Páginas

quinta-feira, 21 de julho de 2016

O Nacionalismo queque

No final dos anos oitenta do século passado, apareceu O Independente, jornal semanário dirigido por Paulo Portas e Miguel Esteves Cardoso. Aparentemente não eram de esquerda, como o actual PR também não parecia ser...

Em 19 de Agosto de 1988, o jornal publicou quatro páginas sobre produtos de origem estrangeiras que tínhamos por cá, à venda, ainda antes de entrarmos de chancas na CEE. A palermice da escrita ia ao ponto de se declarar " a CEE vem aí e nós cobrar-lhe-emos a factura das Descobertas"...

O estendal de produtos de consumo que importávamos então acompanhava o fenómeno da crescente globalização e contrastava com o proteccionismo mitigado que é apanágio de um nacionalismo então de algum modo proclamado pelos próceres do jornal.


Ainda sobre essa ideia nacionalista em contraposição ao cosmopolitismo globalizador estes dois artigos de Miguel Esteves Cardoso mostram o estado da arte de então...

Independente 3.3.1989 em que MEC enuncia uma ideia particular sobre o Nacionalismo:

Independente de 3.7.1989, contra a Europa e a globalização, em nome de  uma ideia qualquer, mal digerida, em que se equaciona o Nacionalismo com a entrada na CEE. Ideia aliás muito actual...


5 comentários:

zazie disse...

AHAHAHAH
Já não me lembrava dessa.
A Catarina Portas da lojinha portuguesa, concerteza e o Rolinho Duarte embasbacados com o caviar

":O)))))))))))

Floribundus disse...

os escritos de mec, judeu ao que consta,

evidenciam profunda melancolia ou 'dor da existência'

como optimista-realista não me revejo neste e noutros nacionalismos ou internacionalismos

estes surgem normalmente quando os dirigentes do centro para a esquerda ou a direita não conseguem desenvolver o seu país

andam por aí vários 'bandos' à rédea solta

o rectêngulo que se 'lixe'

Maria disse...

"os escritos de mec, judeu ao que consta,

evidenciam profunda melancolia ou 'dor da existência'" (Floribundus)

Floribundus, quanto à personalidade doentia de MEC faço minhas as suas palavras.

Floribundus disse...

descobrimentos
num governo be-pcp com a poia paralamentar do ps

'nau catarineta'

'em nome dos rosas'

Floribundus disse...

ps, um partido brilhantemente misógino

detestam
Leonor Beleza
'bruxa velha'
Maria Luís

necessidade de esconder o apetite bancário
bpn
bes
banif
cgd