Páginas

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

A origem das bancarrotas

Em 1984, data da segunda bancarrota cuja paternidade, sendo do sistema foi plenamente apadrinhada por Mário Soares, um desconhecido gestor, Reis Mota, publicou um pequeno livro de autor com factos e números que intitulou "Portugal em bancarrota".







Como não percebo muito de Economia e números associados fico fascinado com estas revelações que não encontro explicadas pelos actuais komentadores.

O que será feito destes factos e números?Foi algum gato, fedorento ou não, que lhes comeu a língua?

7 comentários:

Floribundus disse...

'enquanto houver papel para fabricar notas.
a revolução xuxial continua'

J H P disse...

Não é preciso de tirar cursos nas FEPs e ISCTEs para perceber o fenómeno (e a sua relação com o lastro de ouro), muito simples, que é dos mais utilizados por governos, reis e impérios desde que há memória de dinheiro (currency) em circulação (vide a desvalorização da moeda romana ao longo do tempo de vida do Império, par a par com a sua decadência).

Deixo então à disposição alguns textos escritos à luz da única "escola" de economia (A "austríaca") que sempre abordou o fenómeno tal como ele é - um roubo descarado do poder de compra da população em geral para sustentar pão e circo, e respetivos padeiros e palhaços:

" O básico sobre a inflação " - http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1296
" Inflação não é um aumento generalizado nos preços " - http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1302
" O que você deve saber sobre a inflação " - http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=118

Cumprimentos,
JHP

Alberto Sampaio disse...

Sempre muito bom. Obrigado

josé disse...

Dá a impressão de que o que se estuda nesses locais é apenas para mascarar conceitos relativamente simples e que demonstram a falência do socialismo...

josé disse...

Quem ouve o Galamba se não estiver avisado, é ludibriado.

josé disse...

Por isso é que não discute com o Miguel Morgado que lhe diz cara a cara: isso é falso. E explica porquê...

lusitânea disse...

Depois da andar a ser lesado por todo o lado decidi como os judeus errantes ter algum em bens móveis.Dinheiro velho como salvo erro diria o Camilo...