Páginas

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Nova frente mediática no incêndio de Pedrógão...

Observador:

“Naquilo que é mais fundamental no Estado, que é garantir a segurança das pessoas, o Estado falhou e estão aqui as evidências. Depois, saber se foi inevitável ou se era evitável, se há culpa a atribuir pelo falhanço e responsabilidade, isso é outra conversa. Dez dias depois, ainda está a falhar”, começou por referir Pedro Passos Coelho. “Tenho conhecimento de vítimas indiretas deste processo, pessoas que puseram termo à vida, que em desespero se suicidaram e que não receberam o apoio psicológico que deviam. Devia haver um mecanismo para isso. Tem havido dificuldades. Ninguém me convence que não há responsabilidades. O Estado falhou e continua a falhar”, completou." 
Ao que o Observador apurou, Passos Coelho terá abordado a existência de suicídios depois de, durante a manhã, ter ouvido relatos na zona de casos que chegaram a essa situação extrema, após o desespero provocado pelos incêndios e respetivas consequências. O presidente do PSD fez visitas a Avelar, a Vila Facaia e esteve em três instituições de Pedrógão Grande: a Câmara Municipal, a Santa Casa da Misericórdia e os Bombeiros Voluntários.
 As declarações do líder social-democrata, porém, não são para já confirmadas pelos presidentes das câmaras de Castanheira de Pera nem de Pedrógão Grande — que fala em “boatos”. O padre Júlio Santos, Pároco de Pedrógão Grande, Vila Facaia e Graça, que diz ao Observador desconhecer qualquer caso. O presidente da Administração Regional de Saúde do Centro assegura que não há, até hoje,”nenhum caso de suicídio com ligação” direta à zona afetada pelo incêndio.

Vai abrir uma nova frente mediática no incêndio de Pedrógão. Basta que não se apure minimamente que alguém se tenha suicidado nas circunstâncias aludidas, para que toda a discussão sobre as causas, origem ou deficiências no combate aos incêndios e falhanços gritantes da Protecção Civil desapareçam das noticias, substituídas por ataques ao "Passos" e a este deslize e erro de percepção.

É uma questão de minutos e todas as centrais de cozinha de notícias lusas estão a laborar em pleno. Vamos assistir a algo extraordinário, ou muito me engano.
Vai começar na RTP3 com a dona Lourença, estender-se depois rapidamente à RTP1 e TVI e a TSF já arde com violência a ouvir padres e psicólogos.

Um fenómeno de "downburst" informativo, aproxima-se. Proteja-se quem puder!

ADITAMENTO: a culpa foi do Provedor da Misericórdia, candidato do PSD que acabou agora mesmo por perder as eleições locais.

Foram lestos, desta vez, em emendar a mão. Fizeram bem porque assim esvaziam a bolha que iria levar a dona Lourenço e outros ícones da informação televisiva a calcinar um Coelho em lume brando. Desta vez vão apenas gozar com o indivíduo porque já esqueceram o episódio do avião caído no combate às chamas e as várias declarações desencontradas e, essas sim, verdadeiramente dramáticas e inadmissíveis. O controlo dos danos já está em marcha.

 Pedro Passos Coelho, presidente do PSD, visitou esta segunda-feira algumas das áreas afetadas pelo fogo de Pedrógão Grande, onde referiu, quando estava no quartel de bombeiros de Castanheira de Pêra, ter conhecimento de pessoas que se suicidaram por falta de apoio psicológico após a tragédia que vitimou 64 pessoas. Presidente da Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande, João Marques, também candidato à câmara de Pedrógão Grande pelo PSD, admite agora que deu informação errada a Passos por ter sido induzido em erro por “pessoas da freguesia”.

Se isto pode servir de lição a alguém ( e a mim já serviu no outro dia...) é para se ter muito cuidado com os factos, a verdade, os factos quase verdadeiros e as falsidades absolutas.

Há mestres na manipulação destes números mediáticos. José Sócrates, por exemplo é exímio nestes malabarismos.
Por exemplo, como escrevi que "é exímio nestes malabarismos" pega na frase e atira ao autor a imputação de um facto falso que é a de insinuar que foi ele o autor da notícia cabalística. Distorcendo uma realidade totalmente falsa e apresentando-a como verosímil, por causa da construção da frase.

E agora o próprio Passos Coelho, a pedir desculpa...parece-me que é assim que se deve fazer. Também optei por proceder desse modo, no postal em que errei por juízo precipitado. Não vejo outra forma correcta de o fazer.

Aliás, a máquina de lavagem do PS já estava em marcha acelerada.Esta que nunca perde a vergonha que não tem já saíra de espada afiada:



O PS acusou o líder do PSD de se aproveitar da tragédia dos incêndios na região Centro do país na última semana, ao associar alegados suicídios a um falhanço no apoio do Estado. “Surpreendentemente, aparece o doutor Passos Coelho a fazer um discurso que mais não é do que um aproveitamento emocional desta tragédia”, disse à agência Lusa a deputada do PS Júlia Rodrigues, afirmando que os socialistas estão “profundamente consternados e indignados” com o que foi dito hoje pelo líder social-democrata.
Antes, já a secretária-geral-adjunta, Ana Catarina Mendes, tinha escrito na sua página de Facebook que era “inqualificável” que um ex-primeiro-ministro “difunda um boato com esta gravidade”.


Evidentemente esta anomalia democrática ainda não tinha tido uma palavra para explicar o muito que tem que explicar (  e não explica porque não sente necessidade disso) a gente do PS que governa. Logo que o Passos comete uma gaffe, saem logo de garras afiadas. O sinal é evidente: não têm desculpa pelo que não fizeram. E dão também o sinal de que se criticam assim quem comete uma gaffe, aquilo de que podem e dever ser acusados deveria ser suficiente para se demitirem do Governo. Todos.
Ou não será assim?

67 comentários:

Floribundus disse...

a culpa é do coelho ao andar a maltratar a geringonça com MIXOMATOSE

isto parece a feira da ladra
ladram à caravana

sinto que vivo num gulag instalado a título definitivo

as maluquinhos tomaram conta do manicómio

Unknown disse...

Aqui acho que PPC meteu pata na poça.
Ou é verdade e não me parece que seja assunto para ser tratado com a ligeireza de umas declarações "espontâneas", ou não é verdade e acaba de desviar as atenções, de uma forma absolutamente desastrada, do que é importante: apurar o que aconteceu em 17/6, atribuir responsabilidades e zelar para que o que aconteceu não se repita.
Assim não.

Miguel D

josé disse...

"Aqui acho que PPC meteu pata na poça."

Pois meteu e por isso o vão trucidar.

nelson disse...

"Aqui acho que PPC meteu pata na poça."

Ah pois meteu. Erro de principiante.
Como é possível?!

".... e por isso o vão trucidar."

Ah pois vão, vão....a começar pelos do seu próprio partido no próximo Congresso. Já se ouvem as "facas a serem afiadas". O próximo Congresso do PSD, ou muito me engano, ou vai dar para escrever todo um vasto tratado sobre política e sociologia. ;-)

Adelino Ferreira disse...

O dr pedro passos coelho esteve muito mal "nos suicídios".A escardalhada vai pegar no tema(com imagens e a cores) para apagar o incêndio. São mais uns dias e o braseiro vai chegar à Lapa

hajapachorra disse...

o passos é burro como uma porta. Só isso explica que um inútil chico-esperto no meio desta desgraça se mantenha à tona.

Unknown disse...

Se o objectivo do PPC era esvaziar a pressão sobre o governo, acertou em cheio. O AC ainda sai disto como o Estadista, incrível.
E o que é realmente importante, não se retiram consequências do dia 17/6, nem para reparação das vítimas nem para evitar tragédias futuras. Estamos todos de parabéns.

Miguel D

zazie disse...

Não é preciso chamar a escardalhada.
O restante já está a trabalhar para isso...

São os sociais democratas da Ferreira Leite e os morcões do Rio.

":OP

nelson disse...

"Se o objectivo do PPC era esvaziar a pressão sobre o governo, acertou em cheio."

Exacto. O AC deve-lhe, a prtir de hoje, um ENORME agradecimento.
Passos, afinal, fez-lhe o maior favor que lhe poderia fazer.....no momento certo.
E é isto e não passamos disto.

zazie disse...

Afinal dizem que foi o Provedor da Misericórdia de lá.

zazie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zazie disse...

O Galamba também se excitou logo e já via saunas gays onde não estavam.

David disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
nelson disse...

http://www.fogosflorestais.pt/2017/06/a-origem-do-grande-incendio-florestal.html?m=1

Recordo que na Austrália, na bacia do Mediterrâneo e no Sudoeste dos EUA muitos dos fogos têm origens naturias. E com números enormes de vítimas.

Não deixa de ser interessante ver os Liberais, panegiristas de Ayn Rand, Hayek, Mises e Rothbard virem agora rasgar as vestes a reclamar a presença, imediata, do....Estado que, afinal, tem que nos proteger a todos, em todo o lado e a todo o momento.
Imbecis tal e qual os marxistas. Só mudam os "ícones".

nelson disse...

Cientificamente, os diferentes sites meteorológicos a nível mundial (imagens de satélite e análise de descargas eléctricas) não mentem. Não desculpabiliza as eventuais responsabilidades de ninguém mas odeio aproveitamento politiqueiro em cima de "body count".

zazie disse...

É... a outra maluca que tem a mania que é americana- a Rita Carreira, do Destreza das Dúvidas disse o mesmo- os portugueses (ela já não é isso) que se cuidem. Amanhem-se sem Estado.

Devem ser estes pascácios os militantes da "Democracia Directa".
Depois mandavam a porteira do condomínio resolver a coisa.

zazie disse...

Olha aqui- explica lá a diferença entre entidades a cumprirem o seu dever num caso e noutro que a metereologia ache menos intenso.

Qual é a diferença entre terem enviado helis ou não terem e dito que enviaram?

Qual é a diferença entre alguém ter mandado cortar um pedaço de estrada não perigosa e não mandar.

Qual a diferença entre desviarem pessoas desse troço não perigoso para o perigoso ao lado e não desviarem por estarem informados?

É a meteorologia que explica, não é?

E sentem-se altamente científicos e seguros quando falam assim.

Parecem a moça dos pensos higiénicos- com a ciência sentes-te limpa; sentes-te segura
":OP

zazie disse...

Cientificamente até podes baldar-te ao trabalho se as imagens de satélite ajudarem.

Deve ser isso. E nascem bezerros de duas cabeças nessas ocaisões- é o downcoiso da chuva de estrelas do Ano Mil.

zazie disse...

Mais outra:

Qual é a diferença entre dizerem ainda no dia seguinte que morreram mirones por terem ido ver o fogo e não dizerem?

Eu respondo- se soubessem e tivesse havido coordenação. logo no dia 17 já sabiam como tinham morrido todas essas pessoas na N236-1 e nunca o secretário de Estado precisava de papaguear o que o outro palerma dos bombeiros também disse- que foram mirones que se lembraram de ir espreitar o fogo para a estrada.

Veio em todos os jornais estrangeiros_- morreram pessoas na estrada por serem cuscas.

josé disse...

"Veio em todos os jornais estrangeiros_- morreram pessoas na estrada por serem cuscas. "

Tem um efeito deletério pior do que dizer que alguém se suicidou por falta de atenção do Estado.

Mas o que conta é o aproveitamento político e mediático e nisso ninguém bate uma geringonça.

Peixe de Espada à Cinta disse...

Op

Maria disse...

Que me desculpem os comentadores acima, mas já ouvi hoje por duas vezes, a propósito dos suicídios, Passos Coelho ter afirmado, a intâncias da jornalista que lhe pediu que concretizasse, que "houve suicídios e tenho conhecimento de pelo menos de alguém chegado à minha família o ter cometido".

Passos Coelho pode ter muitos defeitos, mas não creio que seja mentiroso e muito menos numa altura gravíssima como esta.

zazie disse...

Pessoa até de família. Da família do suposto que se suicidou, acho eu.

zazie disse...

Estes tipos de esquerda metem nojo.

Há uma diferença estranha e deve ser genética porque separa águas.

A rapidez e oportunismo, sempre com a "indignação" de filisteus é mesmo como o palerma que por aqui anda.
Coisa falsa. Só se lembram da moral nestas alturas. E agigantam tudo. Agarram-se a tudo. Quando nâo têm a que se agarrar, calam-se que nem ratos.

zazie disse...

E o Galamba- já estava a vir-se com a cena pornográfica.

Pessoal das barracas.

JC disse...

Se esta tragédia tivesse sucedido no tempo do governo do anterior governo eu faço uma pequena ideia do que teriam sido as reacções dos jerónimos, catarinas e galambas da nossa praça, devidamente apoiados pelos komentadores dos media de serviço.
Já tinham queimado Passos Coelho numa fogueira.

zazie disse...

Completamente. E os acólitos do BE e PCP e maila escardalhada em geral, andavam que nem loucos a convocar flash-mobs.

Assim, têm estado calados que nem ratos.

josé disse...

É mesmo uma canalha inacreditável. Eu não tenho partido nem conto ter embora deteste uma certa esquerda.

Mas isto ultrapassa toda a decência.

Se isto fosse no tempo do Passos havia levantamento do rancho todos os dias para o presidente da República convocar eleições.

joserui disse...

Este Passos se não existisse tinha de ser inventado… 64 mortos e sei lá quantos feridos, 200 casas e não sei quantas empresas, dezenas de milhar de hectares, uma descoordenação e amadorismo verdadeiramente confrangedor, não é suficiente para este palerma combater politicamente o Costa? Anedótico.

joserui disse...

A esquerda tem sempre a que se agarrar… vêem a hipocrisia como uma virtude.

Adelino Ferreira disse...

O gajo que passou a informação ao dr passos coelho é o da Santa Casa, presidente da concelhia e candidato a presidente da câmara pelo PSD. Na volta, é do Rio... e pretendia (e conseguiu) criar uma situação caricata ao Passos Coelho.
Já ficou com o carimbo de lutador pela social democracia sempre.

Floribundus disse...

a geringonça ressuscitou a

« Sociedade do raio

Trata-se de uma sociedade que se distingue sobretudo pela sua posição anti-cristã, de ultraje em relação a Deus, manifestada nas noites em que ocorrem trovoadas e pela posição sarcástica, resoluta e irreverente de Antero que, numa saudação pública ao príncipe Humberto de Itália, manifesta uma posição claramente anti-monárquica. »

tive um Amigo que a propósito de tudo dizia
''E O RAIO!''

Artur Agostinho dizia
'e o mais que adiante se ouvirá'

o ad alberto falou em reforço das equipas de 'pischicólogos'
a bastonária falou na existência de UM psicólogo em 14 centros de saúde da zona

o problema da ignição não se verificava antes de 25.iv

nunca saberemos os mais elementares factos ocorridos
devido
''AO MANTO GERINGONÇO DA FANTASIA''

foca disse...

O PPC foi comido à grande
Não percebo como é que um tipo com décadas de experiência de jotas se deixa levar desta maneira.
Se foi engendrado pela máquina xuxa foi muito bom, se foi pela oposição interna também, mas devia andar melhor apoiado.

Outra coisa é a gaja do PS que casou com o pedófilo, que continua lá fora a malhar crianças (procurem por quem o viu em Timor Leste, onde andar com jovens é coisa aceite até a nóbeis) ter a lata de vir acusar o gajo de crime de lesa pátria, quando tem nas mãos dos camaradas o sangue de todas as vitimas do incêndio

nelson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adelino Ferreira disse...

Tenta teclar mais de vagar para que o texto fique mais legível.
Fico com a ideia que queres dizer que a zazie anda de metro, mas isso é comum a quem vive no Porto ou em Lisboa. Há mais de 10 anos que Coimbra esperava o Metro e vai-se contentar com uns autocarros movidos a gás.

Vivendi disse...

Ironia da boa era o Passos avançar com a demissão.

A queda do regime da merdocracia começar pelo lado da oposição não era de todo uma má ideia. A implosão é inevitável.

nelson disse...

Viva a nova liderança do PPD/PSD! Viva!
ahahahah

nelson disse...

"....os militantes da "Democracia Directa""

! - A Democracia, como regime não existe. É uma contradição no termos. Um oxímoro por si só. Os governados não são soberanos. É uma mistificação: ou são governados ou governam. Ponto.

2 - O Estado português, desde D.Dinis, nunca quis saber dos governados. São apenas "pagadores de impsotos". Como é que iria estar em todo o lado e com grandes meios e para os proteger. Que vão para lá os discípulos da horrenda Ayn Rand ou do Rothbard....os mesmos que agora, de forma oportunística, clamam por mais..............Estado. Um asco esta gentalha.

Boa noite.

Vivendi disse...

O próximo líder do PPD/PSD vai ser um não líder.

Está cada vez mais difícil enganar a populaça e já não há cromos à altura de manter alguma dignidade a este pardieiro.

A descredibilização está a chegar ao limite e quando a gerigonça arrebentar vai estilhaçar de vez o regime.

Nem nos afectos haverá salvação... a populaça é estimulada diariamente com afectos em doses homeopáticas mas a maleita continua entranhada até ao tutano e a frustração será maior quando descobrirem que tudo não passou de uma vigarice.

Repito. Este é o momento do Passos avançar com a demissão.

Incêndio político.

Restará num futuro próximo o verdadeiro ódio aos políticos do regime.


Ricciardi disse...

Passos não é coelho. É abutre.

Como qualquer necofrago espera a desgraça da vítima para sobreviver.

Por isso, em vez de claramente ficar feliz por afinal não ter havido suicídios, resolve pedir desculpas lavado em lágrimas de crocodilo. As mesmas lágrimas que usou quando num gesto de demagogia resolveu pedir desculpa aos portugueses por apoiar a subida de impostos que tinha jurado nunca apoiar.

Não houve suicídios? Que grande chatice.

O ex primeiro ministro não consegue disfarçar que apenas lhe interessa a tomada do poder. De preferência que este lhe caia de borla.

Tens mesmo ano certeza que não houve suicídios?

Infelizmente senhor passos coelho.

Bolas.

muja disse...

Ó nelson, desde D. Dinis?!

E porque não desde D. Afonso III? Ou D. Afonso IV?



joserui disse...

Este ainda aqui anda afinal?

Diz o João Miguel Tavares, que ainda há quem considere bom não sei em quê — "Uma tragédia como esta não se via desde as inundações da região de Lisboa de Novembro de 1967, e o sentimento de ausência do Estado é assustadoramente parecido nos dois casos". A sério ò Tavares? Só com um encharcado nas trombas ò Tavares.
Estes know it all não conseguem falar de um incêndio neste regime, sem falar das cheias no regime anterior. A direitinha sempre teve os melhores alunos da esquerda. Não tenho nenhum respeito pelo Tavares. Sempre que associam o Estado Novo à esquerda, julgam que afectam ou atingem os Costas ou Galambas deste país, quando eles comem disso ao pequeno almoço todos os dias.

muja disse...

José,

creio que isto lhe poderá interessar.

http://www.veritaslive.com/06-26-2017/americanpravdacnn.html

Ao JRF também, eventualmente... eheheh!

joserui disse...

O Nelson queria dizer desde os neandertais…

joserui disse...

Interessa, imenso Muja… eu até acho que se o grande trafulha confessasse, era como o caso Sócrates, tornava-se tudo muito mais fácil.
Eu agradeço com outro link que também espero que lhe interesse e ao José.

muja disse...

São todos liberais-libertários e não conseguem resistir à tentação de sinalizar a virtude democrática - de prestar vassalagem e submissão ao bezerro de ouro. É uma cena ritualística, quer se apercebam, quer não, à mistura com uma certa sofisticação ou presumida refinação.

Mas, vai a ver-se, e tudo isso é - perdoe o barbarismo - enfumagem para poderem dormir até tarde dia sim, dia não...



muja disse...

Epá, não comece.

A coisa tem interesse pela questão da televisão e é, de uma forma geral, aplicável a qualquer outra.

Ainda anda com isso do Trump?

V. em relação ao Donaldo, também se arma um bocado em Tavares ahahaha!

PS: Viu o documentário do Oliver Stone? Também vai dizer que foi jeitinho ou de-diabolização (sacrilégio!) ao Putin?

joserui disse...

Sofisticação e presumida refinação? O Tavares, o Raposo e todos os outros?… A utilizarem os ensinamentos e história tal como contada pelo PCP há mais de 40 anos… está certo. Eu é que não os suporto.

joserui disse...

Muja, o Trump não tem defesa em nada. É qualquer coisa de abominável como ser humana e como presidente por maioria de razão. É escumalha da Terra e sobre isso não pode haver qualquer discussão. Até um ceguinho vê isso, a quilómetros.

Quanto ao Oliver Stone, outro personagem que eu detesto verdadeiramente. Não vejo nada dele desde o Platoon que na altura gostei. Tudo o resto é a moral segunda a américa dele, uma coisa insuportável. Portanto Muja, pontos negativos (como se dizia na tropa, só por mencionar mais esse).

joserui disse...

Mas é sabido que se eu ficar nesta Terra anos suficientes, vou acabar por odiar toda a gente. Quem sabe, se calhar o Stone é um tipo porreiro e o Trump um camarada do caralho (pedindo desculpa ao José pelo uso indevido do francês).

muja disse...

Eu não lhe perguntei nada acerca do Oliver Stone. Perguntei-lhe se viu as entrevistas ao presidente russo...

Maria disse...

joserui, lembra-se do que lhe disse acerca desse seu mau feitio? Pois é, esse feitiozinho tem patente:) É que lhe está na massa do sangue... e não pode fazer nada quanto a isso... E sabe qual é o povo que tem esse exacto modo de pensar por se achar superior a todos os outros? Claro que sabe. Uma observação que faço sem o querer ofender, como imagina, mas faço-a porque sei do que falo.

joserui disse...

Não vi, mas costumo gostar das entrevistas ao presidente russo que considero um personagem de uma inteligência e sagacidade invulgares. E é mesmo! E tem sentido de humor.

Maria é só o neandertal em mim a falar (sabe que todos temos genes de neandertal, à custa do porcanço cruzado dos nossos antepassados?)… A minha filha está por esses lados que refere e só tem 14 anos, tem sido um choque de culturas deveras brutal. Só lhe faz bem. Um beijinho!

muja disse...

Então veja, que as vai apreciar.

Maria disse...

Muja, a que entrevista/s ao Putin se refere? Eu já vi algumas dele no Youtube e gostei e também registei a sua peculiar ironia nalgumas delas. Será uma dessas, que já têm algum tempo ou outra mais recente?
Putin tem uma personalidade vincada e sabe o que quer para o seu país, é um defensor intransigente do seu povo e quanto ao panorama político mundial, particularmente os Estados Unidos, vai dizendo muitas verdades.
Curiosamente as mesmas qualidades, pelo menos estas três, que caracterizavam Salazar.

Maria disse...

A minha filha está por esses lados que refere e só tem 14 anos, tem sido um choque de culturas deveras brutal. Só lhe faz bem. (joserui)

É isso, joserui! Mas a sua filha habituar-se-á. Isto se não estiver já a viver no meio dessa mesma cultura desde a nascença, o que provàvelmente terá sido o caso. Neste caso nada será estranho para ela, antes, será a normalidade dentro da anormalidade para quem nunca esteve enquadrado nela:)

muja disse...

Maria,

refiro-me às entrevistas recentes que o realizador de cinema Oliver Stone fez ao presidente russo.

O sítio é este: http://www.sho.com/the-putin-interviews

Mas acho que por aí não se consegue ver. Pelo menos sem pagar.

Mas se procurar pelo youtube encontra. São 4 partes.

Não ponho aqui para o José não ser acusado de facilitar a pirataria... :)

Maria disse...

Muja, thanks a lot:-)

joserui disse...

Desde a nascença não digo… mas há 11 anos… e mesmo assim há choque e não é pequeno — isso surpreendeu-me imenso.

joserui disse...

Maria, entretanto deu-me para a dúvida … está a falar do povo eleito ou do povo que tentou acabar com o povo eleito :) ?

muja disse...

Ehehe!

Também fiquei com ideia de não estarem a falar os dois da mesma coisa...

Não estava a ver o JRF a mandar a cachopa em peregrinação à Terra Santa...

joserui disse...

Valha-me Deus!

Maria disse...

joserui, por acaso até estava a falar do povo eleito:)

joserui disse...

Ui, não. A filha está na Alemanha, não tenho relação com o povo eleito só se for via antepassados desconhecidos. Mas é sabido que todos os europeus descendem de apenas 12 pessoas :) . Católico da Silva, até estudei no colégio Marista.

Maria disse...

"não tenho relação com o povo eleito só se for via antepassados desconhecidos" (joserui)

Apagou-se-me mesmo agora um comentário pronto para seguir. Porca miséria! Vou tentar re-escrevê-lo tal e qual, mas duvido que saia igualzinho.

As pessoas com o temperamento específico de que temos vindo a falar, possuem defeitos, alguns deles insuportáveis, que lhes são intrínsecos e por mais que tentem não os conseguem anular. Eles próprios o reconhecem. São pessoas que odeiam tudo e todos e sentem-se mal em qualquer parte do mundo em que estejam a viver. Odeiam os seus próprios compatriotas, odeiam os colegas do trabalho e odeiam todos aqueles com que se cruzam na rua. Dizem mal de toda a gente e até da sua própria família, com raríssimas excepções. Deve dizer-se que também possuem algumas qualidades, são pessoas normalmente muito inteligentes e não raro excelentes profissionais. Mas o pior defeito dentre todos eles, é odiarem o ser humano enquanto tal.

Há um excelente episódio da série "Twilight Zone" passada em repetição na RTP não há muitos anos, que retrata às mil maravilhas o temperamento irrascível de muitas destas pessoas. Era assim: um escriturário odiava de morte os colegas do trabalho e mais ainda todas as pessoas com quem se cruzava nas ruas e só queria que todos eles desaparecessem da sua vista para sempre. Um dia Deus satisfez-lhe o desejo e todas elas desapareceram num ápice. Todos os seus colegas desapareceram ficando só ele no escritório e, nas ruas completamente desertas, só ele passava. Este estado de coisas levou-o quase à loucura. Então pediu aos céus (e não a Deus, porque Nele não acreditava) que tudo voltasse a ser como era dantes. E assim aconteceu. Fim da história.

Talvez seja este o pior defeito destas pessoas, odiar tudo e todos e por mais que tentem (e a maioria delas nem sequer tenta...) trata-se de um esforço inútil, não conseguem. Está-lhes na massa do sangue como soe dizer-se.

Não pense, joserui, que digo isto de modo leviano, repito o que lhe disse anteriormente, sei do que falo. E se o joserui conhecer alguém com estas características de personalidade e se fôr honesto, reconhecerá que tudo quanto escrevi é a mais pura das verdades.

joserui disse...

Não conheço ninguém e eu próprio ainda não cheguei lá (a Maria acha que para lá caminho)… mas já foi inventada a palavra para isso e não é judeu, é misantropo, correcto?

Maria disse...

joserui, "misantropo" hein? Hummm..., tavez;-)