sexta-feira, agosto 12, 2022

Sérgio Figueiredo, "cavalo de cortesias"

 CM de hoje, com um retrato de Sérgio Figueiredo feito por quem conhece o meio...


A denúncia de um acto de corrupção, claro e inequívoco, do "mercadejar" favores, por João Bilhim, no Público de hoje, 13.8.2022. A questão já não é apenas ética ou política, como pretende o manhoso primeiro-ministro que temos.

O mais preocupante nisto tudo é a displicência com que é encarado o assunto, como se fosse qualquer coisa de normalíssimo no exercício do poder executivo:




Porque é que os demais partidos se abstêm de pronunciar claramente sobre este assunto? Óbvio: não acham isto um acto de corrupção. E terão exemplos à farta das mesmíssimas poucas-vergonhas. 

Sem comentários:

Contratos públicos: quem os não tem?