de opinião passa em primeiro lugar pelas lourenças. São elas quem detém esse poder imenso.

E por isso o Balsemão é um crápula.

José disse...

Isto aqui, nos blogs, como sempre acreditei tem uma importância muito muito residual.

Só em alguns assuntos específicos pode haver uma diferença, mas pequena porque o síndroma de Panurgo é constante na sociedade.

Carlos disse...


Para acalmar os mais excitados, aqui vai uma explicação credível, via "AVENTAR"
Calma, que não é a opinião dos comunas do "blog"!

http://aventar.eu/2015/10/14/dedicado-aos-ressabiados-de-direita-que-andam-por-ai-a-estrebuchar/

Ricciardi disse...

Bom, na verdade o povo não vota na eleição dum PM. Vota em deputados.
.
Creio q o melhor a fazer é forçar novas eleições de imediato com as novas coligacoes ora formadas. Um bloco de esquerda e um bloco de direita.
.
Creio q os resultados seriam muiiito diferentes. Boa parte dos votantes de protesto q votaram noutros partidos q não o PAF regressariam à sua matriz. Dessa parte talvez metade não quer um governo com comunistas e o voto de protesto passaria para a PAF.
.
.
Até lá continuaria o governo actual.
.
Nomear um governo PAF é perca de tempo se não houver acordo prévio.
.
Na verdade os mercados o q detestam mesmo é a incerteza. Talvez já se tenham habituado à ideia com o exemplo grego de que, partidos à esqurda ou à direita fazem o mesmo. Em Portugal até pode ser mais simples uma vez q a extrema esquerda declarou abdicar de TODAS as bandeiras.
.
Para q um governo de esquerda com o ps a liderar possa ser considerado sem temores pelos mercados é preciso gastar algum tempo e dinheiro a construir na comunicação social internacional relevante essa ideia.
.
Rb

josé disse...

A explicação do tal Aventar é patética. Só isso.

josé disse...

A democracia só tem valor se for para a generalidade das pessoas viverem melhor. Os pobres e desgraçados não comem democracia a facilmente a trocam por melhores condições de vida.

Três ou quatro bancarrotas em troca de democracia é preço demasiado caro para tal.

Zephyrus disse...

Até o pateta do Paulo Morais já defende a legitimidade do Governo de Esquerda. Os tolinhos dizem que no resto da Europa há coligações a três e quatro partidos. Mas os tolinhos são tão provincianos que ficam deslumbrados com a Europa «rica» que só existe na sua imaginação. Pois esquecem-se que nesses países não há partidos de extrema-esquerda radical. As coligações que se fazem para lá dos Pirinéus são entre partidos sociais-democratas, verdes (socialistas ou social-democratas), liberais e conservadores. É ver o bando dos parvos a dizer que na Europa há coligações a 3 e 4 enquanto omitem que por lá não há comunada.

Basta um ano no poder para estoirarem o país. Estando no Governo o BE e o PCP vão encher as secretarias, os ministérios, as direcções regionais com comunistas. Quando for a hora de legislar e fazer regulamentos lá estarão no futuro para impor a sua visão totalitária, controladora, burocrática. Ninguém vê isto? Este gente licenciada e doutorada que anda a comentar e a decidir é assim tão ingénua?

Zephyrus disse...

Foi quando fui chamado para ser consultor num regulamento e num decreto-lei de uma secretaria que fiquei com plena noção do quão loucos são os tipos do BE e do PCP. Além de loucos são burros pois a cegueira de taxar até ao ossos e regular tudo e mais alguma coisa acaba por matar as actividades económicas do sector privado. Eu vi isto com os meus próprios olhos pois participei no processo e não há discussão possível com esta gente. A Mortágua que é muito querida dos jornalistas é um poço de demagogia e fala do que não sabe. Numa actividade com lucro médio por vezes inferior a 8% do volume de dinheiro movimentado a Mortágua queria taxar o volume acima de 16%! Para o BE nem se falou de taxar receitas! O PCP queria 40% dos lucros mais IVA, IRC e IRS. Resta dizer que as propostas de regulamentação dos tipos eram irreais e matavam tudo. E não ouvem ninguém, são burros e loucos, cegos pelos impostos, regulamentações, burocracias. Os tipos são 1000 vezes mais totalitários do que alguma vez foi o Estado Novo.

Zephyrus disse...

Os blogues e os jornais nada valem.

95% dos portugueses informam-se apenas pela rádio e pela TV. Como diz o José, quem manda é a Ana Lourenço, a Judite de Sousa ou a Helena do Prós e Contras.

Zephyrus disse...

Os corporativos não gostam da Maria de Belém. Como seria de esperar...

http://corporacoes.blogspot.pt/2015/10/o-teste-do-algodao.html

Espera-se terceiro candidato à Esquerda...

Quem será?

Vamos levar com o Marcelo Rebelo de Sousa. Mal menor. Mas continuo a achar, como na música pimba, Portugal canta «não és homem para mim»...

lusitânea disse...

Depois da descolonização e da expulsão dos brancos que ficaram a arder com os seus bens no maior roubo da História os internacionalistas decidiram fazer só cá dentro a raça mista.O Costa que fez a brilhante Lei da Nacionalidade enriquecedora-afundadora já disse que o que gosta mesmo é de "portas abertas" que quase lhe deram a maioria.Principalmente de paquistaneses indianos e claro africanos...
Concluindo a malta toda quer é ficar escurinha e africanizar na Europa...

zazie disse...

Os toscos dizem que as contas não interessam para nada. Pode-se levar um país à bancarrota se for por uma boa ideologia desde que se engane os mercados estrangeiros.

AHAHAHAHAHAHAH

jbp disse...

http://www.lutapopularonline.org/

E estes 2 comunicados, hein? Duas pérolas da comunalhada fóssil do rectângulo.

zazie disse...

Esta gente é que nunca devia ter saído de África. E refiro-me não só ao neo-colonialismo como à hominização ou lá como lhe chamam que isto por estas bandas cainesianas ainda nem a sapiens chegou.

zazie disse...

ehehe Parece que o maluco do Garcia Pereira conseguiu-se ver livre do partido

AHHAHAHAH

Também gosto muito da caligrafia. Condiz com o teor do manicómio

zazie disse...

No outro dia dizia que estava apreensivo e até aconselhava a tirar-se o dinheiro dos bancos.

Agora já está todo esperançoso com o PREC porque sempre sonhou ver isso em pequenino e faltam-lhe sírios para brincar às adopções.

":O))))))))

zazie disse...

E depois insultam e dizem que os outros é que vivem de tribalite.

Tristes.

Zephyrus disse...

Acho que o Partido Comunista em Inglaterra teve cerca de 500 votos.

O Corbyn é muito mais moderado que um BE português e está a enterrar o Partido Trabalhista.

Há pouco um colega lamentou-se da má influência francesa no ensino da Medicina portuguesa e na e da pouca influência inglesa (maior contudo no Porto, menor em Lisboa...)

Ouviram umas ideais dos jacobinos há 200 anos e engoliram aquilo tudo. Nem francês sabiam falar ou escrever muitos desses palermas. Assim andamos há 2 séculos. Os ingleses estão noutra há muito tempo.

zazie disse...

Lá não há comunismo.
O Corbyn é um idiota vegetariano. Dava o PAN de lá a chatear os israelitas.

zazie disse...

Estão noutra porque ainda vivem de glórias passadas. Aquilo por lá, mesmo em termos académicos também está bera.

De tal modo que depois são as empresas que lhes têm que dar formação. E de coisas básicas que cá se aprendem logo no primeiro ano de licenciatura (a matemática).

Mas consta que os franceses estão ainda pior. Esses chegam às empresas como estagiários e não sabem nada sequer de informática

Zephyrus disse...

Sei que em Inglaterra e em Espanha têm baixado a exigência em nome de «resultados».

Aqui ao lado em Espanha quem fez essa reforma parva foi o PSOE quando o Aznar perdeu as eleições e foi tudo uma estupidez pois a muitas disciplinas os programas eram muito bons. A Matemática os espanhóis aprendiam Matrizes, primitivas e integrais no 12.º ano. Por cá os alunos aprendem isto à pressa em dois meses nas cadeiras de Matemática das Faculdades de Engenharia e de Ciências e depois chumbam em massa nas frequências ou no exame de Janeiro. Em Portugal também se fez esta caminhada da simplificação que culminou na m*rd* de reforma do David Justino. Agora os alunos chegam ao Superior sem saber Química Orgânica, Química Analítica, Física, Química Laboratorial, e antes sabiam, antes da reforma de 2004 ou 2005.

E quem se tem batido pelas graduais reduções da exigência no ensino a todos os níveis? A Esquerda. Por vontade do PCP e do BE, nem haveria exames nacionais...

Ricciardi disse...

No parlamento europeu (PE) é que se pode ver bem o peso das esquerdas radicais na europa. E é falso que o peso em Portugal seja maior.
.
Vejamos, o PE tem uns 700 deputados. Destes, 102 são das esquerdas radicais.
.
Isto dá uma percentagem de 15%.
.
Em Portugal num universo de 230 deputados, 34 são da esquerda radical. O peso é de, olha q giro, também 15%.
.
Rb

zazie disse...

E o do PAN, fica a apanhar as bolas?

zazie disse...

Só coisas que m'apoquentam, o Costa ainda não ter levado um osso para negociar com esse.

Ricciardi disse...

As esquerdas radicais, a par das direitas igualmente radicais são super minoritárias. Na Europa e em Portugal.
.
Não representam perigo algum. Em Portugal está percentagem está empolada porque esses partidos radicais receberam, pelo menos, 5% de votos de protesto, isto é, de pessoas que os usam para demonstrar descontentamento. Na verdade em Portugal a extrema esquerda é menor do que no resto da Europa. Se retirarmos estes 5% de votos nessa esquerda, o peso da esquerda radical não passa os 10%.
.
Portanto, podem juntar-se ao dom quixote a combater moinhos de vento. But hei, isso é lá convosco.
.
Eu, apenas quero que se mantenham nessa percentagem e que sejam diluídos pelo PS até ao definhamento total. Pelo que, se os mercados perceberem (o q não é nada líquido para mim) que a participação da extrema esquerda num eventual governo é residual e sem influência prática, óptimo.
.
Rb

Ricciardi disse...

E sim, se Costa não tiver engenho e arte nas entrevistas q fez e vai fazer aos players estrangeiros (hoje é com os embaixadores) de forma a tranquiliza-los, então o PR não dará posse a um governo de esquerda.
.
No entanto, se o PR perceber que as demarches de Costa estão a dar resultado e q os mercados afastaram os receios então nao tenho dúvida q dará posse a esse governo.
.
Rb

josé disse...

"o Costa ainda não ter levado um osso para negociar com esse." Ahahaha, pode sempre levar uma espinha de carapau para dar ao gato que apanhe esse rato...

BELIAL disse...

Mercados e banqueiros, logo excretarão o "monhas".

Tirando a tralha ps, em vias de mumificação, as facções estão-lhe cá com uma sedinha...

Ganges com o gajo.

zazie disse...

ehehehehe

Maria disse...

Uma vez comunista, para sempre comunista.

O Costa, tal como o pai dele toda a vida o foi, é um comunista disfarçado de socialista democrático. Nem podia ser doutro modo, filho de peixe sabe nadar Exactamente como o Soares. Este às vezes ainda vai mais longe e teve/tem a lata de afirmar ser um social-democrata mas de pendor socialista (melhor seria dizer comunista) tudo, claro está, para enganar papalvos e consegui-o velhaca e cobardemente, durante décadas, junto do ingénuo e bom povo português. Soares toda a sua vida foi um hipócrita e cínico do pior, pois tendo sido comunista na juventude, isto já então sucedendo dada a lavagem cerebral que levou nessa altura magistralmente ministrada por Cunhal, nunca mais deixou de o ser. Prova disso, caso não o fosse, não tinha retalhado o País aos pedacinhos nem mandado assassinar milhões de portugueses que tudo quanto suplicavam era continuar a poder sê-lo. Só um espírito satânico podia ter sido capaz de praticar tanto mal, o que significa que, como o verdadeiro assassino que ele foi, podia perfeitamente ser a encarnação de Lenine ou Estaline, uma vez que, tal como estes, mandar executar uma dezena de seres humanos indefesos ou vários milhões deles tornou-se num acto absolutamente normal e até mesmo salutar.

Gente desnaturada como esta só se sente bem a trair o 'seu' País e a ver o sangue de 'compatriotas' inocentes a escorrer pelas ruas. Políticos de tão malígna índole mereciam a forca, caso esta ainda existisse para punir todo aquele que praticasse crimes violentos e/ou cometesse Alta traição à Pátria. Como por exemplo Soares, Alegre, Almeida Santos e mais um punhado de camaradas seus. Alguns destes já cá não estão, como Rosa Coutinho e Melo Antunes, embora tenham sido igualmente culpados.