domingo, 31 de março de 2019

Três artistas nacionais

CM de hoje:



O primeiro da esquerda, quando foi executado por dívidas ao bcp ( aqui são dívidas ao BES...) parece que só tinha de seu...uma mota de água. Parece que anda pelo Brasil a gozar a insolvência.

O segundo também se aventurou pelo Brasil. E de que maneira: 
As autoridades brasileiras não têm dúvidas de que o milionário português Bernardo Moniz da Maia e o sócio Hugo Murcho são responsáveis pelos crimes de peculato, corrupção, fraude e associação criminosa pelo envolvimento num gigantesco esquema que lesou o Estado brasileiro em 14 milhões de reais, mais de três milhões de euros.  

O terceiro, ora o terceiro: faque iú!

Qual deles vai responder na justiça penal, nacional? Huummm...se calhar nenhum. São artistas da ilusão.

Sem comentários:

O verdadeiro super-juiz