sexta-feira, novembro 26, 2021

A feira das vaidades da CNN-Portugal

Já passaram alguns dias após o "evento" de inauguração das transmissões televisivas da CNN-Portugal, uma nova estação de tv ancorada na TVI e na CNN americana. Já vi algumas emissões e não desgostei. Parece a SIC quando começou com a diferença de as caras que aparecem serem usadas e de outra época. Tal como a CNN original começou com talking heads conhecidos e experimentados, o patrão Mário Ferreira apostou nas velhas glórias de uma tv já envelhecida. Gostos não se discutem, apenas verbas. 

Procurei durante a semana  notícias e ilustrações da festa realizada e para já vi duas menções mediáticas. A Cofina e os seus órgãos de comunicação fizeram silêncio total sobre o evento, censurando objectivamente o assunto. Os demais acompanharam a tendência e ocultaram mediaticamente o que os colegas estão a fazer. Triste. 

O Tal&Qual desta semana traz uma crónica de Carlos Cruz, sem dúvida um dos indivíduos com mais passado televisivo e mediático, no presente: 


A revista Lux, muito divulgada em barbeiros e cabeleireiros, da empresa Masemba (?) , com accionistas identificados com nomes tão sugestivos como Erigo VII ( fundo de capital de risco...) ou Tito Z. de Mendonça e com menção à Visapress, publicou estas páginas de antologia do evento de vaidades singulares. A maior delas? A que ostenta vestido com botões, de veraneio cerimonial ( estava um tempo caloroso) e botox a condizer. 

A artista de variedades avulsas, uma tal Rita Pereira que desdenhou e se escondeu para não aparecer nas imagens junto de André Ventura, com quem não se queria "misturar", ajunta-se aqui na imagem ao prestigiado almirante ainda em vice, muito mais misturável e sem a farda de função, mas com um fatinho de três botões. O presidente da República portuguesa apadrinhou isto. Enfim.












Sem comentários:

Caetano Veloso, 80 anos.