Páginas

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Uma burla gigantesca, diz José Gomes Ferreira

Para perceber melhor a displicência do PGR neste caso, denunciado por muitos há muito tempo, é melhor ver este vídeo da SICN, em que José Gomes Ferreira diz expressamente que houve um conluio entre várias pessoas para esta desgraça e esta hecatombe na economia nacional. E disse mais:

Que o destemido, ou seja a PGR já vem tarde de mais. E que o presidente da República ainda terá que explicar porque assinou de cruz os diplomas legais.

Esta é a história de um grande conluio...que tem coniventes.José Gomes Ferreira enunciou os conluiados: alguns políticos, bancos, construtoras, consultoras e grandes gabinetes de advogados. Atravessa e está no coração do regime.
Faltou enunciar outros importantes conluiados: os directores de informação das televisões. Os josés albertos carvalhos e assim outras anas lourenços. Estes são responsáveis no conluio porque sabendo do mesmo, tiveram medo de o denunciar. E trataram de se proteger dos tubarões tornando-se dóceis para o poder e o establishment. São jornalistas de terceira categoria, evidentemente.

Aliás, se alguém quiser saber quem são os conluiados basta desenrolar as páginas deste e doutros blogs, ao longo da última meia dúzia de anos. Estão lá todos, mas todos mesmo.

 



8 comentários:

JC disse...

Grandissimo José Gomes Ferreira!

Floribundus disse...

aprecio a maneira frontal como aborda os assuntos
o meu compadre Zé de etnia Rom dizia em surdina quando via a GNR nas feiras «-já fizeram merda»

Karocha disse...

Já ouvi Também, grande José Gomes Ferreira.

cineticum disse...

e o que é mais engraçado é que as TV´s passam os dias a esclarecer que a ruína nacional com as PPP´s é devido aos excelentes advogados que os provados têm e o Estado não. Meu Deus, na tese desta cambada, o Robin Hood tinha bons advogados, o Hitler também... Porque se recusam a escrever que isto é um caso de polícia? De pouco serviria, já que somos um rebanho autêntico...

Calão disse...

Pouca vergonha, e ninguém fala de Cravinho! O grande autor de grande parte destes cancros! Gente de merda!

Arnatron disse...

Porque será que em Portugal o som foi completamente empastelado e quase nada se percebe e no estrangeiro se houve normalmente? Com limpidez!!!!
Anda pulga no palheiro?
Não querem que oiçamos limpidamente.
Quem é que anda a fazer este serviço? e a mandado de quem?
E depois dizem que vivemos numa democracia e que não há censura!
Malandros!!!!

Vivendi disse...

Os media de hoje fazem censura e esta é a realidade.

Invés de documentar a realidade como fatual,limitam-se a questionar deixam a dúvida no ar.

E em troco de quê? Proteger a corrupção e interesses dos poderosos.

Felizmente vai havendo aqui e ali uns fogachos de um ou outro jornalista mas ainda insuficientes para criar uma dinâmica para limpar o sistema centralizado.

Podemos concluir assim que a censura de hoje é pior que a do tempo da ditadura que se limitava a riscar devaneios de opiniões políticas.

Bic Laranja disse...

Ou a corrigir calinadas «fatuais»...