Páginas

sábado, 6 de maio de 2017

Para a Moody´s até Setembro, pelo menos, continuamos a ser "lixo". Estamos abaixo-de-cão.

Observador:

A agência de notação financeira Moody's manteve a avaliação financeira de Portugal no registo de "lixo", o que quer dizer que comprar a nossa dívida não é um investimento mas sim "ativo especulativo".

Apesar dos foguetes a comemorar os resultados da Economia, lá no estrangeiro não se deixam enganar pelos festejos...

8 comentários:

Floribundus disse...

a geringonça é um monte de lixo

Arnatron disse...

Mas o lixo conspurca ...
E cria infecções ...
Estamos a ser infectados ...
Até quando ???
Até o dinheiro acabar ...
Até lá a festa continua ...
Quando acabar vem a dolorosa ...
A pagar sempre pelos mesmos ...
Os que menos tem e não alinham pelos cânones fascistas e ditatoriais do Costa e respectiva manta de retalhos ...

Bic Laranja disse...

«Lixo» por «junk» é mais uma dessas traduções de sucata.

josé disse...

A semiótica nacional perdeu bastante desde que se abandonou o estudo do latim e do grego nas escolas secundárias...

josé disse...

Junk pode ser "lixo" mas no caso será melhor sucata? Não me parece.

Junk é qualquer coisa sem valor apreciável.

Que palavra poderíamos usar para tal em relação à nossa cotação nos mercados internacionais?

Abaixo-de-cão, parece-me melhor.

A nossa situação económico-financeira continua "abaixo-de-cão".

Toda a gente perceberia melhor, se fosse assim designada nos media.

Bic Laranja disse...

O cão é referencia muito valorizada. Merda é mesmo o termo.

Floribundus disse...

quando escrevi lixo estava a ser delicadopara com a MERDA

no meu tempo do Liceu de Portalegre dizia-se apenas 'seu monte'
do castelhano
'monton de mierda'

zazie disse...

"Abaixo-de-cão" dava direito a denúncia e processo por discriminação senciente.

":OP