Páginas

sábado, 5 de novembro de 2016

A alheira e a forma de ocultar a verdade

RR:

"Bastonária [ da Ordem dos Advogados, Elina Fraga] culpa Ministério Público por fugas de informação.
O Ministério Público é o grande responsável pelas fugas de informação da investigação criminal, acusa a bastonária da Ordem dos Advogados no programa Em Nome da Lei da Renascença.

Elina Fraga reforça uma acusação que já fizera na Renascença e que lhe valeu o levantamento de um inquérito, pela procuradora-geral da República, entretanto arquivado.

“O que tem acontecido na comunicação social é o acompanhamento de buscas e detenções em directo. Essa informação, naturalmente, tem que partir da investigação criminal”, atira a bastonária dos advogados.

“Basta ver uma determinada publicação, que eu não vou aqui referenciar, para todos os dias estar aí transcrito o que a investigação criminal está a fazer”, sublinha."


A bastonária Elina, tal como o anterior bastonário Marinho, recalcitra na acusação gratuita ao MºPº: é o culpado das "fugas de informação" nos processos mediáticos.

A bastonária Elina não sabe mais do que presumir culpas, lançar suspeitas a esmo e aventar palpites firmes,  mas como prova das acusações apresenta apenas uma: como os media acompanham buscas e detenções só podem ser informados pela "investigação criminal", ou seja, no caso pelo MºPº.

Assim, para a bastonária Elina a tal investigação criminal é do MºPº e apenas do MºPº. A bastonária Elina deve perceber tanto de processo penal como os antigos fabricantes de alheiras percebiam de carne de porco: o suficiente para esconder na tripa de fora o que lhe vai na de dentro. 

A bastonária Elina devia saber como se emite um mandado de busca, se entrega um mandado de busca, mormente a advogados e ainda como se executa um mandado de busca, antes de alheirar seja o que for como argumento acusatório.

Como não o faz, não passa de  dispensadora de aleivosias, difamadora avulsa em processos de intenção rematados e incompetente arrogante  que nem devia estar no lugar que está.

Mas enfim, talvez alguém do Bloco lhe dê o alento que precisa...

9 comentários:

José Domingos disse...

É uma questão, que interessa que não seja esquecida, o mesmo discurso que o xuxialista europeu e pinto, tinha.
Dizem o que lhe mandam dizer, é para isso que servem os almoços com os "irmãos".
O avental é por causa das nódoas...

Floribundus disse...

acertou em cheio na alheira que se colocava no fumeiro para fingir que era porco

como dizia Bordalo a porca tem muitas tetas

mama que consrgue chegar à porca

a pocilga tem dono

a faca e o alguidar estão sempre disponíveis

a comunicação xuxial ajuda a montar a ditadura do proletariado

Floribundus disse...

os diferentes grupos que actuam na sombra têm terminologia própria que escapa aos profanos (os que estão em frente do templo)
e utilizam a sua liturgia

convém estudar o palavreado dos textos ou discursos

marinho e descendente mostram o mesmo tipo de palavreado

fico-me pelo 'sui generis' ...

José Luís disse...

" talvez alguém do bloco lhe dê o alento de que precisa" eheheh. Um copo de água ajuda?

josé disse...

Huummm...parece que é um pouco mais que isso: água pela barba. Ahahahah!

José Luís disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Luís disse...

"Água pela barba", excelente, excelente. :)Também poderá ser morta por um copo de água?

josé disse...

Pode e com contracções...ahahaha.

Floribundus disse...

ditado do alentejo que Deus haja

«nem ladrão só,
nem puta só»

milagres xuxialistas:
*o silva teve 4 maiorias absolutas só com o se voto
*o trump vai ter apenas o seu voto
*o monhé é o novo führer