O assalto do PS ao estado de direito