segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

O jornalismo sério do Governo

Observador:

O Governo anunciou esta segunda-feira o lançamento, no início de 2020, de uma campanha de sensibilização que visa a convivência democrática entre uma “comunicação social livre e uma população formada e capaz de exigir e procurar informação séria”.

Intervindo esta segunda-feira, em Coimbra, na sessão de encerramento da conferência “A palavra da imprensa portuguesa”, promovida pela Associação Portuguesa de Imprensa, o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, sublinhou a existência de um “complemento importante entre políticas de incentivo à leitura e a consciencialização de todos para distinguirem o que é jornalismo profissional, com qualidades de investigação, de análise e de crítica, rigor e isenção”, ao mesmo tempo que se sensibiliza “para aquilo que não é informação, mas opinião em rede amplificada, ou seja, corrente de opinião desinformada”.

É simples de entender este projecto.  




Jornalismo pouco sério, populista e desprezível, é este:


Agora adivinhe-se quem é que o Governo vai apoiar financeiramente, para evitar falências...

Sem comentários: