Páginas

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Mais uma derrota da dupla Delille&Araújo

Observador:

Operação Marquês. Relação rejeita afastamento de juiz Carlos Alexandre.

E já não podem contar com o Rangel. Baixa de peso...

Entretanto, na RTP3, a dona Lourença convidou outra vez o advogado Magalhães e Silva, membro do Conselho Superior do Ministério Público para falar de processos pendentes, sob o pretexto das preleções sobre segredo de justiça e respectiva violação. O dito não se fez rogado e lá esportulou a ideia viúva, de sempre, a favor de corruptos.

4 comentários:

jkt disse...

Quanto é que recebem/vão receber?
De onde?

josé disse...

É segredo de justiça que não violam...ahahah.

Floribundus disse...

são muito fotogénicos

Hollywood devia aproveitar a dupla para filmes de inação

AAA disse...

Entretanto na Renascença o juíz Reis diz que é impossível um desembargador construir uma decisão a seu belo prazer. Claro que se não for ele a defender a instituição onde trabalha, quem o fará? Mas depois como explica ele, por exemplo, aquela decisão do Rangel feita à medida num dos recursos do Sócrates?