terça-feira, março 14, 2023

Saúde, Justiça, Educação, Habitação: Insustentável!

 O jornal que se chamou "i" chama-se agora Insustentável e publica-se às terças-feiras, com números dedicados a um tema, um pouco mais desenvolvido. 

A ideia é boa e imita de algum modo o jornal francês, Le Un, embora com uma distância de qualidade quase como a da terra à lua, mesmo em foguetão.

Os meios e a qualidade que nos faltam no país também se reflecte no jornalismo, infelizmente. 

Ainda assim, o diagnóstico que o jornal efectua a propósito do estado do SNS é arrasador, tal como noutras áreas, aqui identificadas em editorial, como um caos imputável a quem governa:


A propósito do pacote legislativo que se prepara para o sector da habitação, o diagnóstico é feito por um advogado de Coimbra, da oposição dita de direita, mas com factos e considerações que merecem atenção supra-partidária:


O dito pacote da Habitação foi promovido pela titular do cargo, uma inexperiente jovem da política partidária de Caminha e arredores, certamente alcandorada à função por indicação de gente local, com grande influência junto do primeiro-manhoso que manda no governo. Quem? 

Não é preciso especular muito porque a presunção se impõe e torna-se visível a natureza de "bando" atribuída por aquele causídico a quem actualmente governa. 

O Público de hoje mostra como são os métodos aparentes. Falta saber o resto, naturalmente, mas isto é de tal forma revelador e grave que espanta como gente desta teve e tem assento no governo:


Tal como se escreve acima, esta gente é capaz de tudo para se manter no poder e por isso a explicação para as absurdas leis que promovem e as que deixam de promover, gerando o  caos em diversos sectores. 

Espero que a Justiça funcione, ao menos...embora esteja sentado enquanto isto escrevo. 

Sem comentários:

O wokismo ao ataque!