Páginas

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Os Heróis da guerra do Ultramar

Os heróis do Ultramar foram estes que aqui passam no video capturado no YouTube, colocado por Joaquim Coelho ( que tudo indica ter sido combatente no Ultramar). Não foram os Alegres que desertaram e outros que fugiram para França, a cantar e assobiar e regressaram depois com a cantiga como arma.
Os heróis verdadeiros, antigos combatentes e não estes, antigos desertores, na altura das festas natalícias enviavam mensagens filmadas que passavam depois na RTP durante horas, manifestando o desejo de boas festas aos familiares e amigos. Falavam depressa, alguns engasgavam-se na mensagem decorada, quase sempre muito simples e de alguns segundos. Trocavam o próspero pelo feliz mas notava-se que falavam sempre no "adeus, ate ao meu regresso". 

Aproveito para também desejar boas férias e..."adeus até ao meu regresso".  Daqui a uns dias, se Deus quiser.


26 comentários:

zazie disse...

Boas férias, José e obrigada por todas estas maravilhosas prendinhas.

José** disse...

Subscrevo. Obrigado.

Álvaro Queirós disse...

:)

JC disse...

Boas férias ao José e a todos são os meus desejos.

Aproveito para deixar consignado que pedi, na FNAC de Coimbra, o livro de Marcelo Caetano, Minhas Memórias de Salazar, que estava (está) anunciado no respectivo site por € 44,91 - http://www.fnac.pt/As-Minhas-Memorias-de-Salazar-Marcello-Caetano/a173469?PID=5&Mn=-1&Ra=-1&To=0&Nu=2&Fr=0 - mas, surpreendentemente, recebi uma SMS dois dias depois a comunicarem-me que, lamentavelmente, não era "possível efectuar o seu pedido".

mujahedin مجاهدين disse...

JC,

sorte a sua, que assim se poupa ao esbulho...

Procure-o online usado, arranja-o por metade do preço. Provavelmente em 'tropical', mas pronto..

mujahedin مجاهدين disse...

José,

aproveite as férias!

Faço minhas as palavras da Zazie. A ver se no regresso traz mais uma data de prendinhas...

Viriato de Viseu disse...

Subscrevo também o post.

Andei lá...se tivesse desertado talvez hoje estivesse a comer à mesa do orçamento...
Mas a deserção não é a minha praia.

Vivendi disse...

Boas férias José.

Unknown disse...

Boas Férias, muito merecidas!

(Entretanto em Moçambique fala-se abertamente da fragmentação do país e a Frelimo dedica-se ao saneamento de tudo o que é jornalista não alinhado... Grandes democratas, imagine-se se não fossem)

Miguel D

Paulo Trindade disse...

Boas férias e carregue bem as baterias, que nesta 2ª metade do ano bem vai ser preciso :)

Mauro Germano disse...

"Trabalhar alcoolizado até pode melhorar produtividade, dizem juízes"

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/trabalhar-alcoolizado-ate-pode-melhorar-produtividade-dizem-juizes-1601883

aragonez disse...

Só as tenho em Novembro.
Vai fazer-me falta esta lufada quotidiana de denuncia.
Boas férias!

Manuel disse...

Boas férias José.

Vou notar a ausência porque vir aqui várias vezes por dia já é um vício.

Mentat disse...

Muito boas férias e rápido e próspero regresso.
Já estou a sentir sintomas de privação.
SFF não se demore.
:)

António Barreto disse...

São sim, caro José; são estes os autênticos heróis...que tantos desdenham.

Boas férias

Carrasco de Cima disse...

Igualmente BOAS FÉRIAS.

Carrasco de Cima disse...

Igualmente BOAS FÉRIAS

Maria disse...

Boas férias e bom regresso, para continuar a presentear-nos com mais artigos que nos dão o retrato fiel da hecatombe que se abateu sobre Portugal vai para quatro décadas. E para quem a ela não assistiu ao vivo, possa aquilatar, através desses mesmos artigos, da tremenda tragédia perpetrada por meia dúzia de traidores da pior espécie a soldo do mundialismo.

lusitânea disse...

Boas férias.
Quanto ao desastre dos internacionalistas ele ainda não acabou.Andam agora na fase da nosso própria colonização.E que vai ser pior do que a antecedente.
Para estes traidores os ossos dos heróis ficaram abandonados naquilo que chamaram "campo da honra"
Mas são únicos no mundo a pensar assim...numa espécie de "orgulhosamente sós" só que como é óbvio é do lado traiçoeiro do zé povinho

A Mim Me Parece disse...

Caro José
Também por lá andei durante 27 meses, onde ela foi mais séria, na Guiné. Mas guerra, guerra, mesmo guerra só a vivi durante sete meses: o bastante para trazer dela uma Cruz de Guerra e uma Serviços Distintos com Palma. Para mim. Em troca deixei lá dois soldados do meu pelotão (independente).
Tenha umas óptimas férias.

naoseiquenome usar disse...

(eu era filha de... passei fominha, fiquei sem escola, vim de Nordatlas...)

A Mim Me Parece disse...

P.S. Fui ao YouTube ver os filmes. Achei muito infeliz a publicação das fotos dos mortos, de qualquer cor. "Infeliz" é a forma mais leve que encontro para essa publicação.
Boas férias.

Pagamico disse...

A gravação das mensagens de Natal comemeçava em Agosto e o "mensageiro" tinha de pagar Esc. 10$00 (Angola-1967)
Boas férias

A Mim Me Parece disse...

O mensageiro (aquele que "transporta" a mensagem, no caso a RTP) tinha de pagar 10$00 a quem? Ao sargento vagomestre? Bom, passados 46 anos parecem-me normais as falhas na memória...

pvnam disse...

-> Parece que a ministra para a Integração do governo italiano, Cécile Kyenge, defende a legalização da poligamia: ver «aqui».
.
-> Já disse isto montes de vezes... e... OTÁRIOS MILITANTES insistem em não querer ver:
i) tal como acontece com muitos outros animais mamíferos, duma maneira geral, as fêmeas humanas são 'particularmente sensíveis' para com os machos mais fortes...
ii) nas Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas apenas os machos mais fortes é que possuem filhos;
iii) no entanto, para conseguirem sobreviver, muitas sociedades tiveram necessidade de mobilizar/motivar os machos mais fracos no sentido de eles se interessarem/lutarem pela preservação da sua Identidade... de facto, analisando o Tabú-Sexo (nas Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas) chegamos à conclusão de que o verdadeiro objectivo do Tabú-Sexo era proceder à integração social dos machos sexualmente mais fracos; ver http://tabusexo.blogspot.com/.
.
.
.
P.S.1.
É errado estar a dizer (como já alguém disse) «a Europa PRECISA DE CRIANÇAS, NÃO DE HOMOSSEXUAIS!»... isto é, ou seja... a Europa precisa de pessoas (homossexuais e heterossexuais) com disponibilidade para criar crianças!!!
.

É UMA MUDANÇA ESTRUTURAL HISTÓRICA DA SOCIEDADE: os homens poderão ter filhos... sem repressão dos Direitos das mulheres... e independentemente de agradarem ou não às mulheres!... Leia-se: O ACESSO A 'BARRIGAS DE ALUGUER'...
.
Nota: Quando se fala em Direitos das crianças... há que ver o seguinte: muitas crianças (de boa saúde) hão-de querer ter a oportunidade de vir a ser pais... oportunidade essa que lhes é negada pela 'via normal'.
.
.
P.S.2.
Com o declínio do Tabú-Sexo (como seria de esperar) a percentagem de machos sem filhos aumentou imenso nas sociedades tradicionalmente monogâmicas.
Em contraposição, os machos de maior sucesso passaram a ter filhos de sucessivos casamentos...
.
Mais, por um lado, muitas mulheres vão à procura de machos de maior competência sexual, nomeadamente, machos oriundos de sociedades tradicionalmente Poligâmicas [nestas sociedades apenas os machos mais fortes é que possuem filhos, logo, seleccionam e apuram a qualidade dos machos]... por outro lado, muitos machos das sociedades tradicionalmente Monogâmicas vão à procura de fêmeas Economicamente Fragilizadas [mais dóceis] oriundas de outras sociedades...
.
.
P.S.3.
---> Sem 'corte' com os 'globalization-lovers' não há SOBREVIVÊNCIA!!!
{leia-se, os 'globalization-lovers' que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa}
---> Concluindo: antes que seja tarde demais [nota: os 'parvinhos-à-Sérvia' - vide Kosovo - que fiquem na sua], há que mobilizar aqueles nativos europeus que possuem disponibilidade emocional para abraçar um projecto de Luta pela Sobrevivência... e... SEPARATISMO-50-50!
.
Nota 1: Manifestações não-violentas (à Gandhi) por toda a Europa: «Pelo DIREITO À INDEPENDÊNCIA/SOBREVIVÊNCIA contra o NAZISMO-DEMOCRÁTICO».
{obs 1: existem mais de 1200 milhões de chineses, etc, etc, etc… e… existem Nazis-Democráticos!... os Nazis-Democráticos insistem em acossar/perseguir qualquer meia-dezena de milhões de autóctones que defenda a sobrevivência da sua Nação/Pátria… leia-se: os Nazis-Democráticos pretendem determinar/negar democraticamente o DIREITO À SOBREVIVÊNCIA de outros…}
{obs 2: nazismo não é o ser 'alto e louro'... mas sim a busca de pretextos (adoram evocar/inventar pretextos) com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!}

.
Nota 2: Se os autóctones europeus não estiverem dotados duma Coligação Defensiva (do tipo NATO)… os nazis made-in-USA aplicarão aos autóctones europeus o mesmo 'tratamento' que foi aplicado aos autóctones norte-americanos.

Miguel Dias disse...

José, Votos de boas férias.

Caro JC, sobre o livro de Marcello Caetano "Minhas Memórias de Salazar" o ideal é consultar um alfarrabista, concerteza poderá encontrar a referida obra, e alguns enviam por correio. Eu, por proximidade geográfica, consulto os alfarrabistas do Porto e sei que há uns meses atrás a obra estava disponível neste local
http://paraisodolivro.blogspot.pt/2011/07/caetano-marcello-minhas-memorias-de.html