segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Steve Bannon, o mal dito

O americano Steve Bannon deu uma entrevista à revista francesa L´Express desta semana. Provavelmente nunca será citado por cá, uma vez que o seu famigerado "populismo" não coincide com o populismo que por cá pulula, todo de esquerda e de causas várias.

Ainda assim vale a pena ler o que quer Steve Bannon para a França e não só: evitar que a Europa desapareça tal como era e seja engolida pela China ou pelos populismos de esquerda.

Bannon aprecia o trabalho e ideias de Bolsonaro, Victor Orban e Marine Le Pen, Matteo Salvini. O que defende Bannon, essencialmente? A civilização ocidental, voilà! Contra aqueles que a querem perder de várias formas. Uma delas, deixando-se invadir por hordas de bárbaros e filisteus, sem regras e apenas para isso: ocupar espaço e lançar ideias de destruição.

Vale a pena pensar nas razões e motivações e procurar saber se em Portugal teria lugar este pensamento. No estado actual, definitivamente não. Os raps que por aí pululam não deixam. Mas como se costuma dizer, o que tem de ser tem muita força...


Sem comentários:

A lua de há 50 anos