Páginas

quarta-feira, 17 de maio de 2017

O sensacionalismo é uma praga e o Correio da Manhã o seu arauto: Censura, precisa-se.

Sapo24:

A informação foi divulgada na página oficial da ERC, que acrescenta a intenção de, “oportunamente”, tornar pública a decisão que venha a adoptar sobre este caso”.
Contactado pela Lusa, Otávio Ribeiro, director do CM, afirmou que o jornal divulgou “um facto relevante e polémico, protegendo a identidade” dos envolvidos e assinalou que “sem notícias, não há reflexão”.
“Limitamo-nos a fazer o nosso trabalho. Trata-se de um facto relevante e polémico. Protegemos a identidade dos agentes, mas fazemos notícia. Sem notícias, não há reflexão”, disse o director daquele diário.

Não vi o video nem faço tenção em ver.  Vejo a CMTV de vez em quanto e por isso lá terei que ver, se calhar.

Mas o essencial é outra coisa: a CMTV e no caso Octávio Ribeiro não recuam perante nada, aparentemente, no sentido do sensacionalismo noticieiro sobre estes assuntos que concitam a atenção de voyeurs.

Quem faz disso gala, querendo fazer passar isso por outra coisa, mormente informação, merece apenas uma coisa que dantes era consensual: Censura. Não tenhamos medo do nome, porque todos os media censuram. Até o Correio da Manhã censura e por isso que não venham com hipocrisias.

Basta o que basta.

1 comentário:

zazie disse...

Censura porque é atentado ao pudor. Esta merda é que devia ser criminalizada em vez do piropo.