sexta-feira, dezembro 03, 2021

O ministro passageiro

 Observador, hoje:



Este indivíduo parecia-me inqualificável como pessoa desde o episódio do microfone, na AR.  A partir de agora é inqualificável como governante, apesar de o ser há muito tempo: desde os incêndios e das golas e mais inacreditáveis episódios que o definem como um inimputável político. 

ADITAMENTO:

Este homem com letra maiúscula precisou de uma acusação do MºPº para se demitir...

Sem comentários:

Propostas eleitorais para a Justiça