Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2016

A pena de Godinho do Face Oculta

O Correio da Manhã foi ao Brasil e falou com Manuel Godinho, o empresário de Ovar que foi condenado no processo Face Oculta em 17 anos de prisão por crimes como o de corrupção.

A notícia destaca o facto de Godinho, que referiu ter sido amigo de Armando Vara durante muitos anos, nunca mais ter falado com o mesmo: " Vara nunca mais de  ligou nem falou comigo". Mas também não está interessado em conviver com o mesmo...  

Essencialmente, a defesa de Godinho assenta no desconhecimento de que o que fez pudesse ser crime. "Se eu soubesse que estava a corromper, não fazia. Mas aquilo para mim era normal".

Em termos jurídicos isso configura uma situação de falta de consciência da ilicitude, por ter actuado em erro.

Artigo 17.º do C. Penal:
Erro sobre a ilicitude
1 - Age sem culpa quem actuar sem consciência da ilicitude do facto, se o erro lhe não for censurável.
2 - Se o erro lhe for censurável, o agente é punido com a pena aplicável ao crime doloso respectivo, a qual p…

Joaquim Silva Pinto, sobre Marcello Caetano e Soares

O último livro de Joaquim Silva Pinto que integrou os governos de Salazar e Marcello Caetano intitula-se Portugal, Desalento e Esperança e é de Outubro de 2015. Só agora o vi. Lê-se de um fôlego ( tem 186 pgs) e vale todos os cêntimos da dúzia e meia de euros que custa.

É um relato na primeira pessoa e com testemunhos directos de alguns factos e acontecimentos, para além de impressões pessoais sobre Salazar, Caetano e Soares.


Sobre Marcello Caetano ( e sobre Salazar) destaca a integridade pessoal. Sobre Soares, bem, relativiza-se a coisa...basta que seja simpático, conciliador e sem rancor...

Leia-se o que escreve sobre Marcello Caetano:






E sobre Soares:



Silva Pinto acha que Soares não é corrupto. Mas contemporiza com eles e até os amesendou. E até compreende que Soares apoie Sócrates e o defenda.Portanto, fuma mas não inala...

Esta dualidade condescendente e que desvaloriza defeitos de monta não pode ser esquecida como modo de entender o autor e valorizar aqueles dois homens de Estad…

caca comunista

Observador:

Igor Atamanenko, um ex-agente russo afirma ter encontrado provas de que Estaline espiou Mao Tsé-Tung e, entre outros meios, terá recorrido à análise das fezes do dignitário chinês, noticia a BBC World.
O objectivo da análise das amostras dos excrementos era o de traçar o perfil psicológico dos espiados. Na década 1940, a polícia secreta de José Estaline criou um departamento especial para fazer cumprir este objectivo, refere a imprensa russa citada pela BBC.


A propósito deste assunto escatológico há duas crónicas de VPV que merecem partilha.

A primeira publicada em 23 deste mês que corre:






A segunda é de ontem:



O que é que isto interessa, andar sempre a falar do PCP? Uma coisa só:

O PCP continua a influenciar a sociedade portuguesa em geral, através da linguagem que implantou no léxico corrente, conseguindo tornar a linguagem anterior a 25 de Abril de 1974 como sendo "fascista" e fê-lo com um sucesso notável.

Enquanto a mudança que se impõe não for considerada como…

O advogado Godinho de Matos já bebeu a cicuta?

No i de hoje o advogado Godinho de Matos confessa algumas coisas interessantes sobre a sua vida profissional e alguns assuntos de momento, por exemplo o caso Sócrates.

Godinho de Matos é advogado desde 1973 e foi fundador do PS. Até 1978 diz que andou a "brincar á política", o que não deixa de ser interessante porque foi nessa altura que o falecido Almeida Santos gizou o sistema judiciário que temos e ao mesmo tempo era a altura em que ocorreu a primeira bancarrota logo a seguir ao 25 de Abril.

Em 1978, agora confessadamente, Godinho de Matos pediu ajuda a Proença de Carvalho e começou a trabalhar com o mesmo na advocacia.
É preciso dizer que Proença de Carvalho durante os anos que se seguiram a 78, depois de se inscrever no PS ( e na Maçonaria, tal como Godinho?)  andou pela AD e pela política activa também, como se escrevia neste recorte de O Jornal de 7.2.1986, vai fazer agora trinta anos. Proença filho de pobres, fora delegado no Ministério Público e inspector da polícia…

O caminho da Grécia sem tirar nem pôr...

Observador:

A S&P tornou-se quarta-feira a terceira agência de rating em dois dias a mostrar dúvidas em relação aos planos orçamentais do governo, depois de a Moody’s e a Fitch terem feito o mesmo.

Em declarações difundidas na quarta-feira aos jornais, a S&P comenta o seguinte: “Como já temos dito, a nossa expectativa é que o governo continue empenhado nas políticas que favoreçam a consolidação orçamental, ainda que a um ritmo mais lento do que anteriormente, o que fica demonstrado no objectivo de défice de 2,6% do PIB, contra os 1,8% previstos pelo anterior governo”.

Entre outras coisas, notamos, contudo, que a projecção de crescimento assumida para o PIB parece pender para o lado optimista. O que implica que se o crescimento económico tiver um desempenho abaixo do previsto pelo governo, serão necessárias medidas de redução do défice adicionais, para cumprir o objectivo. Aí, acreditamos que a estabilidade do governo seria colocada em causa”.

A agência de rating termina dizendo qu…

Começou o calvário...

 Já é notícia:


A agência de rating Fitch divulgou um comunicado onde diz que as previsões do governo português, apresentadas no rascunho do Orçamento de Estado, podem ser demasiado “optimistas” e “irrealistas”. A agência alerta ainda que pode baixar o rating de Portugal (que neste se momento se encontra em BB+) perante uma “trajectória menos favorável” das contas públicas nacionais.

Os responsáveis pelo novo martírio do povo português. Tirando o ministro que ri, os outros foram palradores assíduos nos últimos anos, nos programas de tv, particularmente no da Lourença da SIC-N:


Sai uma conta de 650 mil euros para Maria de Belém pagar!

Observador:

Depois de um período eleitoral em que muitos apoiantes da antiga ministra da Saúde socialista criticaram o partido por estar ao lado de Sampaio da Nóvoa, o Diário de Notícias avança esta terça-feira que o PS não vai ajudar a ex-presidente a pagar a campanha. Ou seja, as despesas previstas de 650 mil euros vão ter sair do próprio bolso de Maria de Belém. Um responsável pela candidatura afirmou ao DN que se trata de “um problema privado”.

Maria de Belém vai ter que pagar do seu bolso 650 mil euros ( ou um pouco menos, segundo as contas do que gastaram) da aventura em que um certo PS a meteu ( o PS de Soares e companhia... Alegre, mais Vera Jardim e uns tantos assim).

Segundo se escrevia na altura:

Maria de Belém declara apartamentos na Portela (Loures) e Vilamoura, assim como a sua quinta no Rodízio, em Colares (Sintra), junto à Praia Grande, e um terreno na mesma aldeia. Aliás, é na sua morada que tem sede a empresa de consultadoria Priorikey que mantém com o marido desde 201…

"O PCP nunca muda!"

Expresso online:

"Podíamos arranjar uma candidata mais engraçadinha e com um discurso mais populista", disse Jerónimo de Sousa. A indirecta ficou-se por aqui, mas o tiro acertou em cheio. "São opções e não quero criticá-las", acrescentou Jerónimo. Para depois relatar com uma confissão: "Não somos capazes de mudar. Fazemos sempre a mesma opção por uma forma séria de fazer política".


Em vez disto...




 Arranjaram isto:



















Tiveram isto:





Por umas décimas até o Tino de Rans lhes passava a perna.

Devem andar a roer-se todos com os "ideais de Abril"...porque o discurso é oco e fossilizado. Já não vai lá...

180 mil votos?! 180 mil?! São cento e cinquenta mil a mais...

Segundo se anuncia nas tv´s ( 23:50, CMTV) o candidato Edgar e o PCP previram qualquer coisa como 750 mil euros para pagar aqueles "ideais de Abril" em modo de propaganda. Caro, para os resultados obtidos. Vão ter de os pagar por inteiro porque o Estado não paga nada, perante os resu…

Cunhas, nepotismo, tráfico de influência, corrupção, etc

Leia-se este artigo de Manuel Carvalho, do Público de hoje. Está bem escrito mas apenas se mencionam nomes associados ao fotografado. Não leio no artigo nomes como Jorge Coelho  ou José Sócrates, ou os advogados dos escritórios agora na moda e à espera do porvir. O autor lá saberá melhor as razões da omissão.

O assunto do escrito é essencialmente o nepotismo, a prática daqueles que têm poder no Estado para favorecer pessoalmente amigos e familiares.  Manuel Carvalho conclui que existe uma prática generalizada desse vício enraizado nas profundezas do nosso Estado, mas antecipa previamente que não somos um país de corrupção endémica como outros que não enumera, de resto, a não ser ficarem no Sul da Europa ( será a Itália? A Espanha?).
Manuel Carvalho até vai mais longe: Portugal  "é um país no qual a esmagadora maioria dos nossos representantes é proba e decente", atesta com a fidedignidade de quem conhece todos os meandros do Estado que temos. Sei lá, aqueles que foram ao fu…

Marcelo Rebelo de Sousa em fotomaton

Um dos melhor retratos de Marcelo Rebelo de Sousa. MEC no Público de hoje.



Mas há outro, ainda mais interessante e que foi publicado em 19 de Agosto de 1976, na revista Opção, dirigida por Artur Portela Filho.




Tudo isto para dizer que Marcelo Rebelo de Sousa não é para se levar a sério. A sério.

O carrossel mágico dos últimos 40 anos

No outro dia morreu Nuno Teotónio Pereira e os jornais fizeram um obituário. NTP era arquitecto de profissão, tal como muitos outros. Foi prémio Valmor antes de 1974 e isso já o distingue de uma grande maioria. Os prédios mais assinaláveis da sua autoria podem ver-se na rua Braancamp, (em frente ao prédio que tem o apartamento que foi de José Sócrates) conhecido por "franjinhas" em referência a uma figura de animação da tv infantil, do "carrossel mágico".

O jornal Sol, dirigido por um arquitecto,  fez este obituário:



Contudo, a importância que agora se confere a NTP será por outros motivos que não esses estritamente ligados à arte arquitectónica.
Logo após o 25 de Abril de 1974, essa e outras figuras, como Pereira de Moura, começaram a aparecer nas revistas de então, como figuras públicas cuja notoriedade derivava apenas de uma fenómeno: o de terem sido resistentes ao "fascismo".

Logo em 28 de Junho de 1974 apareceu uma entrevista de fundo como tal figur…

O PCP é um alfobre de mentiras

Do PCP, a verdade a que temos direito é quase sempre a Mentira. Em 6 de Junho de 1975, a revista italiana L´Europeo publicou uma entrevista com Álvaro Cunhal, realizada pela grande jornalista Oriana Fallaci, a qual conseguiu que Álvaro Cunhal, inebriado pelos sucessos do PREC vaticinasse que " Em Portugal jamais haverá oportunidade de haver uma democracia como a que vocês têm na Europa Ocidental". Tal já foi tratado por aqui.

 Quando a jornalista italiana morreu, em 2006, o Expresso lembrou o episódio, assim:

Oriana Fallaci entrevistou Álvaro Cunhal em 1975: os ecos do trabalho publicado pelo "Europeo", a 6 de Junho, obrigaram a Secção de Informação e Propaganda do PCP a emitir um categórico desmentido. De acordo com o "Europeo", Cunhal afirmou não haver possibilidade de Portugal ter uma democracia ou um parlamento ao estilo ocidental. A nota divulgada pelo PCP no mesmo dia referia ter havido uma "grosseira deturpação das palavras de Cunhal"…

A Ordem dos Advogados encerrou para balanço?

Reconstitua-se a história:


Em Dezembro, José Sócrates, na televisão e numa entrevista em modo de monólogo, vilipendiou quanto quis, sem oposição, o MºPº e o sistema judiciário. No dia seguinte ninguém saiu em defesa da instituição. Tudo mudo e calado. Tudo? Não. O presidente do Sindicato dos magistrados do MºPº falou e disse e o que disse suscitou logo a reacção hipócrita e habitualmente destemperada da defesa daquele arguido.
Para rematar as aleivosias e colocar uma cereja podre no topo deste bolo fora de prazo, a mesma defesa denunciou ao CSMP o teor das declarações daquele, por ter sido dito algo que não poderia sê-lo e só por lapso de linguagem o foi: que o arguido cometeu crimes. Atento o princípio da presunção de inocência, se tivesse referido o fatal "alegados" já nem haveria pretexto, mas enfim.
Esses delírios foram contados aqui.

Não obstante tal natureza eivada de oportunismo bacoco e má-fé evidente nessa participação, o mesmo CSMP acolheu tal denúncia e na semana…

Figuras emblemáticas de um regime no cortejo fúnebre

As cerimónias fúnebres de Almeida Santos proporcionaram um retrato estereoscópico e bastante abrangente das figuras do regime que temos há quarenta anos, aproximadamente.

As revistas "sociais" que todas as semanas fazem o relato dos eventos desse regime foram lá e tiraram fotos.
Agora, misturadas com as dos artistas dos espectáculos populares que entretêm o povoléu que avidamente lê em estabelecimentos de cabeleireiros e salas de espera de profissionais liberais, relataram o assunto, deste modo:

Lux:






Nova Gente


Caras,  tiradas da Net:
















Pegue-se em cada uma destas imagens e destas pessoas e analise-se o que fizeram por Portugal nos últimos 40 anos. Interessa pouco o que fizeram pela "democracia" porque o que tínhamos antes de 25 de Abril de 1974, com a evolução que levava conduziria fatalmente à democracia de tipo burguês que temos. Portanto, esse mérito é escusado como emblema de distinção.

Analise-se melhor o que cada uma destas figuras do regime fizeram em concre…

O esquema PS é sempre o mesmo...mas os crédulos caem sempre na esparrela

Observador:

O ministro das Finanças, Mário Centeno, explicou entretanto que a subida do imposto sobre combustíveis serve para recuperar o nível da fiscalidade registado em Julho do ano passado, o que implica um acréscimo de quatro a cinco cêntimos nos imposto sobre a gasolina e o gasóleo. O impacto no preço final será superior, por causa do IVA, mas dependerá também do comportamento do custo dos produtos refinados sobre o qual incidem os impostos.

 Em 1977, à beira da primeira bancarrota, como é que Mário Soares (e Medina Carreira sabe muitíssimo bem que assim foi) resolviam o mesmíssimo problema da falta de dinheiro? 

Assim, em Agosto de 1977: ao socialismo que há, herdeiro de Mário Soares, tido como um dos grandes génios deste país, o que importa verdadeirament é ter o poder executivo de nomear pessoas. Isso é o mais importante. O resto logo se verá....e é assim há 40 anos. Estranho é que a maioria de quem vota ainda não tenha dado por isso.
Uma das medidas emblemáticas para fugir a…

O PCP e a verdade da Mentira permanente

No número de Janeiro/Fevereiro da revista do PCP, O Militante aparece este artigo de três páginas de Vítor Dias.


A ideia é simples de expor: o PCP e os comunistas em geral aceitam que alguém os critique e seja anti-comunista primário, como gostam de classificar quem os desmascara nas suas contradições mais básicas, sobre a ideia de liberdade e democracia.

O que não aceitam é que "estruturem essa sua oposição  e esse seu combate, na mentira. na falsificação, na descontextualização histórica"...

Portanto, para tal vamos aqui recuperar um antigo postal sobre um "histórico" do PCP para aquilatar a veracidade e boa-fé daquela proclamação de tolerância democrática arvorada agora pelo referido Vítor Dias e o PCP em geral, incluindo os que apodam de boçais os que lhes mostram estas verdades singelas.

O postal é de 23 de Junho de 2014 mas neste blog, apodado por um destes democratas de pacotilha cripto-soviética de "boçal" e que desafiado a discutir fugiu com o ra…