Páginas

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

O jornalismo que não presta: uma notícia falsa

Jornal i de hoje:



Esta notícia assinada no jornal impresso por Felícia Cabrita e Joana Marques Alves é falsa. O Ministério Público irá pedir a escusa do juiz em causa, certamente por motivos mais que suficientes  e até deveria tê-lo feito antes, aquando da outra decisão polémica e ilegal, sem recurso que o mesmo tomou no referido processo.

A falsidade prende-se com a expressão "e juízes da Relação concordam com a decisão".

Não concordam nem deixam de concordar porque ainda não se pronunciaram sobre o acaso. A opinião de um ou de vários, sobre o assunto e que aceitaram pronunciar-se em "off" vale zero e não deveria valer para fazer uma notícia enganadora.

Lamentável.

28 comentários:

A verdade a que temos direito disse...

"que aceitaram pronunciar-se em "off" vale zero e não deveria valer "

vale zero em tribunal
na opinião pública vale 20

E vale.

O mundo não se rege apenas pela bitola da toga.

A informação já não é 4º poder.

josé disse...

"não deveria valer para fazer uma notícia enganadora".

Não trunque.

A verdade a que temos direito disse...

Pois é. Há falta de argumentário, traque. Perdão, trunque.

josé disse...

Para si falta-me, de facto, argumentário. Não há.

A verdade a que temos direito disse...

Será por causa disto ?


«O Sr José deveria ter vergonha na cara.
José Milhazes não terá direito ao erro, não terá direito a aprender com a experiência, a viver a sua adolescência, como toda a gente vive ou viveu?
O Sr. José, que já entrou na recta dos 70, não acha que deveria ser menos implacável e sobranceiro, com pessoas que, como o Sr. Milhazes, fizeram o seu percurso de vida e hoje estão na maturidade?
Que mal é que ele lhe fez para escrever de forma tão arrogante e impiedosa?
O Sr. anda à há muito tempo à procura de razões que expliquem porque é que as pessoas aderiram ao PCP há 40/50 anos atrás e ainda não percebeu que são as mesmas que conduzem as pessoas a aderir à religião católica, à Cristandade?
Ainda não percebeu que católicos, maçónicos e comunistas é tudo a mesma merda?

Continue a malhar nos sociais fascistas. Nos outros, naqueles que saíram da seita, deixe-os em paz ou escreva com outros modos!»


https://www.blogger.com/comment.g?blogID=6107154&postID=6327292405539964541&isPopup=true

A verdade a que temos direito disse...

Ou por causa disto?


“O que me custa a compreender é a fé cega num sistema que tudo indicava ser bem pior que o de Salazar...”

Não se trata de comparar.

Como refere Carlos Amaral Dias numa entrevista recente ao Observador, sobre o regime anterior a 25 de Abril, “a primeira característica que tinha era ser uma autoridade provinciana. Não era um Hitler, nem um Estaline, nem um Mussolini. O Salazar era um tipo que não lavava as cuecas e não tomava banho.”

Ou seja, o regime estava personificado em gentinha tão caduca, tão moralesca, tão provinciana, tão ceroulas e fechada sobre si própria, que a única ‘coisa’ que existia era ser do contra.

E, ser do contra era ser comunista, pois não havia oposição mais à mão, que esta (as outras andavam de pantufas ou a banhos, não andavam na rua.).

Sabia lá o zé povinho o que era o comunismo!

O que a malta queria era passar da masturbação pró sexo anal.

Sair do puritanismo, dos cerejeiras cardeais na política.

Não foi, sobretudo, um problema económico ou político.

Foi acima de tudo um problema de costumes.»


https://www.blogger.com/comment.g?blogID=6107154&postID=6327292405539964541&isPopup=true

josé disse...

Como disse, para si, não há argumentos. Fim.

A verdade a que temos direito disse...

Por aqui se vê o autoritarismo em si.
Quando não lhe agrada "Fim".

Como no tempo da outra senhora.

Pimenta no cu dos outros, é refresco.
Quando toca a nós próprios, é o diabo.

Bye

josé disse...

Vá pela beirinha e não volte.

A verdade a que temos direito disse...

Cresça.
Investigue mais.
Não fique apenas pela rama.

muja disse...

"Autoritarismo" é o que alguns chamam à autoridade de que não gostam, ou da qual não tiram proveito, com o fim em vista de a substituir arbitrariamente por outra mais a seu gosto ou proveito - logo, nas mais das vezes, nem legítima, nem justa, nem moral.

Reformulemos:

"Autoritarismo", é o que alguns chamam à autoridade de que não gostam, ou da qual não tiram proveito, com o fim em vista de a substituir arbitrariamente por uma tirania.


A verdade a que temos direito disse...

O autoritário não permite que alguém o critique, que duvide da sua supremacia.

Maria disse...

Muja, um comentário cinco *

muja disse...

O autoritário não permite que alguém o critique, que duvide da sua supremacia.

Talvez.

Exemplo: um juiz, num julgamento, permite que alguém o critique ou duvide da sua supremacia? Deve permiti-lo?

joserui disse...

Se for um juiz comuna permite. Mas este parece mais um arrependido… deve ter transitado para a burguesia :) .

Ricciardi disse...

Que medo tem eles que um juiz de direito, que não tem medo de dizer o que pensa, possa analisar a legalidade do processo. Que medo.
.
Curioso, porém. Há uns dois meses estavam preocupados que o juiz Carlos Alexandre fosse afastado. Agora estão preocupados que o Rangel não seja afastado.
.
Só faltava essa. Se o homem é juiz e lhe foi distribuído o processo só o afastam se houver motivos sérios para isso.
.
Se o afastarem é porque acham que só um juiz muito amigo os pode salvar dum processo claramente abusivo e precipitado.
.
Rb

joserui disse...

O Rangel faz parte da comandita. Vem aqui o Ricciardi confirmar. Sempre bem informado o Ricciardi no que ao 44 diz respeito. Muito bem mesmo.
Ok, não é o 44, mas deve ser aquele do beicinho… o irmão gémeo. Ou o Vara. Ò Ricciardi é o Vara? Se lhe der uns robalos vai comentar para outro lado? Fónix, que ninguém aguenta isto. Os Abrantes eram pagos, este anda aqui de borla?

Josephvs disse...

A CNN é Q é :)

https://twitter.com/Project_Veritas/status/833815547263455232

joserui disse...

Já cá faltava o rei do tweet… ò Josecvs vai acender uma velinha pelas vítimas suecas, caídas nos acontecimentos na Suécia.

Josephvs disse...

Oh Sr zemariarui vc é um analphabeto do caralho :)

Josephvs disse...

Sr zemariaRui olhe este é seu colega LOL

Prof.Dr.M.Erdas
@fatih91us

https://twitter.com/fatih91us

José Domingos disse...

Os jornalixos nacionais assinam de cruz, a pressa para agradar aos donos é muita. Os comissários políticos das redacções não perdoam.
É a verdade a que temos direito, lembrando esse pasquim de tempos idos, o jornal.

Floribundus disse...

a sarjeta está muito bem frequentada

recomendo ao José por uma mola no nariz

lusitânea disse...

Sentença com erro grosseiro e sem recurso?Há por aí um advogado-juiz que se esteve cagando para a legalidade e para o consumidor e que ouviu uma das partes por um passarinho como o Maduro da Venezuela.E só sai de lá deitado no caixão...

Luis disse...

Espero que, finalmente, o pedido de escusa torne públicas as razões sérias e graves para duvidar (ou ter certezas da falta) da imparcialidade daquele desembargador de decidir qualquer processo ou recurso em que o ex-PM esteja envolvido.
Antes, o MP dando o benefício da dúvida a este magistrado, não requereu a sua suspeição; ainda acreditava num mínimo de seriedade do mesmo.
Como se viu, enganaram-se.
A ver se o MP agora consegue ser suficientemente claro na exposição dos seus motivos. Porque todos queremos saber, também, o que faz aquele desembargador correr.

lusitânea disse...

Quanto a recentes comentadores quais moscardos admiro-me que se sintam atraídos para onde não há merda nenhuma...

altaia disse...

O aterro sanitário hoje está com muito mau cheiro berrrrrrrrr.!

Josephvs disse...

Deve ser o odor do Prof.Dr.M.Erdas

LOL