quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Teme-se o pior...


O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje que na quinta-feira se realizará uma reunião conjunta entre três ministros, procuradora-geral da República e forças de segurança “para aperfeiçoar a resposta a dar” ao problema da violência doméstica.

O que irá suceder? Os mesmíssimos que até agora procuram uma solução para o caso, ou seja, a diminuição dos casos de morte no problema da violência entre casais e familiares, irão propor "medidas". Como não sabem melhor, as medidas passarão necessariamente por maior carga burocrática, papelada, reuniões, "formação", etc etc. 

No fim, daqui a meses estaremos pior. Espero enganar-me, mas infelizmente julgo que não. 

Cá estaremos se Deus quiser, para ver. 

Sem comentários: