Avançar para o conteúdo principal

Nuno Vasconcellos, um português típico e uma justiça típica?

 Observador:

 440 milhões no Novo Banco (que herdou os ativos “bons” do BES) e 230 milhões de euros no BCP. Estes são, segundo o Público desta segunda-feira, os valores dos “buracos” deixados nos dois bancos pela Ongoing, a empresa de Nuno Vasconcellos e Rafael Mora que colaborou com o BES no reforço do controlo na Portugal Telecom e na construção de uma rede de influências na política, economia, comunicação social e até ligações aos serviços secretos.
O jornal adianta que 55% da injeção feita recentemente pelo Fundo de Resolução (no total, quase 800 milhões de euros) no Novo Banco diz respeito ao reconhecimento da irrecuperabilidade da maior parte desta dívida. Essa injeção foi feita através de empréstimo público ao Fundo de Resolução, que só será reembolsado ao fim de várias décadas por parte dos outros bancos a operar em Portugal.
O valor dos “calotes” não inclui alguns milhões que se conseguiram através de penhoras (imóveis, ações da Pharol, etc.) e, por outro lado, não contam com as anulações de juros que foram feitas. A Ongoing, cujas dívidas aos dois bancos chegaram a ascender a 785 milhões de euros, incumpriu com 80% dos créditos que recolheu junto destas duas instituições: BES e BCP.
Nuno Vasconcellos e Rafael Mora, enquanto empresários, marcaram uma curta mas decisiva era da economia portuguesa, antes da crise financeira, do resgate da troika e do colapso do BES e da Portugal Telecom. Assim que os mercados se fecharam e a PT deixou de distribuir generosos dividendos, virou-se a sorte da empresa que foi dona do Diário Económico e teve mais de 6% da Impresa (dona da SIC/Expresso). 
Nuno Vasconcellos tinha, também, créditos a nível pessoal no BCP, mas o Expresso noticiou que quando o banco tentou executar essas dívidas o empresário não tinha em seu nome mais do que uma mota de água.

Este Vasconcellos, nominalmente, de seu, tem nada.  Realmente, terá milhões que lhe bastam para viver como quer.  

Provavelmente não tem dívidas pessoais, mesmo em reversão,  ao fisco. Impugnações paulianas também não deve conhecer tal coisa.
Como é que isto pode suceder? Com as leis que temos e a justiça que as aplica, apenas e tão só.
Como é que isto foi possível?

Com um código civil, um penal, um comercial e um processo que temos.

O Direito português protege estas situações insuportáveis para o senso comum.

Comentários

Floribundus disse…
nesta pocilga existe sempre o 'triunfo dos porcos'
a lei parece que se aplica unicamente aos
'terroristas' que assaltaram o SCP em Alcochete

outros parece que tentaram agredir um sobrinho de alguém que se refugiou nos wc
Floribundus disse…
Sol

Outro indicador significativo é o que coloca os portugueses entre os que exprimem maior dificuldade em tomar uma posição política (52,3%).

Piores do que nós, na tabela da confiança política na Europa, só a Itália, Grécia, Chipre, Ucrânia e Rússia. Não é lisonjeiro.

Quando é perguntado: «Qual o seu grau de confiança nas seguintes instituições», numa escala de zero a 10, observa-se: Parlamento nacional, 3,4; sistema judicial, 3,8; políticos, 2,2; partidos políticos, 2,1. É desanimador.
Unknown disse…
NUNO VASCONCELOS, FILHO DE LUIS VASCONCELOS O HOMEM quem BALSEMÃO TUDO DEVE. BALSEMÃO FOI PADRINHO DE NUNO A QUEM CHAMAVA FILHO. LUIS DIVORCIOU-SE DE ISABEL, que casou com ROCHA DOS SANTOS, cujo apelido passou a usar, ISABEL UMA RICA AFRICANISTA, ficou ainda maius rica com este casamento. A vida entre padrinho e afilhado,corria maravilhosamente ate que a IMPRESA entrou em insolvência. ISABEL A PEDIDO DO FILHO entrou com 20 milhões de euros mas exigiu que o filho tivesse lugar na administração,. ai o caldo ficou entornado. NUNO ACTIVA A e começa a fazer investimentos. BALSEMÃO MONTA UMA TASK FORCE, começando na SIC com o capacho mario Crespo a dizer a toda hora momento.MAS QUEM É A ONGOING, DE ONDE VEM O DINHEIRO.? Passou para o PARLAMENTO onde um vigarista deputado Agostinho branquinho zurrava, mas quem ´é a ONGOING de onde vem o dinheiro? passado um mes pediu a demissão do parlamento e foi trabalhar para a ONGOING DO BRASIL. BALSEMÃO DOMINA O JORNALISMO, A POLITICA E A JUSTIÇA É VINGATIVO E TEM UMA MAQUINA TRITURADORA DE INIMIGOS. depois completo, pois escrever com dois dedos é fogo.
Unknown disse…
deixei o meu comentário acima e não sou unknown jamais, sou lidia aqui em todo o lado e na moita, carrasco.
joao alfaro disse…
Nesta nossa democracia, que se rege por princípios e valores nascidos de 74, muitos são, hoje, aqueles que, perante tantos casos de incongruência dos princípios e valores tão propagandeados pela classe política dominante, se interrogam quanto às virtudes e ao oportunismo sem fim desta gentelha que, em nome de desígnios, são o que são. Este texto, consubstanciado pela sapiência do direito, tanto quanto julgo saber, é o retrato do que produziu esta nossa democracia, sem dúvida, excelente...mas só para alguns.
Pedro disse…
Então mas os empresários privados não o máximo?

Agora VOCÊS é que deviam pagar sozinhos os buracos causados pelas privatizações.
Luis Filipe disse…
O Nuno foi de mota, coitado só tem uma mota. Este Pais vai ter que o indemnizar e dar-lhe uma reforma para ele poder viver condignamente, de acordo com a sua linhagem.
É de boas famílias, caramba!

Fiquei Surpreendido com o Estimado José, a falar menos bem das nossas leis e dos códigos. Que se passa José?
josé disse…
Passa que provavelmente não leu os postais em que escrevi sobre as leis penais...e as suas alterações ao longo das décadas. São às dúzias.
Lopes disse…
José, uma pergunta lateral mas que até pode ter a ver com isto (via BCP): quando é que o Vara vai dentro? Pergunto por desconhecer até onde é que ele pode recorrer e adiar a sentença. Ver um (depois haverá outros) destes gajos na prisão sempre me dá algum conforto.

Este Vasconcelos e o amigo espanhol mereciam era levar um aperto. Como o Rendeiro e mais uns quantos. Sempre se fazia alguma justiça...
josé disse…
O Vara vai dentro quando o processo "transitar".

Já passaram quase 4 anos após a decisão da primeira instância mas a possibilidade de recursos é quase infindável.

São as tais leis...

Veja aqui as razões concretas do atraso.
josé disse…
Tinha indicado os motivos que se prendiam aos "badalhocos" do PS, mas é melhor ver aqui
josé disse…
E não há meio de lá chegar à badalhoquice.

Ponha por favor no Google "Observador processo que envolve armando vara" e talvez lá chegue.
lusitânea disse…
Ainda me dei ao trabalho de ir tentar votar "contra" a venda da PT que foi aprovada por mais de 98% salvo erro...talvez milagre da contagem de votos automáticos sei lá...

Com dirigentes deste é o tal empobrecimento garantido por mais que todos os comunistas de todas as modalidades de comunismo "lutem" muito...
joserui disse…
Por tudo se vai poder fazer a comparação entre este regime e o anterior, vilipendiado dia sim, dia sim. Um dia que a história seja escrita, vai ser também a dos empresários. Estes artistas, o Salgado, o grande amigo do 44, o Mexia, Bava… os comunas arruinaram a nossa economia para isto. É uma lista que faria envergonhar África, a América do Sul e o Mundo. Tudo gente de milhões, só lhes falta o resto. Que tempo triste este.
josé disse…
Tomaram conta do Estado como se fosse uma quinta privada em que fossem os feitores, logo a seguir ao 25 de Abril: fartar, vilanagem!

Começaram por sacar casas, palacetes e quintas ( o PCP locupletou-se com vários, por essas cidades adentro). Depois, ocuparam os lugares na administração das empresas, bancos e serviços de seguros nacionalizados. Escorraçaram os antigos donos e fizeram daquilo coisa sua.

Na sede da CGD em Lisboa, na rua do Ouro ou da Prata, já nem sei bem, eram os donos daquilo, ainda em 1987 quando lá ia.
Até impressionava.

Todos com a mentalidade do tenente Rosário, da Marinha e que assaltou os escritórios dos maiores "monopolistas", prendendo-os, a seguir ao 11 de Março de 75.

Enfim, uma canalha inominável que continua por aí disfarçada nos Livres e outros Blocos.
josé disse…
Característica comum a todos: inveja em primeiro lugar, incompetência atávica e arrogância desmedida.
muja disse…
Não foi Tocqueville que disse que a democracia fomenta a inveja?
josé disse…
A inveja não tem política. É apenas um defeito humano.
muja disse…
Qual o sentido, então, em a atribuir aos comunistas, enquanto tais?
muja disse…
E não é isso que diz Tocqueville, mas sim que há políticas que fomentam os defeitos humanos, no caso, a democracia e a inveja respectivamente.
josé disse…
O que motiva a maior parte dos comunistas é o sentimento de inveja das pessoas em geral que aderem às ideias em causa.

A democracia fomenta outras qualidades e também defeitos humanos. Tal como a ditadura. Basta pensar nas denúncias por inveja. Tocqueville não é um deus ex machina.
muja disse…
Não fui eu que coloquei aqui páginas de Tocqueville...

Apenas me lembrei que ele escreveu isso acerca da inveja. Tendo em conta que ele até era democrata, pareceu-me relevante.

E porque motivo se não dirá que o que motiva a maior parte dos democratas é a inveja, tal como aos comunistas?

Tocqueville diz que vem do desejo de igualdade.

Ora, é desejo compartilhado por uns e outros...
muja disse…
E o objecto da inveja não tem de ser material ou tangível...

Pode invejar-se a felicidade alheia, o êxito, até a ordem ou a tranquilidade...
josé disse…
Por isso mesmo é alheio à política.

A ditadura também busca uma maior igualdade, pelo método mais expedito. Daí o socialismo também se lhe assemelhar.
muja disse…
Não me parece que a ditadura, assim considerada abstractamente, busque a igualdade.

Algumas buscarão, outras nem tanto.

O caso aqui é se a democracia fomenta a inveja, como diz Tocqueville.

Caso assim seja, e admitindo que o comunismo é tocado a inveja, poder-se-ia dizer que a democracia é uma ante-câmara, ou oficina, do comunismo.

O que, verdade seja dita, não corresponde mal aos factos históricos...

Unknown disse…
FINALMENTE UM CORAJOSO DISSE. O PRESIDENTE CAIXA GERA DE A ERA SANTOS FERREIRA E NÃO VARA, QUANDO SAIU PARA O BCP LEVOU O VARA COMO LACAIO E SERVIU-SE DELE PARA TUDO. CALADINHO COMO UM RATO PARA PASSAR DESPERCEBIDO. O MESMO ACONTECE COM FERNANDO TEIXEIRA DOS SANTOS, MINISTRO DAS FINANÇAS DE SÓCRATES QUE CHEGOU A SER CONSIDERADO PELO THE ECONOMISTA O PIOR MINISTRO DAS FINANÇAS DA ZONA EURO. TODAS AS DESPESAS CONTRACTOS, etc SÃO DA Responsabilidade do ministro das finanças não do 1º ministro. envolveu-se com uma funcionária pública a quem , entregava documentos secretos que o marido desta ia buscar ao ministerio para entregar ao CATROGA E Ao cavaco, que faziam reuniões secretas com o Teixeira dos Santos para organizarem o programa da TROYCA,. DA SUA ESTREITA LIGAÇÃO COM a TOUPEIRA, QUE CHEGOU A MINISTRA, FOI-LHE PROMETIDO UM LUGAR DE ADMINISTRADOR NA CAIXA MAS OS ABUTRES DISSERAM PRIMEIRO NÓS. Pobre apaixonado teve de aguentar como professor lá no Porto ai pé da legitima mas os seus contactos cem Angola lhe deram um taxo num , banco angolano, na moda por causa do ORLANDI fgueira e do juiz muito serio a que orlando emprestou dinheiro da corrupção do manuel Vicente, TUDO ESTA BEM QUANDO ACABA BEM. Teixeira dos santos não responde pelos seus actos cúmplices nas trapalhadas do Sócrates, e Processo do Vicente foi para angola e o ORLANDO FICA COM A MASSA NO OFFSHORE DE ANDORRA e certamente nao esquecera o amigo que o defendeu com unhas e dentes O PERJÚRIO DE TER CONFESSADO TER SIDO CORROMPIDO PELO MANUEL VICENTE, Foi um LAPSUS LINGUe. POBRE JUSTIÇA,