sábado, 3 de março de 2018

O estilo dr. Fernandinho (Pinto Monteiro) : lagosta com vinho tinto

No rescaldo da entrevista de Pinto Monteiro ao Público/RR os jornais de hoje pouco dizem. O Expresso nada de nada. O Público, idem. Sobre o insulto ao antigo presidente do Sindicato do MºPº nada de nada. E percebe-se porque veio o insulto: porque João Palma pôs o dedo na ferida que dói, no devido tempo.

O Correio da Manhã resume bem o caso, assim:


O Sol elabora mais um pouco e escreve isto:


Vítor Rainho lembra aos leitores de memória curta o que Pinto Monteiro dizia em 2007, na primeira entrevista concedida a um jornal, por Pinto Monteiro:


Percebe-se agora porquê e ainda porque continua a afirmar que "não tem medo nenhum de nada", mas já lá vamos...

No dia da sua entrada na PGR, vindo do lugar onde tomou posse como PGR, no Ministério da Justiça, usou o carro do ministério para se fazer transportar, o que foi o primeiro sinal negativo da sua magistratura na PGR. Outros, mais graves, se seguiram e já foram elencados.


Era de facto um tempo em que nada havia a temer ( como hoje para certos figurões e por isso é que deu a entrevista, agora, ao Público).

A confissão do dr. Fernandinho vindo das beiras para a ribalta dos macários camilianos,  sobre o grande apreço que lhe merece José Sócrates e o seu estilo, é digna de revisita e comentário.

No Verão de 2009, no auge do processo oculto do Face Oculta ( ainda se encontrava em segredo externo mas já havia sido violado o interno, por alguém que não se identificou por carência de investigação "profícua")  José Sócrates era assim visto no jornal 24H:


E era comentado assim, nos primeiros dias de Agosto desse ano:

 O jornal 24 Horas de hoje publicou uma reportagem sobre "As férias secretas de Sócrates" ( clicar na imagem para ler).

A reportagem é deliciosa por vários motivos. Aponta os gostos requintados de novo-rico que procura um resort de luxo, no estrangeiro, para passar duas semanas de férias com os próximos.

Este aparente novo-rico é primeiro-ministro de Portugal e já foi notícia, anteriormente, por ser uma das figuras de proa e montra de uma loja de apparel americana, o Bijan em Rodeo Drive, de Los Angeles, onde um fato por medida fica por uma conta calada em que não é suficiente de todo um ordenado anual de PM português ( ou de outro lado qualquer).
Ainda este mesmo ano passou uns dias de férias no Sheraton-Pine Cliffs no Algarve, onde quatro dias de estadia ficam por cerca de dois mil euros.

Agora, o 24 Horas, deleita-se nos pormenores do menu preferido de José S. - caldeirada de lagosta a 100 euros o prato. Alvitra o redactor da reportagem que a diária no resort de Menorca fica por cerca de 1000 euros e no total, sem descontos, José S. gastou uma conta calada de mais de 14 mil euros.
Três salários mensais para umas férias de duas semanas!
Nome na montra do "Bijan", com a indicação de que é o "prime minister of Portugal", conforme foi amplamente comentado e nunca desmentido pelo visado, apesar de noticiado pelo jornal i.

Em férias, este ano, já gastou por conta, mais do que ganha por ano um empregado de classe média.
E isso para um indivíduo que declarou ganhar cerca de 5 mil euros por mês -e mais nada!

Daqui a dias vai encher os écrans com proclamações contra a direita e a favor da esquerda solidária e dos pobres
.

É este o estilo que o dr. Fernandinho aprecia, está visto: lagosta com vinho tinto. Políticos cujo estilo sempre apreciou e que vivem muito acima de possibilidades práticas, tesos notórios mas com vidas de milionário e que nunca incomodaram a magistratura do dr. Fernandinho no Ministério Público do Fripó. Era tudo cabalas, "cassetes" com conversas ridículas, mas destruídas e recortados os processos não fosse o diabo tecê-las, etc etc.

Tudo isto passou incólume no órgão máximo do MºPº: o CSMP. Por isso mesmo esta notícia de então suscitou esta decisão colectiva depois de muita discussão reservada...lida pela actual ministra da Justiça. Nem quiseram saber disto...

La boucle este bouclée, como dizem os franceses.

ADITAMENTO em tempo ( Domingo, 4.4.2018):

O Correio da Manhã de Domingo traz este editorial do director geral:


Octávio Ribeiro pergunta: "como pôde um naif jurídico chegar a juiz conselheiro e a PGR?" na hipótese que colocou de a entrevista não ser um refinado, "requintado",  exercício de alta hipocrisia.

Por outro lado afirma que não tem em seu poder as "cassetes" das escutas do Face Oculta, caso contrário já as tinha publicado.

Não haverá uma alma caridosa que lhas faça chegar?!








9 comentários:

Floribundus disse...

porto da ovelha ronhosa

muita ronha

pouca vergonha

muja disse...

Olha, também passava férias enquanto o país ardia. Um safarizinho no Quénia...

O de agora deve perguntar que terá ele feito a mais, para não ter direito a gozar as férias sem que as estúpidas das pessoas não se deixem queimar vivas.

O melhor é limparem o terreno à volta das casas porque o Sr. Dr. Eng. Xuxa quer descansar durante as férias!


lusitânea disse...

Para os amigos tudo!

joserui disse...

Sem problema Muja! Ficou cá o super-ministro Costa, o número 2, a desfilar incompetência por todo o lado e a arreganhar a taxa. Nesse ano não morreram mais de 100 pessoas por mero acaso.
Quanto ao indivíduo, resta saber que mais apreciou no 44. Porque nestas coisas e noutras, amigos, amigos, negócios à parte. E ao que diz nem eram amigos. Portanto, não há almoços de borla antes de ir para a choldra. Não há nada de borla neste Mundo. O Monteiro andava a dar borlas? Não me acredito.
E ainda temos de o aturar naquele pasquim inenarrável a dizer as inanidades que quer e lhe apetece. Já não há cu-órum para estes calhordas.

lusitânea disse...

Os netos do Monteiro e daquele juiz de barbichas que o acompanhava na difícil tarefa de ouvirem a tal cassete vinda do Centro com atentados ao estado de direito não vão ter problemas porque os papás foram metidos na gamela pelo Sócrates...e unicamente por mérito evidentemente!

Hugo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hugo disse...

Não existia um procurador(?) que dizia que tinhas as escutas guardadas num cofre?

Unknown disse...

Um dos (muitos) rostos da Corrupção , oficial e oficiosa, desta fossa séptica que se faz passar por "país".

Terry Malloy disse...

Você não o larga (ao beirão honesto) e é um grande serviço que presta a esta terra desgraçada e sem memória.

Cumprimentos.