Páginas

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Well, well, well...

Há muito que MEC não brindava os leitores com uma crónica deste calibre, publicada no passado dia 17 no Público:

O Presidente da República foi ao Palácio de Buckingham ver a Rainha. A visita e a conversa foram registadas num vídeo de alta definição que está, por exemplo, no site do PÚBLICO.




Depois de lhe dar um beijinho na mão, o Presidente desatou a falar. Contou à Rainha que se lembrava das duas visitas de Estado que ela tinha feito a Portugal. Na primeira, em 1957, Marcelo observa: “I was a child.” A Rainha, agradecendo a referência à diferença de idade entre eles (ela tem 90 anos, ele faz 68 em Dezembro), conseguiu, sabe-se lá como, interrompê-lo e respondeu, com ironia majestática: “I’m sure you were.” 

O Presidente Marcelo continuou: “In Terreiro do Paço, you know, that big square.” A Rainha, mostrando as suas boas maneiras, mas querendo também pô-lo no lugar, disse um longuíssimo “yeeeesss…” (tradução: “Não faço a mais pequena ideia do que está a falar”).


O Presidente intuiu que a Rainha já visitou muitos big squares ao longo da vida e decidiu avivar-lhe a memória: “And the carriage…” E a Rainha, entrando em royal repetition mode, num tom “Nós não acreditamos no que nos está a acontecer”, murmurou: “The carriage…”

Aí o Presidente recorreu ao rigor: “With General Craveiro Lopes…” Aí a Rainha, ouvindo o nome do grande general, deve ter sido inundada por recordações daquele dia maravilhoso à beira-Tejo.

É então que o Presidente revela tudo: “I was there, in the front row!” E a Rainha: “Were you?” Mas o Presidente Marcelo ainda não tinha terminado: “And then, in 85, I was invited for dinner on Britannia…” E a Rainha, ao lembrar-se do iate real que lhe tiraram e já tendo desistido de qualquer manobra de disuassão, limita-se a repetir: “Were you?…”

Fulminante, e sem perder uma batida, o Presidente explica: “Because I was leader of the opposition…”

Infelizmente o vídeo termina aqui, abruptamente. Se calhar a Rainha perdeu a paciência e disse ao Presidente: “Oh, do shut up, for God’s sake!” O mais provável é a Rainha ter continuado a registar a excitação de ouvir estas recordações do Presidente com mais um “Were you?”, enquanto executava a complexa manobra diplomática de andar para trás, passo a passo, até escapar do salão.

Miguel Esteves Cardoso nunca terá o lugar de um Pedro Mexia...

26 comentários:

Bic Laranja disse...

Um presidente mais taralhouco que o histrião. Típico produto me(r)diático. Mais típico nem sei se há.
Cumpts.

Bic Laranja disse...

E a rainha Isabel com magnânima candura para com estes novos bamas disto tudo. Mas deve desiludir-se bem deste Mundo.

Floribundus disse...

o 'jeringonço' no seu melhor estilo de visita a asilos de velhinhas

devia ir de Sto António com o monh´ao colo

zazie disse...

ehehehehe

Está delicioso

Pedro Santos da Cunha disse...

QUE VERGONHA!

josé disse...

Este é o retrato impressivo do actual presidente. Típico, a meu ver.

E pensar que cheguei a pensar que era um dos indivíduos mais preparado para as funções...e que nunca nos deixaria mal.

Esta figura é triste na medida em que é parola. Só por isso que é muito numa função de representação como esta.

Uma humilhação rara, porque se fosse o Cavaco, coitado, nem se atrevia a estas figuras porque sabia que era parolo e não se armava em pessoa diferente.

zazie disse...

Também eu. Também pensei que seria mesmo o mais indicado para Presidente.

Kaiser Soze disse...

A única coisa que me impressionava no Marcelo era a sua capacidade (nunca vi mas é um rumor que corre solto) de ditar duas coisas ao mesmo tempo. A ser verdade, considero impressionante.
É certo que vai sempre depender de o que se dita mas, de qualquer maneira, é óptimo número de circo.

Fora isso...

Lembro-me bem de passar a achar que ele não deveria ser admirado, por gente com dois dedos de testa, quando o ouvi comentar jogos da selecção e o Estoril Open (como comentador, em directo).

Pá...é muito bicos de pés...
É muito egocentrismo (e eu nem sou pouco...).

josé disse...

Isto é mais Maria Cavaco do que outra coisa...

josé disse...

Olhe! Eu estive lá! Sim, eu vi-a, em 58, era ainda rapazola.

Deslumbre desnecessário. A senhora tem noventas e não precisa que lhe lembrem o Britannia ou o Terreiro do Paço. A não ser que fosse cá e lá estivesse...

josé disse...

Ou 57 que vai dar ao mesmo.

joserui disse...

Tudo muito certo, só não acho bem a referência ao Pedro Mexia. Não precisava para enaltecer o MEC e parece-me bastante injusta. -- JRF

Ricciardi disse...

Marcelo esteve muito bem, como quase sempre. A informação que tenho é a oposta áquela que se pode inferir neste post: a rainha simpatizou bastante com o nosso presidente.
.
Força aí Marcelo.
.
Rb

josé disse...

similis cum similibus...

Bic Laranja disse...

Este gajo Rb é um reles provocador — ou como se diz agora: um troll.
Bani-lo seria um módico de higiene. E não venha daí ninguém com a democracia e a censura que isso nem vem ao caso.

Cumpts.

JC disse...

A sério, Rb?
És mesmo um tanso.
E podes meter a informação que tens num sitio que eu cá sei e só não o escrevo pelo imenso respeito que tenho ao dono do blogue e à Zazie.

Ricciardi disse...

Sicco vilior lacu.

Ricciardi disse...

Sicut canis qui revertitur ad vomitum suum, sic imprudens qui iterat stultitiam suam.

josé disse...

Pois...a última foi escrita ao espelho.

josé disse...

E está a pedir o corte, claro. A censura. Já se estendeu demais.

joserui disse...

Ah canis, canis, quem te viu e quem te vê… -- JRF

joserui disse...

A informação do Rb quanto a assuntos reais, vem directamente de Buckingham, já sobre o 44 vem da cova da beira, muito diferente da beira da cova, como diria o Costa. -- JRF

a.leitão disse...

E eu votei no gajo!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ricciardi disse...

Sicut amici adulantes pervertunt, sicut inimici litigantes plerumque corrigunt.

Ricciardi disse...

Corte para aí homem. Olhe a minha cara laroca de preocupado. :)

josé disse...

Não cortei...