sábado, 22 de setembro de 2018

Jornalismo para palermas

Depois desta capa na semana passada...


...que credibilidade merece esta, desta semana? ,



Este jornal transformou-se num viveiro de palermas. E o pior é que continua a ser uma das vacas leiteiras do grupo de Balsemão.

Credibilidade? Fake news? Enfim. Uma miséria jornalística. Fontes que os enganam. Meia-bola e força na redacção de notícias. Aventura na especulação. Tudo com uma marca registada: a do próprio presidente quando era lá jornalista...

Na edição desta semana atribui-se a responsabilidade na escolha da PGR à influência directa da ministra da Justiça Van Dunem. Se for assim, o que é uma hipótese, é mau presságio. Porém, o jornal não adianta mais nada. Não informa qual é o real "sistema de contactos" da novel PGR , que ligação poderá ter ao CEJ e à ministra Van Dunem, se é amiga da mesma, "visita de casa" de convites ou não e tudo o que realmente interessa para se conhecer um verdadeiro perfil. Um cargo desta importância carece desse tipo de conhecimento público.
Pode ser que não tivessem tempo. Mas ainda vão a tempo...e isso é que é informação.

Sem comentários: