domingo, 28 de outubro de 2018

João d´África de Frank Bellamy

No outro dia mostrei aqui uma imagem de página da revista TV de 5 de Setembro de 1963 e que me surpreendeu pela qualidade gráfica dos desenhos.
A história de João d´África era-me totalmente desconhecida e de tal modo que até pensei que seria de autor português, inspirado pelas aventuras ultramarinas. Mas não era.


Graças à internet não foi difícil descobrir de onde vinha o desenho que afinal até trazia assinatura no terceiro quadradinho: Frank Bellamy, um desconhecido para mim, mas não para os ingleses que liam a revista Eagle que se publicava nos anos sessenta, com artigos de diversa índole, para uma juventude interessada em carros, barcos ou aviões,, música popular ou curiosidades diversas. Nessa altura era frequente a primeira página trazer desenhos de outras historietas, como Dan Dare, também assinada por Frank Bellamy.

Foi certamente dessa revista que sairam os desenhos da historieta João d´África que na versão original se chama Fraser of Africa e cuja acção decorre num país subsariano, por paixão do autor potr essa região.
A historieta original, começada a publicar-se no verão de 1960, continha alguns dos temas da narrativa colonial, como a exploração de riquezas naturais  por aventureiros mal intencionados e a resistência autóctone, neste caso os masai, aliados dos "bons" que combatem aqueles. A temática era conhecida já do tempo de Tarzan.

Em 1990 a editora Hawk Books republicou tal série em álbum, incluindo os três capítulos da série, começando pelo primeiro, precisamente  Missão na Selva, ou Lost Safari no original, antecedendo-a de uma nota explicativa sobre a obra do autor.








Sendo esse o número 19 da revista TV, semanal, a publicação da historieta prolongou-se para além do número 40, pois a versão original, completa, com os capítulos The Ivory Poachers e The  Slavers tem cerca de 53 páginas. 
A primeira imagem do primeiro capítulo e a página desse album ( prancha 18) , correspondente à publicada na TV de 5 de Setembro de 1963. A cor, em sépia, não acrescenta muito ao desenho original a preto e branco.


A primeira página em reprodução facsilimada da revista Eagle, tal como apresentada no livro de compilação Eagle Annual-The best of the 1960´s comic ( Orion Books, 2009) :



Primeira imagem do capítulo seguinte,  The Ivory Poachers, prancha 26:


E do último capítulo, The Slavers, prancha 42:



Sem comentários: