terça-feira, 20 de agosto de 2019

Desta vez é "crime violento"...

O CM já não sabe como há-de titular os casos de crimes de violência doméstica. Ontem era  de um "crime passional" de que se tratava, com o homicídio seguido de suicídio num casal.

Hoje é um caso de "crime violento",  também entre um casal.


Em que ficamos? Os homicídios/feminicídios entre casais são "crimes violentos", "crimes passionais" ou simples violência doméstica?

Enfim, o politicamente acorrentado é assim: vai onde vai a maré, à mercê do vento.

Sem comentários: