Páginas

sábado, 11 de fevereiro de 2017

O drama nacional

pplware:

Ser licenciado ou não em Portugal…eis a questão! De acordo com dados divulgados recentemente pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em Portugal ser licenciado significa ganhar cada vez menos. 
Se em 1998 um licenciado ganhava 1.518 euros líquidos por mês, em 2016 o valor baixou para os 1.223 euros.

Segundo as últimas sondagens eleitorais, uma boa parte destas pessoas considera que é o PS quem vai melhorar esta situação. Podem esperar...deitados. Sentados será muito tempo.

5 comentários:

inquiett disse...

Bem, a licenciatura antiga é equivalente ao mestrado actual, portanto isto não surpreende.

josé disse...

Julgo que não será por isso.

A Economia não desenvolve o que deveria e se houvesse um Governo favorável à confiança dos agentes económicos.

Penso eu de que e não sei se estou certo, mas é uma sensação antiga. Muito antiga mesmo.

josé disse...

O senhor que figura aí abaixo na capa da revista L´Express tem muitíssima responsabilidade nisto.

Floribundus disse...

Delito de opinião

«É inegável que o ensino tem decaído substancialmente em qualidade. "Eu sou do tempo" em que no Liceu se estudava a fundo o que hoje nas universidades apenas se aflora. Em demasiadas disciplinas de muitos cursos superiores, a matéria, o conteúdo é a única preocupação dos professores (muitos deles catedráticos), com peso na atribuição de nota e sequente trânsito na disciplina. Tantas vezes o português escrito é de tal modo ilegível em caligrafia, construção, morfologia, sintaxe e conjugação verbal, que me pergunto para quando o advento do Messias que travará está geração de Doutores analfabetos. »

concordo com este texto e com o do José

sem economia privada nunca iremos a algures nem a nenhures

esta não é possível com geringonças

'a bola é quinstrói
o fado é quinduca'

lusitânea disse...

E no futuro dos licenciados ainda está o pagar aquela pequena dívida de 7,4 vezes a pesada herança do Salazar.E o ter que dividir com os pobres do planeta que continuam a ser nacionalizados na hora.O império dos pequeninos vai ter um fim nada bonito...