Páginas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A Direita que nunca existiu e a Esquerda sempre presente

Este livro acabado de sair...

...com este "prefácio" e introdução:


...é a continuação destoutro livro, da autoria de Eduarda Dionísio, publicado em 1993 e dedicado também à "cultura".


Com este "prefácio" e introdução...





O primeiro relata a Direita que a Esquerda gosta; o segundo, a Esquerda que a Direita prefere.




5 comentários:

Josephvs disse...

http://images-cdn.impresa.pt/sicnot/2016-09-28-vitorino-santana.JPG?v=w620h395

Feliz Dia 1 d'Dezembro

zazie disse...

":OP

Floribundus disse...

a moralidade da esquerda com a invenção da ditadura do politicamente correcto

cai da sobranceria por ser ridícula

torna-se risível por desconforto
da 'viagem ao EGO'

olho para a esquerda e alguma direita e verifico que elas próprias se redicularizam quando se consideram superiores
em vez de diferentes

são os proprietários da verdade
procuram intimidar
e caem no ridículo

Floribundus disse...

em França a morte política de hollande
deixou a esquerda órfã

por cá temos um monhé elegante e culto

Rick disse...

E os austriacos(não conhecem o nosso regime político certamente) é que desconfiam ser uma República das bananas http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=852963