domingo, 17 de novembro de 2019

Finito, Fernando Esteves

Está aqui quase tudo o que não devia ser o caso do Polígrafo, mas parece ser: uma aldrabice politizada e lamentável em prol de uma determinada força política e da sua organização social mais notória, a Maçonaria...


Já tinha desconfiado mas o autor do Polígrafo pareceu-me pessoa de bem. E será. O Bem é que não é exactamente o que deveria ser...

Sem comentários: