Páginas

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Notícias desportivas sobre Mestre Macaco

SapoDesporto:

O mestrado de Fernando Madureira, líder da claque Super Dragões, vai ser alvo de uma investigação da Inspecção-Geral da Educação e Ciência (IGEC). A notícia é avançada pela revista 'Visão', que revela que a investigação surgiu na sequência de um pedido feito pelo reitor do ISMAI, estabelecimento de ensino superior que atribuiu 17 valores à tese apresentada pelo membro da claque portista.

O trabalho, que consiste na defesa da criação de um novo tipo de bancada para os membros das claques dos 'dragões', sem cadeiras, é criticado, de acordo com a mesma publicação, não só pela "metodologia e fundamento do conteúdo do projecto", mas também pela "abundância de erros de Português" detectados no texto por parte de Domingos Oliveira Silva.

Segundo o reitor do ISMAI, em nota enviada à Visão, "a exigência e o rigor foram sempre primeiro objectivo da instituição", daí ter optado por pedir uma investigação à IGEC "para que não fiquem quaisquer dúvidas".

O júri que atribuiu o grau de mestre a Fernando Madureira foi constituído por Gastão Sousa, coordenador do mestrado em Gestão do Desporto, Henrique Martins, orientador do projecto do referido aluno, e Carvalho Vieira, coordenador da Licenciatura e Mestrado em Gestão de Marketing do ISMAI.


Correio da Manhã de 20.5.2017:



12 comentários:

Unknown disse...

E quando se pensava que "aquilo que passa por ensino" ( e "superior"...) em Portugal já não podia descambar mais, eis que...

joserui disse...

No ISMAI? Estou chocado… chocado!

zazie disse...

AHAHAHAHAHAHAHHA

o título está o máximo. Parece uma daquelas piadas secas do príncipe Felipe de Inglaterra

":O)))))))))

Floribundus disse...

ON MAIO 18, 2017 BY ANDRÉ ABRANTES AMARALIN COMENTÁRIO, ECONOMIA, POLÍTICA, PORTUGAL, SOCIALISMO
A minha crónica no ‘i’.

O milagre

De acordo com o INE, a economia portuguesa cresceu 2,8% no 1.o trimestre deste ano. Foi o melhor trimestre desde 2010. Enquanto a esquerda rejubila, a direita vacila. Afinal, António Costa conseguiu. Mas conseguiu o quê? Reduzir a dívida pública? Não: esta continua a aumentar, o que significa que o país está mais pobre. Aplicar o programa de governo que apresentou às eleições de 2015? Não: tirando a distribuição de benesses pelo seu eleitorado tradicional, o PS limita-se a seguir a receita do anterior governo: impostos altos enquanto espera pelas exportações.

Conseguiu António Costa reformar o Estado, o mantra que todos, da esquerda à direita, nos disseram ser indispensável e que de repente esqueceram? Não: este governo não apresentou nenhuma reforma, limitando-se a um exercício de gestão pública. Imaginemos um barco cheio de buracos que, num período de acalmia em pleno mar alto, não faz reparações, convencendo-se de que está tudo bem porque o vento corre de feição.

contra-baixo disse...

Se o Relvas, o Sócrates e outros que nem sabemos puderam ...

Carlos disse...



No "reino" da macacada, nada mais natural - digo eu!

Luis Filipe disse...

Mas isto é a republica "dos bananas" ou já esquecemos?

Susie disse...

Pelo menos não duvidamos que tenha sido ele a escrever a tese!

josé disse...

Huummm...não tenho assim tanta certeza...mas pelo menos não foi um qualquer Farinho.

Dr Sigmund V disse...

Parecer-me-ia bem mais instrutivo um comentário acerca dos enredos judiciais do presidente do Benfia, já agora.

josé disse...

Dos dinheiros do BPN?

Estou à espera ( sentado) que o Correio da Manhã diga qualquer coisa de jeito...

Dr Sigmund V disse...

A Sábado e o JN disseram ualquer coisa.