segunda-feira, junho 27, 2022

PRP/BR: finalmente a história nua e crua de roubos e homicídios

 Manuel Castelo-Branco é o autor de um artigo extenso no Observador acerca do grupelho de extrema-esquerda PRP/BR que nos anos setenta do século que passou espalhou morte, destruição e roubou milhões ao erário público, em nome de uma utópica revolução socialista. 

Os seus responsáveis mais directos foram um tal Carlos Antunes, já falecido e uma certa Isabel do Carmo, por aqui já mencionada várias vezes e que ainda anda por aí, até nas televisões a contar a versão dela que tem muito que se lhe diga e este artigo diz. Muito e arrasador. 


O artigo tem esta conclusão:





O autor compilou um quadro que resume as acções deste grupelho de extrema-esquerda e que em poucos anos, no final dos setenta, amealhou uma maquia superior a sete milhões de euros, em roubos. O destino desse dinheiro não é claro, como o autor refere, mas a tal Isabel do Carmo sabe muito bem o que lhe fizeram.














Sem comentários:

Achegas à direita.